MENU
1 Mai

A MINHA PRAIA DA FALÉSIA, A MELHOR PRAIA DO MUNDO!!!

 

A minha Praia da Falésia, a melhor praia do Mundo!!!

Texto & Fotos de Mário Menezes

 

Portugal é um país completo para ser visitado. Riquíssimo em História, também culturalmente, com lindas cidades, um clima ameno com muitas horas de sol, céu azul durante grande parte do ano, belíssimas praias e a melhor gastronomia do Mundo, com grande destaque para o peixe. O Algarve, região mais a sul, é a meca do Verão. A partir da Páscoa arranca a época de praia que se prolonga por Outubro adentro, mas mesmo no Inverno é o local ideal para recarregarmos as nossas baterias, respirarmos ar puro, fazermos caminhadas à beira mar ou mesmo uns passeios de bicicleta pelos trilhos e pelas ciclovias. E até mesmo dar um mergulho!!!!

 

Praia da Falésia vista desde a plataforma do Hotel Pine Cliffs

 

Praia da Falésia das Açoteias

 

Praia da Falésia das Açoteias, ao longe a Praia dos Tomates

 

Pôr do sol na Praia da Falésia do Alfamar

 

Albufeira é a cidade mais central do Algarve. A cerca de 3 horas de Lisboa, de automóvel, mas também com possibilidade de viajarmos de comboio ou autocarros expresso.  Com inúmeras praias, excelentes restaurantes, hotéis de luxo e uma vida noturna muito animada. Das diversas praias que o concelho possui, destaca-se a Praia da Falésia. Os seus quase 6Km de extensão, entre o Barranco das Belharucas, de onde com a maré baixa podemos aceder a Olhos de Água, famosa terra de pescadores, até ao limite do concelho de Albufeira, de onde a Ribeira de Quarteira nos separa do concelho de Loulé, para a riquíssima Vilamoura. A ribeira que possui cerca de 30Km e nasce ao norte de Paderne, pequena aldeia no interior Algarvio.

 

Trilhos de acesso à Praia do Barranco das Belharucas

 

Acesso à Praia do Barranco das Belharucas

 

Praia do Barranco das Belharucas

 

A Praia da Falésia é famosa pelas suas encostas, arribas altas em tons amarelados, rubros, e até esbranquiçados, que contrastam com áreas verdes de plantações de pinheiros manso. Caminhando para o interior é possível também observar figueiras e alfarrobeiras e claro, laranjeiras. Ali produz-se a laranja mais docinha de Portugal. Existem também os medronheiros que produzem o medronho, de onde se fabrica uma bebida destilada que não convém abusar! E as amendoeiras em flor!

 

Laranjeiras- Algarve

 

Aldeia das Açoteias, a Mesquita

 

Este é o meu retiro, o meu porto de abrigo. A cerca de 2Km de uma das entradas da Praia da Falésia, que lhe deu o nome de Falésia das Açoteias, a Aldeia das Açoteias, um dos primeiros aldeamentos turísticos do Algarve. A empresa que o geria, entrou em insolvência em finais dos anos 90 e atualmente é um género de condomínio privado, onde muitos “Airbnb” proliferam. A sua mesquita, imagem de marca, ainda permanece intacta. Em tempos um aldeamento onde passavam férias pessoas abastadas, entre os quais políticos e desportistas, tornou-se hoje um local de veraneio do turismo mais económico. Quando saio de casa aproveito para caminhar até à Quinta do Mel, passando pelo local onde anualmente se realiza o “Cross das Amendoeiras”, um evento desportivo, e daí até à Praia do Alfamar, sensivelmente a meio do areal, junto ao Hotel Alfamar, hotel antigo, famoso, com acesso direto à praia, mas que de momento se encontra encerrado para remodelação. Daqui, seguindo para o lado esquerdo do areal, chegamos à famosa Praia dos Tomates, cujo meu amigo Rui, também amante de viagens, explora a concessão dos toldos. Se seguirmos para o lado direito,  encontramos dois hotéis de luxo com acesso direto à praia: O “Epic Sana” com os seus passadiços de madeira, e o “Sheraton Pine Cliffs” de onde é possível aceder à sua plataforma de elevador e observar a vista sobre o mar e sobre a envolvente do extenso areal. Já no Barranco, o Hotel PortoBay Falésia com acesso direto aos trilhos e daí à praia.

