21 Fev

VOLUNTARIADO PELO SUDESTE ASIÁTICO

 

VOLUNTARIADO PELO SUDESTE ASIÁTICO

  

Texto & Fotos de Catarina César

 

21 anos, sozinha, no Sudeste Asiático, a fazer voluntariado, viver com locais, viajar com uma mochila de 40L e cerca de 150€ por mês, sem bilhete de volta! É possível, e recomendável!

 

Aventura de coluntariado pelo sudeste asiatico

A pedir uma das muitas boleias no sul da Tailândia

 

Parti nesta aventura há cerca de 3 meses, com o intuito de fazer voluntariado em todos os países que pisasse e viver com as comunidades locais.

Até agora, tudo certo!

Comecei por fazer voluntariado no sul da Tailândia, mais propriamente na província de Satun, numa creche no meio da selva. Vivi por 3 semanas com uma família muçulmana tal como todo o resto da comunidade e, podem imaginar o choque cultural, mas que tanto me enriqueceu desde o primeiro dia. Foi lá que aprendi a viver apenas com o essencial e a levar uma vida realmente simples, e a minha integração foi super fácil devido a toda a comunidade que mesmo não sabendo uma única palavra em inglês, sempre fez de tudo para me ajudar. Foram como família e senti-me em casa. Quanto às crianças com quem passava 10h do meu dia, não consigo mesmo descrever, mas digo-vos que roubaram uma parte bem grande do meu coração! Depois dessa experiência repleta de amor, carinho, família, amigos e bastantes baratas, decidi atravessar a fronteira por mar e viver 3 semanas numa ilha da Malásia, Langkawi!

 

Aventura de coluntariado pelo sudeste asiatico

Hanif, o meu irmão mais novo e o melhor guia turístico de sempre ❤️ As nossas aventuras diárias em campos de arroz!

 

Aí passei um mini inferno no voluntariado que realizei num hostel por quase 1mês, mas que tanto me fortaleceu. Decidi não desistir à primeira (grande) dificuldade e, testei os meus limites até ao fim, o que hoje sinto que me fez crescer bastante! Na ilha fiz imensos (grandes) amigos, vi os pôr-do-sol mais bonitos, gastei muito (pouco) dinheiro em cerveja e gelados (é uma ilha Dutty Free) e, dormi com tantos ratos quanto anémonas há naquele mar 😅 Foram realmente momentos agridoces, mas pelos quais estou grata por ter passado. Deixei então a Malásia mas, a Tailândia continuava a chamar por mim e, assim foi.

Voltei por 2 semanas à Tailândia, onde ajudei universitários e adultos a melhorar o seu inglês e me diverti bastante. A escola onde fazia voluntariado era em frente à famosa Kao San Road, por isso, podem imaginar! Não me despedi de todos os amigos que lá fiz, porque quero voltar o quanto antes e, assim tenho mais uma desculpa para o fazer 😜 Entretanto, após 2 meses a viajar sozinha, de várias amizades, dezenas de boleias, picadas de todos os tipos animais, e pré-ataques de macaquitos, precisava de descansar um pouco.

Encontrei-me com um amigo e cruzamos a fronteira para o Camboja. Conhecemos os sítios mais culturais e paradisíacos do país durante 2 semanas. Mas, o meu objectivo neste país ainda não estava cumprido, então, segui sozinha para Kampong Thom, onde me encontro agora, a fazer voluntariado numa escola, onde dou aulas de inglês a crianças entre os 5 e os 13 anos, que me enchem de abraços e Hi5’s a todo o instante, durante 2 semanas.

Aventura de coluntariado pelo sudeste asiatico

Partilha de conhecimento e caneta

 

Aventura de coluntariado pelo sudeste asiatico

Os reguilas, felizes, por ter sido eu a aluna de Khmer (língua do Camboja)

 

Parto dentro de 6 dias para o Vietname onde também já tenho um projeto de voluntariado para as primeiras 3 semanas, na cidade de Ho Chi Minh! As saudades já começam a apertar mas, ainda não me sinto preparada para deixar esta aventura em pausa (porque acabar, nunca vai ser possível) e, por tanto, Portugal continua sem data certa para me ver de novo 😋 É óbvio que não consigo contar as centenas de aventuras que vivi, as boleias que apanhei em todos os tipos de situações e transportes, as viagens que fiz de barco, ferry, mota, carro, autocarro, van, comboio, bicicleta, tuktuk, as horas que passei sozinha e as que passei acompanhada, os amigos para a vida, tentativas de assalto (nem tudo é sempre seguro) e as milhares de tentativas de ajuda! Parece que quando estamos ocupados a viver, nos faltam palavras para fazer jus a tudo o que vemos e vivemos, sentimos e partilhamos. Mas se quiserem acompanhar um bocadinho mais desta aventura podem seguir o instagram: nomada_deamor.

