MENU
22 Out

QUERIDA ALBUFEIRA, FÉRIAS DE VERÃO COM DIVERSÃO

 

Querida Albufeira, férias de verão com diversão

Texto & Fotos de António Ribeiro

 

Confesso que Albufeira é  um destino  que me é muito querido, escolhido preferencialmente para fazer umas férias de verão com amigos (ou mesmo a solo),  num contexto mais relaxado, sobretudo de festa e muita diversão noturna, desfrutando da praia e do convívio e diversão noturna; no entanto a verdade é que Albufeira não deixa de ser sempre um destino fantástico para umas férias de verão ( bastante popular também para a passagem de ano), boas praias um ambiente ótimo e também com a possibilidade de fazer ter tudo isto a um preço bem acessível.

Além das boas praias e um bom punhado de atrações para ver sobretudo no centro, ou por exemplo para quem vem em família pode ainda levar a pequenada numa curta distância (de 10 km) para o zoomarine; a cidade conta com uma vasta oferta hoteleira para todos os gostos e para as várias capacidades financeiras, podemos independentemente do contexto das férias ter uma boa estadia em Albufeira podendo ainda desfrutar de um pouco mais de outras regiões do Algarve, pois a posição geográfica é privilegiada.

 

centro histórico Albufeira

 

centro histórico (porta S. Ana) de Albufeira

 

centros histórico (baixa) Albufeira

 

largo Duarte Pacheco, Albufeira

 

Penso que basicamente podemos dividir Albufeira em três principais locais (turísticos), Albufeira “old Town” (centro histórico, ou vulgarmente chamado de baixa), Olhos de Água e a Oura; creio que são todas distintas, sendo que as várias variantes poderão influenciar na escolha; obviamente que no seu centro mais urbano podemos encontrar também ofertas para uma boa estadia, em que embora não fique tão próximo das praias, para quem leva carro, tem a vantagem de além do sossego, pois está mais afastado do frenesim turístico, a possibilidade de ao sair de “casa” optar por entre as várias praias que aqui temos para relaxar e desfrutar.

 

Arriba e elevador da Praia do Peneco, Albufeira

 

Albufeira- Algarve- Portugal

 

Miradouro Pau do Bandeira, Albufeira

 

Na maioria das vezes fico no centro histórico de Albufeira, vulgarmente conhecida como a baixa, que para mim é a melhor opção, pois temos um pouco de tudo, sendo o coração da cidade onde temos a maioria das atrações turísticas de Albufeira e onde temos uma sintonia melhor entre boas praias e diversão noturna; acho uma zona mais agradável para se sair à noite, não sendo tão “agressiva” com os muitos jovens que procuram vir para aqui apenas para sair à noite e beber sem parar; embora já tenha estado na zona da Oura ( a mais popular para estes jovens) que é onde se concentra a maior oferta hoteleira e onde a oferta noctiva seja enorme, acho uma zona onde os excessos ocorrem mais e é mais destinada a jovens; Olhos de água por exemplo é uma zona mais calma e que acredito seja mais indicada para famílias com filhos, no entanto é uma opinião pessoal, pois os gostos de cada um sejam distintos, no entanto volto a frisar que para mim a baixa de Albufeira tem um pouco de tudo e é o meu local de eleição.

 

Museu Municipal de Arqueologia, Albufeira

 

Albufeira possui várias praias e de ótima qualidade, na zona histórica a  praia do túnel/Peneco e Praia dos pescadores; seguindo para a zona da Oura, ainda temos a Praia do Inatel, a praia dos alemães e  praia dos aveiros, depois da praia da oura, fica a praia de Santa Eulália, a  praia dos olhos de água, esta que antecede uma das mais famosas, que se estende até próximo de Vilamoura, a praia da Falésia; deixo antes de mais uma saudosa homenagem ao meu companheiro viajante e que tal como eu contribui para este site de forma a vos proporcionar conteúdos de qualidade, o meu amigo Mário Menezes ( a quem antes de mais deixo um grande abraço); deixo aqui o link do seu artigo sobre a praia da Falésia.

Eu percorri as várias praias desde a praia da Oura até a Praia do Peneco, todas elas com a sua envolvência e carisma, pode depender até mesmo do estado de espírito de cada momento escolher uma delas, mas acho que uma caminhada ao longo da costa e conhecer mais que uma praia é algo a fazer, sobretudo para ver toda esta fantástica oferta que temos para escolher: descansar, mergulhar, conviver, apanhar banhos de sol ou beber uma bebida junto do mar; aproveitar cada momento da nossa experiência, pois cada viagem é uma experiência única que nos traz memórias únicas.

 

praia da Oura, Albufeira

 

Praia dos alemães, Albufeira

 

vista sobre a paria da Oura, Albufeira

 

No centro histórico além do seu encanto, que convida a nos perdermos nas suas ruelas e desfrutar um pouco mais além de simplesmente estar no Hotel e na praia, temos alguns locais que merecem uma visita e que embora talvez nos ocupem um dia, valem sem dúvida a pena.

