30 Jun

LUXEMBURGO – UMA ESCAPADELA PERFEITA PARA UM FIM DE SEMANA

 

Luxemburgo-Uma escapadela perfeita para um fim de semana

 

Texto & Fotos de Mário Menezes

 

Quebrar rotinas de uma vida casa/trabalho é o que sempre procuramos. Quando a vida se torna rotineira, deixa de fazer sentido. Nos fins de semana Outonais e Invernais, frios, chuvosos, em que os dias são mais curtos, muitos deles não saímos de casa a não ser para ir despejar o lixo, também nos sabe bem estarmos no conforto do nosso lar. Quando esta rotina nos aborrece, a falta de alternativas é uma constante, nada melhor que fazer uma escapadela a um local diferente. Porque não programar uma viagem para essas alturas?

E assim fiz. Em meados de Novembro de 2017 passei um fim de semana no Luxemburgo. Acabou por saber a férias. Comprando um bilhete de avião por menos de 40€, com 8 meses de antecedência satisfiz a curiosidade de visitar o Luxemburgo e assim juntar mais uma bandeira ao meu rol de países estrangeiros que visitei, hoje conto com 50.

 

Cidade do Luxemburgo-vista para a Ponte Grande Duquesa Charlotte

 

Cidade do Luxemburgo

 

Luxemburgo, um país pequeno, um Principado. A cidade de Moscovo por exemplo é quase do seu tamanho.

Um local em que a maior parte da população é Lusitana. Em cada lugar há um “tuga”. Autêntico!

Grande parte da força de trabalho deste pequeno país é oriunda de Portugal. No Luxemburgo, ordenados praticados são os mais altos da Europa. Já vem sendo assim de longa data a emigração de Portugueses para o Luxemburgo e já atinge jovens qualificados.

Acontece, por exemplo, quando na rua  pedimos uma informação a alguém e começamos a falar em Francês, daí a pouco acabamos todos a falar a língua de Camões.

 

Cidade do Luxemburgo-vista para a cidade, atravessando a ponte ferroviária, ao longe a Notre Damme com o telhado pontiagudo

 

A minúscula Cidade do Luxemburgo, capital deste principado fica localizada no topo de um rochedo. Os seus vales fundos, atravessados por várias pontes e viadutos  proporcionam várias vistas sobre o edificado. E são estas vistas símbolos emblemáticos da Cidade do Luxemburgo e o seu cartão postal. Em poucas horas percorremos praticamente todas as ruas e ruelas, também e observamos todas estas vistas. É um local muito interessante e damos o nosso tempo por muito bem empregue.

 

Cidade do Luxemburgo-Palácio Grão-Ducal

 

Cidade do Luxemburgo-Monumento Nacional à Solidariedade Luxemburguesa

 

Ali o dia começa cedo. No hostel em que fiquei alojado, o pequeno almoço começava a ser servido às 6h30 e somente até às 9 horas, e o “check out” era até às 10 horas. Eu havia chegado na noite anterior e no percurso de autocarro do aeroporto para o centro da cidade, parando junto à Estação Central, depois a pé para o hostel, grande parte da cidade já havia conhecido!

 

Cidade do Luxemburgo-Chemin de la Corniche

 

Depois do jantar fui até à Clausen, o bairro de animada vida noturna, muito perto do hostel onde fiquei. Afinal era Sábado à noite. Um local com bares e restaurantes com muita animação. Juntamente com uma turista dos Açores que estava hospedada no meu hostel e também por ali estava de fim de semana, ainda bebemos uns copos, nos divertimos e fizemos amizade. No dia seguinte andamos juntos a passear.

 

Cidade do Luxemburgo

 

A manhã seguinte serviu para conhecer a cidade. As vistas panorâmicas que os postais turísticos mostram foram locais obrigatórios de passagem, agora para serem vistos à luz do dia. Destaque para a famosa vista, a  “Chemin de la Corniche”,  denominada “a varanda mais bela da Europa”  por um escritor local. A cidade, de facto faz lembrar um conto de fadas, conforme muitos guias turísticos mencionam. Temos essa perceção quando observamos a arquitetura histórica e medieval predominante e os telhados pontiagudos de alguns edifícios.

Percorrendo as ruas do centro da cidade, encontramos o  Palácio Grão-Ducal, a residência oficial do Grão-Duque do Luxemburgo.

O Hotel de ville (Câmara Municipal), localizado na Praça Guillaume II, o Monumento Nacional à Solidariedade Luxemburguesa, a Ponte Adolphe são outros locais de passagem obrigatória.

 

Cidade do Luxemburgo-Câmara Municipal (Hotel de ville)

 

Cidade do Luxemburgo-Praça de Clairefontaine

 

A tarde foi dedicada ao Museu Nacional de História Militar. Fica localizado em Diekirch, uma cidade a cerca de 20Km da capital. Acessível de comboio, cerca de 30 minutos. O Luxemburgo é recentemente o único país do Mundo com transportes públicos gratuitos. Mais um motivo para o visitar.

 

Diekirch-Museu Nacional de História Militar-entrada

 

Diekirch-Museu Nacional de História Militar-entrada

 

O Luxemburgo tinha uma posição geográfica estratégica no âmbito da  duas Guerras Mundiais. Por aqueles lados foram travadas as famosa Batalhas das Ardenas em ambo conflitos. Sobretudo dedicada à Batalha das Ardenas que ocorreu na II Guerra Mundial, este museu tem uma enorme coleção de material bélico e é tido como um dos melhores museus militares da Europa. Contém reconstituições de cenas em contexto de guerra que ocorreram na Batalha das Ardenas. O museu mostra também a História do Exército Luxemburguês, desde a fundação do Estado Luxemburguês até aos nossos dias. Ambas as Grandes Guerras Mundiais, bem como a Guerra da Coreia e missões militares das Nações Unidas estão também referenciadas.

 

Diekirch-Museu Nacional de História Militar

 

Diekirch-Museu Nacional de História Militar

 

Diekirch-Museu Nacional de História Militar

 

Diekirch-Museu Nacional de História Militar

 

O dia aproximava-se do fim e o voo de regresso a casa era às 20h30. No dia seguinte era dia de trabalho…

 

Links:

Voos: As duas companhias aéreas low cost Easyjet e Ryanair voam desde Lisboa para o Luxemburgo sendo possível ir no Sábado e voltar no Domingo.

hostel: O alojamento no Luxemburgo é extremamente caro. Um hostel com sistema de dormitório é uma escolha económica. Recomendo o Youth Hostels que é muito conhecido pelos viajantes Europeus. Para uma estada de uma noite serve na perfeição. Possui pequeno almoço buffet.

Companhia de comboios Luxemburguesa.

 

Diekirch-Museu Nacional de História Militar

 

Cidade do Luxemburgo-Comboio suburbano para Diekirch

 

Para alojamento, consulte aqui.

Para programas de viagem, consulte aqui.

 

 

João Almeida

Chamo-me João Almeida, moro em Sintra (Portugal), e sou um AMANTE DE VIAGENS. Uma paixão que existe faz longos anos. A minha missão com esta página é de ajudá-lo a realizar o seu próximo destino! Saiba mais sobre mim e sobre o site.

Segue-nos também aqui:

RESERVA DE HOTÉIS

Booking.com

Categorias

SEGURO DE VIAGEM

ARTIGOS DE VIAGEM

PROMOÇÕES DE VIAGEM

RESERVA DE VOOS/ HOTÉIS

BILHETES PARA ACTIVIDADES

GOOGLE TRANSLATE

GRUPO FACEBOOK AMANTES DE VIAGENS