7 Set

PONTOS TURÍSTICOS EM 45 PAÍSES DA EUROPA

 

PONTOS TURÍSTICOS EM 45 PAÍSES DA EUROPA

 

São diversos os locais pela Europa que poderá partir à descoberta sozinho, com família ou amigos!

Neste artigo vamos dar-lhe a conhecer algumas das principais atrações turísticas pelos 45 países da EUROPA!

 

 

#1 ALBÂNIA

 

CAPITAL: Tirana      

         

PONTOS DE INTERESSE: Castelo medieval de Butrint

 

Albânia é um pequeno país montanhoso da península Balcânica, no sudeste da Europa. Tem uma área total de 28 748 km² e uma população de cerca de três milhões de pessoas. Sua capital é Tirana, também a maior e mais importante cidade do país.

 

Tirana

Tirana- Albânia

 

TIRANA

A capital da Albânia foi fundada por Sulejman Pasha em 1614. Situa-se numa região primitivamente coberta de floresta no sopé de um maciço calcário na extremidade sul de uma planície fértil.

 

Mesquita de Ethem

Considerada a mesquita mais bela da Albânia e onde se encontram algumas das mais bonitas decorações exteriores dos templos muçulmanos do país.

 


Para alojamento, consulte aqui.

Para programas de viagem, consulte aqui.

  

 

#2 ALEMANHA

 

CAPITAL: Berlim

 

PONTOS DE INTERESSE: Castelo de Neuschwanstein na Baviera | Berlim e a ilha dos museus | Catedral de Colónia | Catedral de Aachen | Cidade de Lubeck | Catedral de Santa Maria  em Hildesheim

 

Alemanha é um país localizado na Europa central. É limitado a norte pelo mar do Norte, Dinamarca e pelo mar Báltico, a leste pela Polónia e pela República Checa, a sul pela Áustria e pela Suíça e a oeste pela França, Luxemburgo, Bélgica e Países Baixos. A capital e maior cidade do país é Berlim, localizada no nordeste do território alemão.

 

Reichstag- Berlim- Alemanha

 

– Berlim –

 

Cidade que desempenhou um papel relevante ao longo da história, volta a estar no seu auge, pela vida nas avenidas, nos mercados de arte, lojas, bares e restaurantes. Um local cheio de história que se tornou um mito no século passado.

São diversos os monumentos construídos ao longo de séculos, como sendo, o Castelo de Charlottenbourg, a Catedral de St. Hedwigs, o Palácio do Príncipe Henrique ou a Porta de Brandeburgo. Em princípios do século XX, iniciou-se a construção da Ilha dos Museus, que actualmente é um dos conjuntos museológicos mais importantes do mundo, com o Altes Museum, a Galeria Nacional, o Bodemuseum e o Pergamon Museum.

 

Porta de  Brandenburgo – Actualmente um símbolo de Berlim, foi construída no final do século XVIII. Foi a ponte de divisão das duas Berlins (ocidental e oriental);

Catedral de Brelim (Berliner Dom)- Foi a antiga igreja da família Hohenzollern. São de especial interesse as capelas Baptismal e Nupcial e a Igreja Memorial, com o magnífico sarcófago da família Hohenzollern ;

Palácio de Charlottenburg – Cosntruído com residência de Verão de Sophie Charlotte, mulher do rei Frederico I, e terminado na sua actual forma em 1790;

Reichstag situa-se na margem do rio Spree. Construído entre 1884 e 1895, em estilo renascentista italiano. Um dos marcos mais importantes de Berlim.

 

– Castelo de Neuschwanstein –

O Castelo de Neuschwanstein é um palácio alemão construído na segunda metade do século XIX, perto das cidades de Hohenschwangau e Füssen, no sudoeste da Baviera, próximo da fronteira com a Áustria.

 

Foi construído por Luís II da Baviera no século XIX, inspirado na obra de seu amigo e protegido, o grande compositor Richard Wagner. A arquitectura do castelo possui um estilo fantástico, o qual serviu de inspiração ao “Castelo da Cinderela”, símbolo dos estúdios Disney. É um dos edifícios mais fotografados da Alemanha e um dos mais populares destinos turísticos europeus.

 

 

Para alojamento, consulte aqui.