Igreja matriz, que data do século XVIII e de estilo neoclássico, de uma só nave e tem 4 capelas laterais; a  capela da misericórdia; outro que é dos locais mais emblemático e mais imponentes da cidade, a Torre do Relógio, tem um arco em ferro forjado e que ostenta o sino, faz parte da antiga prisão; junto desta temos mais outro local com uma bela vista sobre o atlântico; o Museu Municipal de Arqueologia , neste museu de dois andares, temos exposições de: pré – histórico, Romano, Islâmico e idade Moderna, a entrada custa apenas 1€ ; a Capela da Misericórdia; a igreja de Santa Ana, e próximo desta a estátua de S. João Vicente; a Igreja S. Sebastião e o Museu de Arte Sacra, entre outros locais, são alguns dos exemplos de onde devemos perder algum tempo para conhecer esta cidade.

 

igreja S. Ana Albufeira

 

Igreja Matriz de Albufeira

 

galeria de arte Pintor Samora Barros, Albufeira

 

estátua de S. João Vicente, Albufeira

 

Igreja S. Sebastião , Albufeira

 

A sua praça mais icónica, é o largo Duarte Pacheco, onde ocorrem festas e atuações de artistas de rua entre outras, na praça fica ainda um local de destaque que é a galeria de arte Pintor Samora Barros (onde se situava a antiga central elétrica), contando com dois pisos (nota para que junto da galeria, ficam casas de banho públicas também)

Uma das mais famosas ruas deste centro histórico é a Rua 5 de outubro (que basicamente vais desde a avenida dos descobrimentos até a entrada / túnel de acesso ás praias (túnel, peneco e pescadores), uma rua com a nossa típica calçada Portuguesa, recheada de lojas de lembranças, restaurantes entre outras uma agradável caminhada que aqui podemos fazer; caminhar sem destino e descobrir algumas ruelas e casas bem bonitas neste centro antigo de Albufeira é algo que podemos e devemos fazer, por exemplo depois de um dia de praia, um convite que esta acolhedora cidade nos faz, para fugir de uma visita apenas de massas e que nos pode aquecer o coração com a sua beleza.

 

rua dos bares rua da Oura, Albufeira

 

zona de bares na baixa de Albufeira

 

uma café no centro histórico de Albufeira

 

Túnel de acesso á praia na baixa de Albufeira

 

torre do relógio, Albufeira

 

Na praia do peneco, além da beleza desta praia icónica da cidade, que recentemente sofreu algumas obras, tendo a sua escadaria, bem como da sua respetiva arriba, temos o vislumbre da vista desta zona mais elevada junto da escadaria, ou do famoso elevador do peneco.

Junto da praça da praia dos pescadores, ficam as escadas rolantes que nos elevam ao Miradouro Pau do Bandeira. onde temos uma vista deslumbrante sobre  a faixa costeira junto do centro histórico de Albufeira.

Notas ainda para a marina de Albufeira e outras praias neste lado, como a praia de S. Rafael, do Arrifão, do risco, outra bastante popular que é a ou a praia dos Arrifes; claro que podemos explorar toda esta zona próxima de Albufeira, pois a oferta de praias é enorme, contudo penso que só aqui mais próximo da cidade, temos uma boa oferta para umas férias abrangentes para os diferentes gostos. Existem várias atividades, desde desportos náuticos junto da praia, entre tours, mergulho, ver golfinhos, entra muitos outros, a oferta é variada, no site ficam alguns dos exemplos através de um parceiro nosso get yourguide.

 

Viagens Felizes

 

Albufeira- Algarve- Portugal

 

Dicas e Notas

 

Para quem vai sozinho, ou até mesmo caso sejam duas pessoas, em muitos casos ( desde o centro e/ou Norte do País) a opção mais em conta é sem dúvida ir de bus; eu por exemplo de Viseu paguei cerca de 26€ num sentido (Rede Expressos) e  na volta pouco mais de 16€ pela FlixBus (ambos com transbordo em Lisboa); já para quem está por exemplo em Lisboa além de bus a opção de Comboio também é outra a ter em conta.

O bus tem uma oferta maior, pois conecta várias cidades de uma forma  mais eficaz, quer a FlixBus ou a Rede Expressos têm boas conexões e boa oferta de horários em várias cidades; creio que a opção de comboio pela CP, possa ser vantajosa sobretudo para quem parte de Lisboa; no entanto devido aos custos de Portagens e de combustível creio que ambas as opções até duas pessoas serão mais económicas para umas férias em Albufeira.

O terminal Rodoviários de Albufeira (alto dos Caliços), fica a cerca de 2km do centro da baixa da cidade, podemos ir facilmente pelo bus local, Giro, cujo bilhete custa cerca de 1.5€), ou de transporte privado, eu pessoalmente fui pela Bolt ( podem usar outros como a Uber) paguei cerca de 3€, o táxi da última vez que usei era pouco mais de 5€.

