MENU
9 Out

OSLO, A BELA E FRIA CAPITAL NORUEGUESA

 

Oslo, a bela e fria capital Norueguesa

Texto & Fotos de António Ribeiro

 

Os países nórdicos estão muito ligados à natureza, notei aqui em Oslo bem como em Estocolmo e Copenhaga essa harmonia entre a cidade, a natureza e a água. Em Oslo uma parte que gostei particularmente foram as pequenas ilhas que ficam próximas da zona do porto (“Aker Brygge”), ilhas parecem parques, rurais com casas de campo, no meio do mar,  como que pequenas aldeias inseridas nesta natureza lindíssima; aqui  os locais vão para estar em contacto com a natureza, indo por exemplo pescar, alguns têm aqui uma casa de campo e vêm no seu barco, ou no barco dos transportes públicos; um contacto com a água e a natureza que nos faz sentir incrivelmente relaxados.

 

Ilha Hovedoya (já com vista para outra neste pequeno arquipélago), Oslo

 

Uma ideia que pode ser interessante é procurar alojamento por exemplo para uma noite numa das ilhas próximas da cidade (existem algumas ofertas), os barcos de transporte público circulam em média a cada 30 minutos e acho que pode ser interessante uma noite numa destas pequenas ilhas num ambiente rural rodeado pela natureza.

 

ilha Hovedoya,Oslo

 

ilha Hovedoya, Oslo

 

A Noruega tem muito para descobrir, tendo uma variada oferta de cidades bonitas para visitar com uma natureza soberba e rodeada pelos famosos fiordes; Bergen, Alesund, Tromso ( mais procurado, para ver a aurora boreal), ou Stavanger, são ótimos destinos, aqui a cultura típica Norueguesa estará ainda mais presente com pequenas casas como que grandes vilas piscatórias, o ano passado era para ter visitado juntamente com Oslo, a cidade de Bergen, caso o façam recomendo fazer a viagem entre Oslo e Bergen de comboio ( cerca de 7h), segundo soube através de locais a viagem rompe por vários fiordes e conta com paisagens fantásticas, pelo que pode ser uma viagem interessante, de qualquer modo podem explorar esta (ou outras cidades), além da sua capital.

 

Nedre Foss, Oslo

 

Oslo é uma cidade de média dimensão e apesar de em muitas opiniões apontarem apenas para um dia, eu discordo e acho que o ideal são dois dias completos, além do seu centro, tal como vários museus e parques mais afastados, temos a oportunidade de fazer um mini cruzeiro pelo fiorde de Oslo, ou caso não queiram gastar tanto nesse tour, podem simplesmente ir de transportes públicos nos barcos que vão da cidade até às ilhas que ficam próximas.

 

mapa com os trajetos dos barcos ao redor de Oslo

 

Fiquei num pequeno estúdio, próximo do centro da cidade e da estação central de comboios, na rua Wessels Gate, os Urban apartments podem ver no site que conta com duas localizações, ou no Airbnb estas e outras ofertas semelhantes.

 

zona de Aker Brtgge, Oslo

 

De uma forma muito prática temos quatro principais áreas em Oslo:

O centro da cidade  da cidade, Sentrum, que é o coração da cidade, aqui além de várias atrações, estão as bonitas ruas recheadas de imponentes edifícios e a maioria do seu comércio, belas ruas como aquela que é talvez a principal: Karl Johans Gate que fica bem próxima da praça principal da cidade, na praça fica o parque Studentelunden , num extremo fica o Teatro Nacional que foi contruído em 1899 e dá um toque de beleza á praça; outro imponente e soberbo edifício junto desta rua e da praça (no outro extremo do teatro), fica o Parlamento Noruegês (Stortinget), foi uma das atrações que mais me chamaram a atenção pela sua enorme beleza arquitetónica, é a sede Nacional da Assembleia desde 1866. Ao fundo desta zona central da praça temos o culminar com a Câmara Municipal (Radhuset), o edificio foi inaugurado em 1950 e além da sua imponência já com o mar no horizonte é um dos principais cartões postais da cidade.