Para programas de viagem, consulte aqui.

  

#3 ANDORRA

 

CAPITAL: Andorra-a-velha

      

PONTOS DE INTERESSE: Paisagens de montanhas dos pirinéus

 

Andorra- Pas de la Casa

Andorra- Pas de la Casa

 

Andorra oficialmente Principado de Andorra é um pequeno país europeu localizado na cordilheira dos Pirinéus entre o nordeste da Espanha e o sudoeste da França situado a 1800 m de altitude. Antes isolado, o principado é hoje um país próspero principalmente devido ao crescimento do turismo e por seu status de paraíso fiscal. Actualmente, a população andorrana está listada como tendo a maior expectativa de vida do mundo, com média de 83,52 anos (2007). Andorra também é o sexto menor país da Europa, maior apenas que Malta, Liechtenstein, São Marinho, Mónaco e Vaticano. Sua capital é a cidade de Andorra-a-Velha, também conhecida como Andorra la Vella.

 

Para alojamento, consulte aqui.

Para programas de viagem, consulte aqui.

 

#4 AUSTRIA

 

CAPITAL:Viena   

 

PONTOS DE INTERESSE: Palácio Belvedere | Centro histórico de Salzburgo | Palácio e jardins de Schönbrunn | Paisagem de Hallstatt – Dachstein

 

Palácio de Belvedere - Vienna - Austria

Palácio de Belvedere – Viena – Austria

 

Áustria é um país de cerca de 8,3 milhões de habitantes, localizado na Europa Central. É limitada pela Alemanha e República Checa a norte, Eslováquia e Hungria a leste, Eslovénia e Itália a sul, e Suíça e Liechtenstein a oeste.

 

– Viena –

 

Viena, capital da Áustria e da cultura. Situada no coração do continente europeu, e no centro das principais rotas da cultura europeia. Repleta de história, com fachadas de palácios e casas senhoriais magníficas como Schonbrunn e o Belvedere.

Palácio de Schönbrunn – O Palácio e jardins de Schönbrunn foi a residência da família imperial até 1918, constituindo um exemplar excepcional do estilo barroco.

O conjunto arquitectónico formado pelas residências dos imperadores da casa dos Habsburgos (desde o séc.XVII), destaca-se a importante arte decorativa rococó e exótico-tropical além dos seus magníficos jardins.

 

Palácio de Belvedere– um dos mais belos palácios da Áustria de estilo barroco, onde encontra a galeria Austríaca, com colecções de arte dos séculos XIX e XX com obras de Klimt e Schiele, entre outros;

Catedral de Santo Estevão– Catedral Gótica do século XIII com vista magnífica sobre a cidade;

Ringstrasse- magnífica avenida projectada e construída em 1860. Com quatro quilómetros de comprimento, onde se situam a Ópera, os museus de Belas Artes e de História Natural, o Palácio Real, o Parlamento, o Teatro Nacional, a Câmara Municipal e a Universidade;

Museu de Belas Artes – uma das maiores colecções de pinturas do mundo datadas do século XVI e XVII Destacam-se especialmente Rubens e Brueghel;

Museu de História Natural– Exposições que vão desde borboletas até dinossauros, plantas até minerais preciosos;

 

– Salzburgo –   

A cidade de Salzburgo, conhecido como o Berço de Mozart, é famosa pelos numerosos festivais de música, e tem diversos pontos culturais e históricos de grande interesse. Entre os monumentos mais importantes da cidade, destacamos a Fortaleza Hohensalzburg, a Casa de Mozart (Getreindegasse) e os palácios de Mirabell e Hellbrunn, os Mosteiros de São Pedro e Nonnberg, a Catedral (consagrada em 1628) e o centro histórico da cidade com inúmeros edifícios em estilo barroco ou gótico.

 

Paisagem de Hallstatt-  Dachstein

 Hallstatt deve o seu nome às suas minas de sal que marcaram o desenvolvimento da região. Pelo seu valor paleontológico, arqueológico e histórico foi incorporado na lista da Organization of World Heritage Cities.

Toda a região da Alta Áustria é de inconfundível beleza, destacando-se as paisagens de montanha e as casas tipicamente alpinas.