Nota para que a Flixbus opera na avenida da Liberdade (numa paragem onde param outros operadores de bus turístico e bus local) já no centro de Albufeira, na baixa, embora não seja um terminal propriamente dito, com as respetivas comodidades, e sendo que aqui temos de já ter os bilhetes em formato digital ou imprimidos, acaba por ser uma ótima localização, pois está junto da baixa da cidade.

Para quem vai de comboio, a estação de Albufeira- Ferreiras, fica localizada a cerca de 6km do centro da baixa da cidade, o Giro (linha laranja), leva cerca de 15 minutos; um Bolt custa pouco mais de 5€.

 

praia pescadores Albufeira

 

O aeroporto internacional de Faro, pode também ser opção pois o tempo será muito encurtado, sobretudo para quem está mais a norte; desde o aeroporto de Faro, podem chegar a Albufeira de bus numa viagem de cerca de 1h, a Alsa, tem preços que rondam os 15€, outra opção é o aerobus (linha 56 da Vamus Algarve), desde o centro de Faro, caso queiram por exemplo pernoitar em Faro, ou simplesmente visitar a cidade antes de seguir para Albufeira, acaba por ficar um pouco mais em conta, podem partir do terminal rodoviário de Faro, onde daqui a viagem (se não me falha a memória) fica em cerca de 5€, e  demora menos de 1h (dependendo do trânsito e se é direto), junto do terminal rodoviário fica a estação de comboio, que também numa curta viagem e a bom preços facilmente chega a Albufeira.

Do terminal Rodoviário de Albufeira, temos ainda a possibilidade de ir até outras cidades do Algarve, acrescentando um pouco mais a umas merecidas férias, eu nesta ano fui até Faro, e por exemplo há dois anos fui até Portimão e Lagoa; no site (ou podem descarregar a app) da Vamus Algarve, podem ver os horários, os preços são em conta; podendo descobrir mais da região Algarvia, utilizando os transportes publicos.

 

Independentemente de ser um alojamento local, ou apartamentos turísticos, conseguimos facilmente encontrar locais a preços convidativos e com a vantagem de poder economizar pelo facto de poder fazer as refeições, lanches, ou ter bebidas para no fim de um dia de praia poder desfrutar das mesmas, etc; as plataformas como a Aibnb, a  Vrbo, são ótimas para estes tipos de alojamento, embora em sites como o OLX ou o Custojusto tenhamos também muitas ofertas de alojamento local.

Podemos comprar comida e alimentos em vários locais, pois supermercados ou pequenos mercados (alguns já com bebidas frescas), estão espalhados pela baixa; preparar as refeições em casa, simplesmente encomendar refeições para casa, ou mesmo escolher entre restaurantes mais locais, são algumas opções para uma economizarão em termos de refeições.

 

praia dos alemães, Albufeira

 

Para quem procure Hotel, as ofertas são também bastante vastas, independentemente do orçamento de cada um para a escolha do Hotel,  ou alojamento local, no que diz respeito ás refeições, temos restaurantes a bons preços, sobretudo se caminharmos um pouco para fora dos locais mais turísticos (sobretudos aqueles restaurantes cujo foco são os típicos turistas britânicos), podemos ter refeições em conta onde os habitantes locais vão. Penso que o peixe e tudo o que diz respeito a pratos de mar serão a melhor escolha nesta cidade, eu por exemplo tenho por tradição comer sempres umas boas sardinhas, acho que a oferta aqui é boa, mas volto a realçar que os locais “british”, têm pouco a acrescentar em termos de gastronomia.

Nos bares, como já disse, prefiro a zona da baixa, a oferta e grande, embora já note um elevado preço nas bebidas, embora seja muito de opiniões pessoais, penso que em toda esta zona podemos entrar nos vários bares e escolher onde nos sintamos melhor seja a opção correta.

Devido ao grande afluente de público estrangeiro, a maioria de caixas ATM’s espalhadas pela cidade cobram taxa inpendentemente do cartão utilizado, creio que na baixa da cidade, o único que não cobra é na caixa do balcão do Millennium no lado Duarte Pacheco (praça principal da baixa); existem mais bancos próximo da câmara municipal por exemplo, mas os que têm logo amarelo, ou simplesmente não estão num banco conhecido, cobram taxa; levar em numerário  antecipadamente é a melhor opção.

 

largo Duarte Pacheco, á noite em Albufeira

 

Reservas (click):

Booking – Alojamento

Get Your Guide– Tours, entrada em monumentos

Iati- Seguro de Viagem

BookAway- Reserva de bilhetes Bus, Ferry, Comboio

 

Chamo-me João Almeida, moro em Sintra (Portugal), e sou um AMANTE DE VIAGENS. Uma paixão que existe faz longos anos. A minha missão com esta página é de ajudá-lo a realizar o seu próximo destino! Saiba mais sobre mim e sobre o site.

Segue-nos nas redes sociais:

RESERVA DE HOTÉIS

Booking.com

Categorias

SEGURO DE VIAGEM

BILHETES PARA ACTIVIDADES

GOOGLE TRANSLATE

GRUPO FACEBOOK AMANTES DE VIAGENS (+500.000)