 

Teatro Nacional, Oslo

 

Câmara municipal de Oslo- Noruega

 

Câmara Municipal de Oslo- Noruega

 

Outras ruas como a Gressen/ Kristian IV gate, que contam também com muito comércio, vão até à Soberba Catedral de Oslo são alguns exemplos de outras ruas belas desta cidade. A Catedral de Oslo, também conhecida como igreja de nosso Salvador, é uma catedral de estilo barroco, conta com cinco sinos na torre e o seu relógio é o mais antigo do país datando de 1718; está aberta todos os dias, contudo depende da celebração da missa e é diferente ao fim de semana; em frente à catedral numa pequena praça está ainda uma estátua de Christian IV.

 

interior Catedral de Oslo

 

Inserido no parque Slottsparken, está o Palácio Real da Noruega (é possível fazer uma visita guiada por 125 Nok, cerca de 12,5€), próximo deste bonito palácio, entre o parque e o Teatro Nacional nota ainda para o Museu de História Cultural (entradas custam 120 Nok,cerca de 12€) e o Museu Ibsen, nesta área temos também a Universidade oslo, pelo que temos ainda mais bonitos edifícios para admirar nesta zona central da cidade; nota ainda para a Galeria Nacional, que embora esteja fechado,pois irá ser inserido no Museu Nacional, em 2022 na zona de aker Brygge, contudo é um bonito edifício que vale umas fotos.

 

Parlamento Oslo- Noruega

 

Palácio Real, Oslo, Noruega

 

Oslo, Noruega

 

òpera de Oslo, e ao lado o novo Museu munch

 

Talvez esta zona seja aquela em podemos vaguear mais e descobrir mais recantos espalhados, onde nos podemos surpreender, alguns locais que por exemplo me lembro são por exemplo o Oslo street food, neste espaço podemos encontrar várias ofertas de comida de rua, mas num amplo espaço interior, como que numa zona de restauração de um shopping num ambiente bem descontraído; aqui próximo está a praça Youngstorget; usem apps como o maps. me ou citymaps2go entre outras para ajudar na descoberta deste e outro locais que possam ser interessantes.

mercado de rua em Oslo

 

Oslo, Noruega

 

A zona de Aker Brygge é uma zona tranquila, com alguns bares e restaurantes, ficando aqui também a zona do porto da cidade que liga esta zona central a outras zonas da cidade como Bigdoy, ou zonas mais afastados da cidade, bem como as pequenas ilhas próximas da cidade: Hovedoya ( a maior deste arquipélago), Lindoya, Nakkholmen, Heggholmen e Bleikoya; podemos vir simplesmente até uma destas ilhas ou ficar no barco durante o percurso por este arquipélago e ficar deslumbrado com esta beleza natural (o percurso do barco é de cerca de 1h), para fazer o percurso podem comprar um bilhete normal de transporte, ou caso tenham o city pass ou bilhete geral de transporte está incluído.

 

rua Karl Johans Gate, Oslo

 

Nota para que pelo que me apercebi, os cruzeiros que fazem o tour do fiorde (bilhetes em torno dos 35€) fazem um percurso semelhante, não digo que seja o mesmo, mas podem poupar muito dinheiro e ter uma experiência semelhante.

Junto dos terminais dos barcos, temos ainda o centro Nobel da Paz, este pode ser visitado por 120Nok, cerca de 12€, a seu lado ficará o futuro Museu Nacional de Arte (ainda não aparece no google maps, vi nas fotos que tinha tirado e após a pesquisa vi que irá abrir em junho de 2022), este será o maior museu de arte moderna e antiga dos países nórdicos.