 

Passadiço de acesso do Hotel Epic Sana

 

De bicicleta é possível percorrer diversos trilhos planos até Vilamoura, onde beber um copo em plena marina, no “Sete Café” é obrigatório para os amantes de futebol. O regresso  pode ser feito pelas ciclovias que circundam a Estrada de Vilamoura cruzando uma das pontes de madeira mais famosas do mundo dos cicloturistas!

 

Estação de comboio de Albufeira. De onde parto muitas vezes de manhã cedo para o trabalho…

 

Ponte de Madeira na ciclovia da Estrada de Vilamoura

 

À noite a Praceta do Pinhal é ponto de encontro. Vários restaurantes e cafés. As melhores pizzas da região, a “Pizzaria Falésia” que também vende deliciosos gelados caseiros, o “Flor do mar” onde o peixe fresco é rei, e claro, para tomar um copo e ver futebol, o “Bar Neptuno” e o “Café del Sol” onde a esplanada com música ao vivo é atração. Não esquecer os lindíssimos e místicos souvenirs da “Kanela Natural” vindos diretamente de Bali, cuja proprietária, a Inês, eu encontrei o ano passado em Buenos Aires, sua terra natal e da sua mãe!

Para os apreciadores de marisco, recomendo “A Lagosteira” e caso pretendam provar um arroz de tamboril que vos marcará para sempre, recomendo-vos “O Pinhal”. Para refeições mais económicas, o “Olímpico” é uma excelente escolha na certeza que serão bem servidos.

 

Bar Nepuno, na Praceta do Pinhal, com a Olga, a primeira vez que ela provou caracóis

 

Para cozinhar em casa, no carvão, pois claro, o melhor peixe é mesmo no Mercado Municipal de Olhos de Água. O Zé da Luz é um homem que percebe de mar como ninguém e na sua banca encontramos sardinhas, carapaus, sargos, robalos entre outros peixes pescados poucas horas antes. Convém ir logo de manhãzinha.  E também, bancas de fruta e legumes, uma  padaria cujo cheiro do pão regional se sente a vários metros, um talho com carne de grande qualidade, onde se destaca o porco preto, e até mesmo um café, nada falta ali para começar da melhor maneira as compras do dia!

 

Aldeia das Açoteias – sardinhada

 

E sobre os encantos do Algarve, a Olga, minha amiga russa que conheci em Praga, e já passou aqui férias comigo, pode testemunhar!

 

Praia dos Pescadores em Albufeira

 

Praia dos Pescadores em Albufeira com a Olga

 

Os meus gatos, um deles, o amarelo, foi por ali encontrado ainda bebé e então o adotei. Eles também são fãs do Algarve, apesar das viagens de automóvel dentro da caixa, fechados, lhes causarem bastante incómodo. Não sei se eles conseguem raciocinar em termos de custo/benefício, mas o que é certo, na hora do regresso, é preciso ser discreto, pois o siamês pressente que algo se vai passar e desaparece, regressando a altas horas da madrugada!

 

Aldeia das Açoteias, o meu gato Zeus com um amigo

 

Aldeia das Açoteias – vida de gato, haverá melhor

 

A última vez que estive no Algarve foi no início do ano. Tempo de pandemia, de recolher obrigatório e tudo estava vazio e triste. Mas em breve todos estes locais se encherão de veraneantes ávidos de umas boas férias de calor, praia, boa comida e noites animadas! Os negócios bem precisam de clientes para que a Economia recupere rapidamente, assim como nós, queremos recuperar a nossa saúde física e mental e as nossas vidas normais!

 

Acesso à Praia da Falésia das Açoteias

 

Reservas (click):

Booking – Alojamento

Get Your Guide– Tours, entrada em monumentos

Bestravel- Promoções de viagem

Rental Cars- Aluguer automóvel

Amazon– Artigos de viagem

 

 

 

Chamo-me João Almeida, moro em Sintra (Portugal), e sou um AMANTE DE VIAGENS. Uma paixão que existe faz longos anos. A minha missão com esta página é de ajudá-lo a realizar o seu próximo destino! Saiba mais sobre mim e sobre o site.

Segue-nos nas redes sociais:

RESERVA DE HOTÉIS

Booking.com

Categorias

PROMOÇÕES DE VIAGENS

ARTIGOS DE VIAGEM

SEGURO DE VIAGEM

BILHETES PARA ACTIVIDADES

GOOGLE TRANSLATE

GRUPO FACEBOOK AMANTES DE VIAGENS