 


 

Para alojamento, consulte aqui.

Para programas de viagem, consulte aqui.

 

 

#5 CHIPRE

 

CAPITAL: Nicosia     

         

PONTOS DE INTERESSE: Montanhas de Kyrenia

 

Catedral de Santa Sofia – Nicósia

 

Chipre é uma ilha situada no mar Mediterrâneo oriental ao sul da Turquia, cujo território é o mais próximo, seguindo-se a Síria e o Líbano, a leste. Nicósia, a capital de Chipre, é a última capital dividida por um muro em todo mundo.

 

Nicósia

Nicósia é capital e maior cidade do país. Fica perto do centro da ilha e encontra-se dividida desde que a ilha foi partilhada em zonas grega e turca, a seguir à invasão turca do Norte do Chipre em 1974-75. As indústrias locais incluem calçado, têxteis, artigos de couro, cigarros e turismo.

O centro antigo da cidade, a Catedral de Santa Sofia ou o Museu de Chipre são algumas das atracções turísticas.

 

Igrejas de Troodos

 Localizado a oeste da ilha, a região de Troodos alberga uma grande concentração de igrejas bizantinas decoradas com frescos.

As pinturas a fresco das igrejas aparecem devido à reconquista dos bizantinos, em 965, depois de uma ocupação muçulmana que durou três séculos. O conjunto faz parte da lista de monumentos do World Heritage.

A Igreja de São Nicolau do Tecto é a mais antiga de Troodos. Apresenta paredes com o tecto em abóbada que está coberta por frescos de distintas épocas, constituindo um mostruário cronológico da pintura bizantina cipriota.

 


 

Para alojamento, consulte aqui.

Para programas de viagem, consulte aqui.

 

 

#6 BÉLGICA

 

CAPITAL: Bruxelas           

 

PONTOS DE INTERESSE: Bruges | A grande praça de Bruxelas | Antuérpia | Atalaias flamengas

 

 Bélgica é um país situado na Europa ocidental. A Bélgica tem uma área de 30.510 km², distribuídos por três regiões físicas principais: a planície costeira  (localizada a noroeste), o planalto central e as elevações das Ardenas  (situadas a sudeste), e uma população de cerca de 10,7 milhões de habitantes.

 

Bruges

Bruges- Bélgica

 

Praça Maior (Markt) – Bruges

Local que data do início do séc. XVIII, embelezado por edifícios de uma bela arquitectura. Veja no local o exemplo das Guildhuis, a Maison du Roi ou o Hotel deVille.

 

Grand’Place – Bruxelas

Um dos cartões-de-visita da Bélgica. Delimitado por um conjunto de prédios, apresenta quatro estilos arquitectónicos: gótico, barroco, neogótico e clássico. Na sua maioria, remontam a finais do século XVII, como a Câmara e a Maison du Roi. Na sua arquitectura, estes edifícios captam e ilustram a qualidade social e cultural deste importante centro político e comercial.

Próximo da praça encontra a famosa estátua de Manneke-Pis, do menino na fonte de água.

 

Catedral – Antuérpia

É a mais importante Catedral da Bélgica. Presente no seu interior, algumas das telas mais conhecidas do pintor Rubens, a mais ilustre figura de Antuérpia.

 

 

Para alojamento, consulte aqui.

Para programas de viagem, consulte aqui.

 

 

#7 BIELORÚSSIA

 

CAPITAL: Minsk

 

PONTOS DE INTERESSE: Castelo de Mir

 

Bielorrússia é um país sem saída para o mar localizado na Europa do Leste, que faz fronteira com a Rússia a nordeste, com a Ucrânia, ao sul, com a Polónia a oeste, e com a Lituânia e Letónia a noroeste. Sua capital é Minsk, e outras de suas principais cidades são Brest, Grodno (Hrodna), Gomel (Homiel), Mogilev (Mahilyow) e Vitebsk (Viciebsk).

 

Minsk

Minsk- Bielorússia

 

Minsk 

Capital da Bielorrússia e importante polo industrial, aproximadamente a 260 Km da fronteira com a Polónia. Fundada em 1067 com o nome de Menesk, tornou-se parte integrante da Lituânia em 1326, tendo sido posteriormente cedida à Polónia e mais tarde, em 1793, à Rússia. Em 1939, 40% da população eram judeus, mas quase todos foram mortos em campos de concentração durante a II Guerra Mundial. A partir de 1945, diversas fábricas de diferentes produtos surgiram na cidade que levaram ao seu desenvolvimento.