 

Centro Nobel da Paz, Oslo

 

o novo e futuro Museu Nacional, Oslo

 

Com uma vista privilegiada sobre o porto e a câmara municipal, num ponto mais elevado fica a fortaleza de Akershus, esta bela fortaleza medieval junto ao mar, desempenhou um importante marco na história Norueguesa, podemos aqui entrar e admirar o seu ponto privilegiado da cidade e com o mar no horizonte,  a entrada no complexo é gratuita, pagando caso queiram visitar o seu Castelo ou os Museus da Resistência e da Defesa. Junto à fortaleza, fica ainda o Museu da Forças Armadas, este museu militar com exposições desde a era Viking até ao presente século, pode ser visitado por 100 Nok, cerca de 10€.

 

fortaleza de Akershus, Oslo vista do barco

 

fortaleza de Akershus, Oslo

 

fortaleza de Akershus, Oslo

 

A zona de Gamle Oslo temos a estação central de comboio e também a central de bus; junto da estação central de comboios temos uma praça onde vamos encontrar a famosa estátua do Tigre, uma das estátuas mais fotografadas da cidade, esta estátua de bronze com cerca de 4.5 metros foi feita em homenagem à cidade, já que a esta é apelida de “Tigerstaden”, a cidade do Tigre ; temos ainda em frente à central a torre com o relógio, que fica bonita com a sua iluminação durante a noite.

 

o Tigre de Oslo- Noruega

 

Em Gamle Oslo, temos um daqueles que é também um dos cartões postais (par do edifício da câmara municipal), uma obra de engenharia fantástica que é a Ópera Municipal esta fantástica construção é qualquer coisa de extraordinária, apesar de não ter visto nenhum espetáculo até a sua entrada é fantástica, o seu exterior em que podemos andar como que numa praça inclinada sob a mesma é uma delícia, para quem gosta por pouco que seja de arquitetura e design em construção irá por certo gostar.

 

interior da ópera de Oslo

 

Aqui bem próximo, temos aquele que será o novo Museu Munch, um museu em homenagem ao famoso pintor Noruegês Edvard Munch, aqui estarão mais de metade das obras deste pintor (nota para que uma das suas mais famosas obras, “o grito” se encontra na Galeria Nacional), o novo museu irá abrir dia 22 de outubro, o antigo museu esteve aberto até ao fim setembro, ficava em Toyengata 53, a cerca de 1.3 km da nova localização; os bilhetes são de 160 Nok, cerca de 16€.

A nova Biblioteca Principal Deichman, fica também próxima da ópera e conta a par desta com uma arquitetura arrojada.

 

Câmara municipal de Oslo, vista de Aker Brygge

 

Mais afastado um pouco do centro fica a zona de Bigdoy, que é como que uma península, podendo até ir de barco daqui até Aker Brygge e outros pontos da cidade, ou no bus nº 30, que para em vários locais e que liga até o centro, junto do Teatro Nacional,

Aqui temos uma grande concentração de museus (tenho ideia inclusive que vi em algum lugar que chamam esta a zona dos museus), talvez os mais famosos da cidade, o Folk Museum, o museu Norueguês de História Cultural, que é um museu ao ar livre, com mais de várias pequenas casas recria como era a vida antigamente na Noruega, o museu está aqui desde 1898; os bilhetes custam entre 140-180 Nok, 14-18€; O Viking Museum tem a exposição de 3 barcos vikings em perfeito estado de conservação, que terão sido encontrados ao redor do fiord de Oslo, um mergulhar no passado remontando aos tempos dos Vikings; os ingressos custam cerca de 100 Nok, cerca de 10€ (nota o museu encontra-se atualmente fechado para remodelação).

