MENU
10 Mar

TÂNGER, A PORTA DE ENTRADA DE MARROCOS

 

Tânger, a porta de entrada de Marrocos

Texto & Fotos de António Ribeiro

 

Marrocos tem muito para descobrir, acho aliás que seja um país que desperte muitas paixões devido à sua grande diversidade cultural e ao muito que tem para oferecer.

Eu fiz apenas uma escapadinha de 5 dias no fim de setembro, para poder aproveitar um pouco de sol e praia, e decidi conhecer esta que é uma das portas de entrada de Marrocos.

Apesar de não ser de todo nenhuma das cidades mediáticas como Marraquexe, Fez, Rabat, Casablanca, a pequena cidade azul de Chefchaouen, ou as zonas dos resorts de Saïdia, acho que caso queiram explorar este país, podem passar aqui, sobretudo se vierem de Espanha da zona da Andaluzia, podem ao desembarcar aqui fazer uma breve visita.

Uma das particularidades desta cidade é o facto de basicamente ser banhada metade pelo mediterrâneo e outra pelo oceano Atlântico, numa das minhas idas à praia, eu e um Italiano que estava no mesmo Hostel, fomos para a parte do atlântico, e num cruzamento tínhamos as placas com as indicações da separação deste com o Mediterrâneo.

 

old Medina, Tânger

 

muralha de Tânger

 

Apesar de não ser uma pérola, a cidade de Tânger é simpática, e dado o meu objetivo de apenas aproveitar uns últimos dias de praia, acho que pode ser uma boa aposta, além de barata, podem sentir algum contacto com a cultura Marroquina e aproveitar a praia e bom tempo; a melhor recordação que tenho daqui é uma bela “sardinhada”, nessa vez que com o colega de Hostel, nos aventuramos num táxi partilhado, até a uma praia na zona do Atlântico, próximo do cabo Espartel (onde basicamente o Atlântico se encontra com o mediterrâneo), apesar de o almoço ser numas cadeiras de plástico no meio de terra batida, num restaurante improvisado, junto da estrada, do outro lado da praia, foram das melhores sardinhas que já comi, pois eram frescas, não fosse esta uma zona de mar; acima de tudo são estas experiências únicas que tornam cada viagem única e uma paixão tão grande.

 

praia pública em Tânger

 

restaurante em Tânger

 

Fiquei na zona de Old Medina, ou seja no centro histórico de Tânger, num Hostel muito agradável, com uma construção típica, confortável e um terraço muito bom que tinha uma vista sobre o porto da cidade, infelizmente pelo que pesquisei já fechou, mas há muita oferta de Hostels e Hotéis em Old Medina (au junto desta).

Old Medina é muito característico, com ruelas apertadas, pequenas lojas e casas, faz lembrar as aldeias do interior, mesmo que não fiquem aqui percam um tempinho para se “perderem” neste labirinto de ruelas, temos inclusivamente algumas partes em que temos as casas todas pintadas de azul, parece uma amostra da conhecida cidade de  Chefchaouen.

 

museu Kasbah, Tânger

 

old Medina, Tânger

 

Destaque para alguns pontos de interesse neste centro histórico, o Gran Teatro Cervantes, infelizmente este belo edifício de 1913, que pertenceu a Espanha até 1974, está em estado degradação, mas pelo que li está prevista a sua requalificação; a mesquita Sidi Bouabiid, também junto á zona de Grand Socco (que basicamente é onde se encontra o bazar de Tânger, podemos também ir ao bazar fazer umas compras de produtos locais) esta mesquita merece uma breve visita, a sua torre colorida, é quase um cartão postal da cidade; a igreja de S. André; o jardim Al-Mendoubia; entre outros, o museu Kasbah; o palácio sultano Dar al- Makhzen, que é também o museu de Artes e Antiguidade, data do século XVII.

 

grand teatro Cervantes, Tânger

 

mesquita Sidi Bouabiid, Tânger

 

praça em Grand Socco, Tânger

 

mesquita Sidi Bouabiid, Tânger

 

Num dos pontos altos temos além de uma bela vista para o mar Mediterrâneo em que avistamos o porto que irá ligar este país do norte de África com o continente Europeu, podemos ver os túmulos numa encosta, as tumbas Fenícias, em que nesta encosta de pedra temos “cavados” os túmulos.

 

túmulos na encosta, Tânger

 

Além desta interessante zona histórica, temos aqui próximo ao fundo toda a sua muralha que protege a cidade e ali próximo desta o porto, que traz e leva os Ferrys para Tarifa, ou Algeciras; a praia pública, embora não sendo a melhor, temos sempre praia para poder descansar ao sol e refrescar; também já afastado do centro histórico temos uma das principais mesquitas da cidade, a mesquita Mohammed V.

