MENU
22 Mar

BRATISLAVA, ESQUECIDA MAS ACOLHEDORA

 

Bratislava, esquecida mas acolhedora

Texto & Fotos de António Ribeiro

 

Bratislava, a simpática capital da Eslováquia apesar de muitas vezes esquecida e ofuscada pela sua próxima vizinha Viena ou, mesmo embora mais afastada Budapeste, a verdade é que esta cidade plantada no Danúbio merece uma visita. Passei aqui em 2014, vindo de Viena, seguindo depois para Praga, confesso que apesar de ser de passagem, partindo ao fim da tarde, a visita foi muito agradável, um dia inteiro é o ideal, mas caso possam passar aqui uma noite, podem sempre descobrir a sua forte vida noturna e o seu encanto junto do Danúbio à noite.

O ideal será uma viagem desde Viena, sendo estas capitais as mais próximas  na Europa, pois estão a apenas cerca de 80 km; podemos ir de comboio, bus, ou fazer uma experiência e fazer o percurso num barco pelo Danúbio.

 

vista sobre o Danúbio

rua no centro histórico de Bratislava

 

Um ponto de destaque, onde comecei a minha breve visita (na entrada de Bratislava), que é quase um ícone e um dos seus cartões postais, é a ponte nova (Novy Most), uma vanguardista ponte, onde no topo tem uma oval onde está um restaurante (parece um avistamento de um Ovni, aliás também pode ser chamada ponte Ovni)), esta ponte simboliza a revolta Nacional Eslovaca; é uma das maiores pontes suspensas do mundo, tendo cerca de 431 metros de comprimento, o pilar central tem pouco mais de 80 metros, tendo posteriormente o restaurante, sendo que no topo deste totaliza cerca de 95 metros, ao qual podemos aceder exteriormente, depois de subir pelo elevador que vai até ao restaurante, podemos visitar apenas o topo ou ir ao restaurante. Daqui (ou mesmo no restaurante)   temos uma vista soberba sobre a cidade velha, o Castelo e com e claro o rio Danúbio dando um brilho especial a este cenário.

 

Restaurante no topo da Ponte nova

 

Antes de ir para o coração da cidade velha que tem um bonito e bem preservado centro histórico, podemos visitar outro marco importante que é o Castelo de Bratislava, o castelo todo branco num ponto alto sobre a cidade, onde também temos o Museu de História, que pode ser visitado por 10€; esta imponente fortificação de estilo renascentista é também um local representativo do parlamento Eslovaco.

 

castelo de Bratislava

 

Entrando no centro histórico temos logo em destaque, a catedral S. Martinho, uma catedral de estilo gótico do século XVIII; a sua torre destaca-se no skyline da cidade, sendo também um local de visita obrigatória; seguindo pelo acolhedor centro histórico temos a praça Hviezdoslav, uma das mais importantes na cidade, uma bonita praça com uma fonte no centro (Ganymede); a praça é em homenagem ao poeta Pavol Hviezdoslav; aqui temos o teatro Nacional de Ópera, um edifício  Neo Renascentista, construído em 1886. Destaque também para várias estátuas de arte urbana, onde há uma de especial realce que é o homem a trabalhar (“man at Work”) uma estátua em bronze no chão em que vemos a cabeça de um homem que sai de uma caixa de esgoto, fica também próximo desta praça e é uma entre as várias esculturas espalhadas pela cidade, embora a mais famosa.

 

centro histórico de Bratislava

 

Man at Work, Bratislava

 

Catedral S. Martinho, Bratislava

 

Uma outra praça que merece uma visita é a Hlavné, por aqui encontram-se pequenas barracas com souvenirs, aqui conjuntamente fica também a antiga câmara municipal, uma série de edifícios dos séculos XIV e XV; atrás destaque também para o Palácio do Primaz, um palácio neoclássico do século XVIII, podemos visitar o mesmo por 3€.

Antes de sair deste centro histórico nota também para: a Igreja da Anunciação; a antiga Catedral da igreja da Trindade; a antiga praça do mercado, o Museu Zanbraní e o Museu da cidade e claro além das suas muralhas, temos por exemplo as portas de S. Michele e Sigismund.

 

souvenirs em Bratislava

 

Saindo do centro histórico em direção contrária ao rio, a cerca de 500 metros, temos o Palácio Grassalkovich, um palácio de estilo Rococó, também conhecido como a casa branca da Eslováquia, é sede oficial do presidente e foi construído em 1760, um local bastante agradável, com a praça Hodzovo, tem uma fonte com um globo ao centro em frente ao palácio e várias bandeiras do país alinhadas em frente ao palácio, uma foto que também pode ficar bem para posterior memória.

 

Palácio Grassalkovich, Bratislava

 

Caminhando um pouco mais daqui, temos o Museu dos Transportes, a viagem sobre o desenvolvimento dos transportes no país, integra o Museu Técnico da Eslováquia, no site oficial podem ver informações bem como os outros museus que fazem parte dele, a entrada para o Museu dos Transportes é de 3.30€.

Voltando para próximo do rio Danúbio, na direção da ponte antiga, temos a Igreja azul (S. Isabel), a sua fachada num predominante azul foi construída em 1909, é dedicada à Imperatriz Austríaca, sendo muito popular para a realização de casamentos.