 

Museu Viking, Oslo

 

Museu Militar, Oslo

 

Maritime Museum (museu marítimo de Oslo) pode ser visitado por 140 Nok, cerca de 14€; no Kon-Tiki Museum, os bilhetes custam 140 Nok, cerca de 14€, este museu exibe objetos das expedições de um famoso explorador Norueguês, Thor Heyerdahl; temos mais próximo da costa, aquele que é talvez o mais visitado, o Fram Museum tem uma arquitetura exterior bastante apelativa, sendo facilmente reconhecido ao longe, o museu retrata e exibe as expedições do famoso navio Fram, que foi usado em três expedições polares, este barco é considerado o barco de madeira mais resistente do mundo e bateu recordes em viagens aos extremos norte e sul do globo, sendo um tesouro Nacional; os bilhetes para este museu custam 140 Nok, 14€, nota para que podem combinar os ingressos dos bilhetes dos museus Fram, Kon-Tiki e Marítimo podendo comprar os mesmos localmente numa das suas bilheteiras, estes três museus ficam juntos uns dos outros, o bilhete combinado para os três custa 380 Nok, cerca de 38€.

 

Museu Fram, Oslo

 

Fram Museum, Oslo

 

Nota ainda para o fantástico parque Vigeland, que é um enorme parque aborte do centro da cidade, cerca de 3km, podem fazer uma caminhada ou pelo bus 31, ou metro nas linhas 1 e 2 na paragem Borgen ( em ambos os casos daqui até ao centro do parque são cerca de 950 metros), o parque tem 32 hectares e mais de 200 esculturas, foi criado bem como todas as esculturas em bronze e granito pelo  escultor Gustav Vigeland; é um local de eleição para os residentes que aqui vêm em família, ou praticar desporto e estar em contato com a natureza.  tem uma enorme escadaria que segue pela avenida principal,.com várias estátuas encontra-se ainda algumas casas típicas, pontes e lagos, um local para relaxar.

No parque fica ainda o Oslo City Museum, os ingressos custam 90 Nok, cerca de 9€, outro museu nesta área embora já fora do parque em si, é o Museu Vigeland, que é dedicado às obras de Gustav Vigeland, o edifício é considerado ainda um dos melhores exemplos de arquitetura neoclássica do país, a entrada neste museu custa 100 Nok, cerca de 10€ (á segunda feira está fechado).

 

parque Vigeland, Oslo

 

parque Vigeland, Oslo- Noruega

 

parque Vigeland, Oslo

 

Alguns locais pelos quais podem fazer uma visita, para completar a visita à capital Norueguesa são entre outros:

Junto do Kuba park, onde corre o rio Akerselva, temos uma pequena cascata do rio na zona chamada de Nedre Foss, onde temos além de outro parque com este nome, temos como que uma zona alternativa urbana, a Vulkan, com vários restaurantes numa arquitetura inovadora, local este que outrora fora uma zona indústria, hoje além dos restaurantes acolhe algumas empresas e uma zona de concertos, a Vulkan Arena, uma zona em desenvolvimento, muito agradável para visitar, e quem sabe poder ver um concerto de música Metal ao bom estilo nórdico. Antes de aqui chegar, podemos passar pela Damstredet e Tethusbakken, que é como que um pequeno bairro tradicional com casas típicas em madeira, eu passei pela rua Damstredet, quando ia para o meu alojamento, passando depois depois quando fui ao Vulkan e Nedre Foss, achei uma delícia ver este pedaço de nostalgia no centro da cidade.

 

Vulkan Arena, Oslo

 

um bairro novo junto da ópera, Oslo

 

Não muito longe da Ópera, a cerca de 1.5 km (linhas de metro 1,2,3,4 e 5 na paragem de Gronland), fica uma grande zona verde, onde temos o Jardim Botânico Toyen, além de termos uma zona verde soberba, com uma variedade enorme de plantas e árvores e ainda pequenos riachos, que dão uma beleza fantástica tornando muito mais que um simples parque, aqui fica o Museu de História Natural (bilhetes 120 Nok, cerca de 12€), este complexo conta com o Museu Geológico; Museu Zoológico, o Museu Botânico e Palm House, podem ter mais informações no site, mas pelo que percebi tudo faz parte do mesmo complexo pelo que o bilhete é geral para todos os museus (toda esta zona pertence à Universidade de Oslo); do outro lado da rua temos ainda o parque toyen e o antigo museu Munch, que já referi anteriormente.