 

porto de Tânger

 

Para visitarem melhores praias  e mais alguns locais de destaque, que ficam mais afastados da cidade, podem ir num táxi partilhado, em que negociando antes o valor, o taxista define a rota conforme os destinos de cada um, e leva-nos onde pretendemos; além de melhores praias, quer do lado do atlântico ou do Mediterrâneo; podemos visitar: o cabo Espartel, que basicamente fica em frente ao estreito de Gibraltar; nesta zona temos as grutas de Hércules,  situadas na costa do Atlântico, este belo local arqueológico, tem duas entradas, uma do lado da terra e atravessa até o lado do mar, diz a mitologia que foi aqui que Hércules descansou, quando pretendia roubar as maçãs de ouro; podemos comprar tours com a viagem incluída ou ir de táxi ou bus (fica a cerca de 14 km, da cidade, pelo que demoramos poucos minutos) e pagar diretamente a  entrada no local, recomenda-se visitar pela manhã.

Já mais próximo da cidade, embora também um pouco afastado, podemos visitar a grande Mesquita de Tânger.

 

old Medina, Tânger

 

Pode ser muito interessante ter aqui um bom destino de praia, tendo assim contacto com a cultura Marroquina, ou por exemplo atravessar o estreito, para ir até Espanha, acho que pode ser uma simpática cidade para descobrir.

Viagens Felizes.

 

Tânger

 

Dicas e notas:

Para Tânger temos alguns voos baratos para cidades europeias, eu fui desde Madrid (é a mais próxima e fácil de chegar), mas temos para: Barcelona, Lyon, Nantes, Nice, Milão, Valência, Sevilha, Paris, Marselha, Bruxelas, Dusseldorf e Bordéus, estas mais acessíveis pelas companhias Ryanair, Easyjet e Vueling; a companhia de bandeira de Marrocos é a Royal Air Maroc.

Para ir do aeroporto de Tânger para o centro da cidade, a única maneira é de táxi (gran taxi) e como devem calcular não são propriamente novos, muito menos confortáveis, negociem antes de entrar, pois apesar de o preços tabelados (para a parte antiga eram cerca de 10€), os motoristas tentam sempre cobrar algo mais e que os preços, dizendo que esses já não estão atualizados. A viagem demora cerca de 20  minutos, fica a cerca de 11km da cidade.

Temos voos diretos do Porto para Marraquexe, pela Ryanair, apesar de não tão acessíveis também temos esta e outras pela TAP e Royal Air Maroc, para outros destinos em Marrocos. Rabat fica próximo de Tânger, cerca de 1h e meia de comboio, ou 4 h de bus.

Outra forma de chegar a Tânger é de barco, que vai para Tarifa, ou para Algeciras na zona de Andaluzia em Espanha, os preços são entre os 340 Dh, ou 400Dh,(entre 32 e 37€), a viagem dura cerca de 1h;  algumas das companhias são a Inter Shipping e a FRS Iberia ou Balearia podem fazer uma consulta geral de todas no site agregador Direct Ferries.

 

Porto de pesca- Tânger

 

Os cidadãos Portugueses não necessitam de visto, mas é necessário Passaporte; apesar de a língua ser o Árabe, o Francês é a segunda língua, em Tânger pelo menos também é comum se falar Espanhol, devido à sua proximidade e as ligações de ferry; o Inglês (pelo menos em Tânger), já é menos comum, mas mesmos assim em locais mais turísticos vai se falando; as indicações em geral têm sempre o Francês, pelo que se torna mais fácil.

A moeda oficial de Marrocos é o Dirham Marroquino (MAD),1€ – 10.5 Dh; o fuso horário é de mais 1h que em Portugal; o indicativo telefónico é: +212 e o domínio de internet é .ma ; os números de emergência são: Policía – 19; Ambulância – 15.

A cidade é minimamente segura, apesar de ser um pouco suja e ser comum pedirem dinheiro na rua, mas podem andar sem problemas, é difícil encontrar bebidas alcoólicas à venda, na parte mais recente da cidade, assemelha-se mais com uma cidade europeia, quer na construção, lojas, inclusivamente shoppings (uma FNAC, um Carrefour) mas eu preferi a Old Medina, penso ser uma experiência mais autêntica.

Nota para existirem muitos falsos guias que nos abordam (e quase perseguem) a saída dos táxis, ou no porto, tentam fazer visitas guiadas, levar a restaurantes em que pagamos mais que a conta e pedem para pagar pelos serviços de guia turístico; apenas recusem, não são agressivos, mas como em todo o lado devem estar atentos.

 

Tânger

 

Site oficial do aeroporto Tânger: Aqui

Site porto de Tânger: Aqui

Site turismo Marrocos (em português): Aqui

 


Reservas (click):

Booking – Alojamento

Get Your Guide– Tours, entrada em monumentos

Bestravel- Promoções de viagem

Rental Cars- Aluguer automóvel

Revolut- Cartão bancário sem taxas

Amazon– Artigos de viagem

Iati- Seguro de Viagem

 

João Almeida

Chamo-me João Almeida, moro em Sintra (Portugal), e sou um AMANTE DE VIAGENS. Uma paixão que existe faz longos anos. A minha missão com esta página é de ajudá-lo a realizar o seu próximo destino! Saiba mais sobre mim e sobre o site.

Segue-nos nas redes sociais:

RESERVA DE HOTÉIS

Booking.com

Categorias

PROMOÇÕES DE VIAGENS

ARTIGOS DE VIAGEM

SEGURO DE VIAGEM

BILHETES PARA ACTIVIDADES

GOOGLE TRANSLATE

GRUPO FACEBOOK AMANTES DE VIAGENS