 

Aventura de coluntariado pelo sudeste asiatico

“Read a book” a frase que mais ouvi durante as 3 semanas que fui voluntária nesta creche! A hora do conto, era a toda a hora.

 

Viajar com 150€ por mês e uma mochila de 40L é bem mais fácil, e recompensador do que aquilo que podem imaginar! A verdade é que, tenho apenas 21 anos, senti medo, tive dúvidas e inseguranças, mas também sei que não são esses os sentimentos que nos levam a algum lado, muito menos atrás dos nossos sonhos. Enquanto estagiei no Verão passado, em Malta, poupei o máximo quanto pude e, trabalhava como baby-sitter de noite, para hoje conseguir estar a partilhar isto com vocês.

 

WORLDPACKERS É A PLATAFORMA PELA QUAL ME CANDIDATO AOS PROJECTOS DE VOLUNTARIADO, É SUPER SIMPLES E ACESSÍVEL, E TÊM CENTENAS DE HIPÓTESES (QUE EU ESCOLHO SEMPRE) DE FAZER VOLUNTARIADO EM TROCA DE REFEIÇÕES E ACOMODAÇÃO, ENTRE OUTROS EXTRAS.

 

O caminho nem sempre é fácil, mas só depende de nós dar-lhe sentido. Partilho um milésimo desta minha experiência para se possível, vos mostrar que realmente não precisamos de muito para fazer tanto. ❤

Aventura de coluntariado pelo sudeste asiatico

Wat Pho, Temple of the Reclining Buddha

 

Aventura de coluntariado pelo sudeste asiatico

Parte da família que me acolheu com uma outra voluntária Americana – Ansari. Foi o meu host o menino que tirou a foto -Hanif- o meu irmão mais novo

 

Aventura de coluntariado pelo sudeste asiatico

Inauguração do miradouro de uma montanha na Tailândia, na qual fui convidada

 

Aventura de coluntariado pelo sudeste asiatico

Khuan Don

 

Aventura de coluntariado pelo sudeste asiatico

Na inauguração do miradouro, ainda com um chão pouco seguro, mas numa companhia incrível!

 

Aventura de coluntariado pelo sudeste asiatico

Não se deixem levar pelas suas caras de anjos 😂 uns reguilas que me enchiam o coração a todo o momento e me esvaziavam a paciência também.

 

Aventura de coluntariado pelo sudeste asiatico

A minha turma mais arisca, do voluntariado numa escola no Camboja, na província de Kampong Thom ❤️ — em Kampong Thom.

 

Aventura de coluntariado pelo sudeste asiatico

Sunset Beach at Koh Lipe

 

Aventura de coluntariado pelo sudeste asiatico

Coconut Beach, Koh Rong Island, Cambodia

 

Aventura de coluntariado pelo sudeste asiatico

Bangkok Kao San Rd, Thailand

 

Aventura de coluntariado pelo sudeste asiatico

Ayutthaya Ancient City

 

Aventura de coluntariado pelo sudeste asiatico

Angkor Wat, Siem Reap, Cambodia

Aventura de coluntariado pelo sudeste asiatico

A minha vila do coração

 

Aventura de coluntariado pelo sudeste asiatico

A aventureira da selva

 

Aventura de coluntariado pelo sudeste asiatico

20h num comboio tailandês, e conversas entre carruagens!

 

Para alojamento» Aqui

Para outros programas/destinos de viagem» Aqui

 

João Almeida

Chamo-me João Almeida, moro em Sintra (Portugal), e sou um AMANTE DE VIAGENS. Uma paixão que existe faz longos anos. A minha missão com esta página é de ajudá-lo a realizar o seu próximo destino! Saiba mais sobre mim e sobre o site.

Segue-nos também aqui:

RESERVA DE HOTÉIS

Booking.com

Categorias

SEGURO DE VIAGEM

ARTIGOS DE VIAGEM

PROMOÇÕES DE VIAGEM

RESERVA DE VOOS/ HOTÉIS

BILHETES PARA ACTIVIDADES

GOOGLE TRANSLATE

AMANTES DE VIAGENS

SIGA-NOS NO FLICKR