 

Museu Botânico, Oslo

 

Jardim Botânico, Oslo

 

Existem algumas pendências de igrejas espalhadas pela cidade, algumas que achei bastante bonitas são: a igreja Trinity; Swedish Margareta; K. Jacob; Catedral de S. Olavo, entre outras que podem ser vistas na cidade.

Um pouco mais afastado da cidade temos o Museu e a torre de ski Holmenkollen (metro linha 1, paragem holmenkollen) ou o Museu de Ciência e Tecnologia.

 

Partam à descoberta desta Capital nórdica com muito para oferecer, acho dois dias serão o ideal para descobrir um pouco mais para além do “cliché”, volto a realçar que uma ida até/pelas ilhas é muito agradável, o frio será provavelmente uma certeza, mas a cidade por certo irá aquecer a paixão de viajante que há em cada um de nós.

 

Trinity Church, Oslo

 

 Viagens Felizes

 

Dicas e notas

Oslo é uma cidade bastante cara, dependendo do vosso orçamento ou disponibilidade financeira, convém ter  em conta todos os custos, quer de transporte, refeições e mesmo no supermercado (por exemplo um simples hambúrguer ou kebab fica na casa dos 8€ sem bebida, o comboio do aeroporto mais barato custa 11€) , eu pessoalmente sugiro um alojamento local que tenha cozinha, mesmo que seja para algumas pequenas refeições irá ser uma boa poupança, ou por exemplo irem buscar refeições prontas em supermercados, pois apenas precisam de aquecer e não deixa de ser comida tradicional; caso optem por um hotel, optem por um que fique próximo do centro.

 

passeio de barco pelas ilhas de Oslo- Noruega

 

Oslo tem dois aeroportos, o seu principal e mais próximo da cidade é o de Gardermoen (OSL), fica a cerca de 50 km da cidade, apesar de haver também oferta de bus para o centro da cidade, o mais prático e rápido é de comboio, pois a estação fica dentro do aeroporto (apenas descer as escadas), temos duas opções: ir de comboio rápido o Flytoget, em que a viagem demora cerca de 20 minutos e o bilhete custa 204 Nok, cerca de 20€; a outra forma (para mim melhor) é no comboio público normal da VY, temos várias linhas, como o L12; R10 e R11, o tempo depende conforme o nº de paragens mas é cerca de 30 minutos, tendo este trajeto em média a cada 15-20 minutos, o bilhete simples custa 110 Nok, cerca de 11€; no fim de contas fica quase a metade do preço e demora mais 10 minutos; o Flytoget tem uma linha própria bem como as suas máquinas de bilhetes, no normal têm de ver o nº da linha e as máquinas estão muito próximas, (nota: o nome da estação do aeroporto é Lufthavn).

 

passeio de barco pelas ilhas de Oslo

 

O aeroporto de Sandefjord Torp (TRF), fica a cerca de 110 km de Oslo, para ir até Oslo podemos ir de bus pela companhia Torp – Ekspressen, que opera conjuntamente com os voos existentes, a viagem para a estação central de bus demora cerca de 1h e 35 minutos e custa 279 Nok, cerca de 28€; a outra forma é de comboio, um bus faz a ligação do aeroporto à estação de comboio de Torp (gratuito) e daqui o tempo de viagem até Oslo é de cerca de 2h

(podem apanhar comboio directo ou fazer um transbordo), os preços são entre os 279 Nok e os 314 Nok (entre cerca de 28 e 31€), podem ver no site da VY, os horários e preços, acredito que o bus será mais prático.

 

Temos voos diretos de Lisboa para Oslo pela Norwegian e pela TAP (ambos para o aeroporto principal), a Norwegian tem muita oferta de voos para Oslo para várias cidades, eu fui com a Norwegian de Barcelona, já que fui a Andorra, fui pela primeira vez nesta companhia aérea low-cost Norueguesa e gostei bastante, acho que podem economizar bastante se forem para o aeroporto Gardermoen (OSL) pois é mais perto e mais barato nos transfers, no entanto existem muitas ofertas low-cost para o aeroporto de Torp (façam bem as contas), as companhias Wizz Air e Ryanair têm voos para ambos os aeroportos, a Vueling.