Já mais próximo do rio temos o outro edifício que conjuntamente com o da parte velha da cidade (teatro Nacional de Ópera), formam o Teatro Nacional Eslovaco, aqui podemos assistir a peças de Ópera, Ballet e Drama (tal como no da parte velha); podem consultar a programação e comprar espetáculos no site oficial.

 

Teatro Nacional Eslovaco, Bratislava

 

praça Hviezdoslav, Bratislava

 

Mais afastado um pouco temos o Museu Ferroviário e caso tenham um pouco mais de tempo, a cerca de 10 km da cidade, temos outro local de interesse; podem ir de bus por exemplo junto da Novi Most, bus n 29, num trajeto de cerca de 20 minutos, saímos na paragem de Strbská, caminhando depois cerca de 1 km, chegando assim ao Castelo de Devin, no topo de um penhasco de frente para o Danúbio, este castelo será certamente uma agradável visita, dada a sua localização. Estas belas ruínas, bem como exposições permanentes e achados arqueológicos, podem ser visitadas por cerca de 4€, sendo esta gratuita com o cartão Bratislava Card, eu apesar de não ter visitado pelo vi e li, pode merecer um bom par de horas num final de tarde para contemplar além do castelo a sua vista fantástica.

 

antigo município, Bratislava

 

A gastronomia em Bratislava tem fortes influências dos seu vizinhos, principalmente da Hungria, eu almocei um “Goulash”, e aquela que foi a melhor sopa de canja de galinha, ou espécie de isso que já comi, com um sabor semelhante mas para melhor, sendo que o massa era muito fina, como que aletria, simplesmente divinal. Uma vez que aqui os preços são mais acessíveis podemos escolher com mais á vontade, eu acabei por ir a um mais turístico pois tinha pouco tempo, mas se explorarem bem, além de algo mais em conta poderão encontrar algo ainda mais típico.

 

almoço em Bratislava

 

a fantástica sopa em Bratislava

 

Dicas e Notas:

Não temos voos diretos para Bratislava, o seu aeroporto oferece voos por exemplo:  Bolonha, Roma, Milão Bergamo, Malta, Londres Stansted, pela Ryanair ou Londres Luton, Sofia, Kiev, Skopje, pela Wizz Air; podem também pela Ryanair, comprar diretamente desde o Porto para Bratislava e já incluí a escala (Milão bérgamo); pessoalmente acho melhor irem através de Viena, pois a oferta de Voos é maior, pois temos voos diretos para Porto, Lisboa ou Faro, pela Ryanair e Wizz Air.

 

arte urbana, Bratislava

 

De Viena para Bratislava, podemos ir de várias maneiras; de comboio, a viagem demora cerca de 1h e os bilhetes custam entre 11 e 17€, mais informações no site de comboios da Áustria; caso optem por bus, a oferta é vasta, sendo que a viagem demora cerca de 1h e vinte minutos e os preços ficam entre 5€ e 8 €, algumas das operadoras são: Slovak lines; Eurobus; ou Regiojet; uma dica será usar o site infobus, que junta todas as operadoras e direciona para a compra dos bilhetes, com a pandemia, algumas ainda não estão a vender bilhetes, pelo que o site agregador poderá ser muito útil.

No caso de irem de Barco, a viagem demora cerca de 1h e meia, os bilhetes custam desde 30€, uma das operadoras é a Twin City Liner ou podem usar o site agregador directferries, podem por exemplo, fazer um dos trajetos de barco para ter a experiência de navegar pelo Danúbio e no outro de bus, que é bastante mais barato).

 

Bratislava

 

Site de turismo da Eslováquia  e, de Bratislava, site dos museus (que engloba vários, bem como o castelo Devin).

Caso pretendam visitar algumas atrações (por exemplo para o Castelo Devin fica gratuita a entrada) podem obter o cartão Bratislava Card, no site a venda está suspensa, devido à pandemia (podem além de comprar no site, comprar em vários locais da cidade), mas posteriormente quando for retomada tomem essa opção, pois podem poupar dinheiro, caso visitem algumas atrações.

Como há muito turismo por aqui,  há muita sinalização em inglês, bem como as pessoas falarem inglês; achei a cidade segura e tranquila, os transportes pareceram-me fáceis de usar (fui da cidade para o terminal rodoviário), embora para visitar a cidade os principais pontos, basta caminhar um pouco, apenas o Castelo Devin temos de ir de bus (29).

A moeda é o Euro, o fuso horário é de mais uma hora que em Portugal, o indicativo telefónico é + e o domínio de internet é: .sk

 

Reservas (click):

Booking – Alojamento

Get Your Guide– Tours, entrada em monumentos

Bestravel- Promoções de viagem

Rental Cars- Aluguer automóvel

Revolut- Cartão bancário sem taxas

Amazon– Artigos de viagem

Iati- Seguro de Viagem

 

 

João Almeida

Chamo-me João Almeida, moro em Sintra (Portugal), e sou um AMANTE DE VIAGENS. Uma paixão que existe faz longos anos. A minha missão com esta página é de ajudá-lo a realizar o seu próximo destino! Saiba mais sobre mim e sobre o site.

Segue-nos nas redes sociais:

RESERVA DE HOTÉIS

Booking.com

Categorias

PROMOÇÕES DE VIAGENS

ARTIGOS DE VIAGEM

SEGURO DE VIAGEM

BILHETES PARA ACTIVIDADES

GOOGLE TRANSLATE

GRUPO FACEBOOK AMANTES DE VIAGENS