 

Oslo é uma cidade bastante desenvolvida, não tive necessidade sequer de levantar dinheiro, pois em quase todo o lado podem pagar com cartão (contactless), pode ajudar para evitar possíveis taxas em alguns Atms, podendo assim pagarem sempre com o cartão. A moeda é a Coroa Norueguesa (NOK), 1€  aprox.10 NOK (Kr), podem fazer as contas facilmente reduzindo uma casa decimal.

 

A Noruega tem cerca de 5.3 milhões de habitantes, o fuso horário é de mais um hora que em Portugal, o domínio de internet é .no; o indicativo é +47; a língua oficial é o Norueguês, mas o inglês é falado fluentemente em todo o lado, não terão problemas em comunicar em inglês em qualquer lado, a cidade é muito tranquila e segura, até a achei muito “vazia” à noite, muito em paz com toda gente.

Podem ver e comparar preços em sites como o Numbeo, para terem uma ideia dos custos que podem ter, a cidade como já disse é bastante cara comparando com as cidades Portuguesas.

 

rua Damstredet, Oslo

 

A Noruega é um país frio, pelo que convém ter em conta isso na altura da viagem, obviamente que caso queiram ir assistir às auroras boreais, a melhor altura é no outono e inverno, sensivelmente entre outubro até março (embora claro mais a norte seja mais fácil de as poder observar, como por exemplo em Tromso, que é dos locais de eleição, ou por exemplo em Alesund); podem ver a média de temperaturas de várias cidades no site the best time to visit, onde podem ter uma média de temperaturas que podem esperar, eu em setembro apesar de algum frio e do tempo nublado, não tive o azar da chuva estragar os planos.

Outra sugestão, que pode ser agradável é um cruzeiro mais a norte e em vez de um tradicional pelo mediterrâneo fazer um cruzeiro pelos fiordes da Escandinávia, por exemplo de Copenhaga até à Noruega, nas cidades como Bergen, Alesund e Oslo, a oferta é vasta quer de rotas, quer de operadoras. podem ver algumas ofertas em Cruzeiros.pt; logitravel e costa cruzeiros, entre outras.

 

Oslo city pass é uma boa opção, caso queiram visitar bastantes museus e outras atrações, oferece muitos descontos e entradas gratuitas em muitos museus ( a grande maioria dos museus está incluída com entrada gratuita) , bem como transportes gratuitos na cidade, pode ser adquirido no telemóvel através da app, nos postos de turismo e em outras lojas de conveniência, tem de 24, 48 e 72H, o preço para 24h é de 445 Nok,c erca de 45€ (é uma valor um pouco alto mas caso visitem alguns museus e usem os transportes vai compensar), podem ver a lista de museus em que a entrada é grátis, bem como todas as vantagens no site oficial de turismo de Oslo, podem ver diretamente a lista neste link.

 

Site turismo Oslo: Aqui

Site turismo Noruega: Aqui

Site transportes de Oslo: Aqui

 

 

Reservas (click):

Booking – Alojamento

Get Your Guide– Tours, entrada em monumentos

Bestravel- Promoções de viagem

Rental Cars- Aluguer automóvel

Amazon– Artigos de viagem

 

Chamo-me João Almeida, moro em Sintra (Portugal), e sou um AMANTE DE VIAGENS. Uma paixão que existe faz longos anos. A minha missão com esta página é de ajudá-lo a realizar o seu próximo destino! Saiba mais sobre mim e sobre o site.

Segue-nos nas redes sociais:

RESERVA DE HOTÉIS

Booking.com

Categorias

PROMOÇÕES DE VIAGENS

ARTIGOS DE VIAGEM

SEGURO DE VIAGEM

BILHETES PARA ACTIVIDADES

GOOGLE TRANSLATE

GRUPO FACEBOOK AMANTES DE VIAGENS