 

Castelo de Mir

O Complexo do Castelo de Mir (em bielorruso, Мірскі замак) é um Patrimônio da Humanidade da UNESCO na Bielorrússia, na cidade de Mir no distrito de Karelichy na província de Goradnia.

A construção do castelo começou em finais do século XV, em estilo gótico. A construção do castelo foi acabada pelo duque Ilínich a princípios do século XVI próximo do povoado de Mir.

 

 

Para alojamento, consulte aqui.

Para programas de viagem, consulte aqui.

 

 

#8 BÓSNIA E HERZEGOVINA

 

CAPITAL: Sarajevo      

     

PONTOS DE INTERESSE: Stari Most, a “velha ponte” de Mostar

 

Bósnia e Herzegovina é uma república federal dos Balcãs, resultante da dissolução da Jugoslávia, limitada a norte e oeste pela Croácia, a leste e a sul pela Sérvia, e a sul pelo Montenegro, dispondo ainda de uma minúscula extensão de litoral, no mar Adriático. Sua capital é a cidade de Sarajevo.

 

Sarajevo

Sarajevo- Bósnia

 

Stari Most

Stari Most ou conhecida como “Ponte Velha” é uma ponte do século XVI na cidade de Mostar, Bósnia e Herzegovina, que cruza o rio Neretva e liga as duas partes da cidade. A Ponte Velha permaneceu firme por 427 anos, até ser destruída em 1993, na Guerra da Bósnia. Logo depois, um projecto foi feito a fim de reconstruí-la, sendo a ponte reaberta em 2004.

 

Sarajevo

Capital da Bósnia-Herzegovina, situada nas margens do rio Miljacka. A cidade tem diversas mesquitas, e o velho bairro turco, situado abaixo da cidadela, encerra alguns dos mais belos espécimes de arquitectura otomana. As montanhas de Bjelasnica nas proximidades têm magnificas condições para a prática de Ski.

 

 

Para alojamento, consulte aqui.

Para programas de viagem, consulte aqui.

 

 

#9 BULGÁRIA

 

CAPITAL: Sófia  

 

PONTOS DE INTERESSE: Catedral Alexander Nevsky em Sófia | Igrejas rupestres de Ivanovo

 

Bulgária é um país dos Balcãs, limitado a norte pela Roménia, a leste pelo Mar Negro, a sul pela Turquia e pela Grécia e a oeste pela Macedónia e pela Sérvia. Sua capital é Sófia.

 

Catedral de Alexander Nevsky - Sófia

Catedral de Alexander Nevsky – Sófia

 

Sófia

Capital da Bulgária e da província de Sófia. Situada junto ao caminho-de-ferro e no cruzamento viário Belgrado-Istambul e Bucareste-Skopje, é o principal centro de transporte do país.

Possui um teatro de ópera, um museu de arte nacional no antigo palácio real e diversos outros museus, uma catedral do século XIX e uma universidade. A cidade é famosa pelas suas fontes termais.

 

Igrejas rupestres de Ivanovo

Conjunto formado por igrejas, capelas, celas e mosteiros, talhadas na rocha ao longo de cerca de 5km, seguindo o curso do rio Roussenski Lom e próximo da localidade medieval de Tchervan e da cidade de Veliko Tarnovo, a Capital do segundo Estado Búlgaro. Cinco destas igrejas remontam aos séculos XIII e XIV e apresentam uma rica decoração de frescos.

 

 

Para alojamento, consulte aqui.

Para programas de viagem, consulte aqui.

 

 

#10 REPÚBLICA CHECA

 

CAPITAL: Praga

 

PONTOS DE INTERESSE: Cidade de Cesky Krumlov | Castelo de Litomysl | Centro histórico de Praga

 

Praga- República Checa

 

– Praga –

A cidade de Praga é um verdadeiro museu urbano. A sua monumentalidade está representada nas esculturas da Ponte Carlos, nos molhes de Kampa, na Praça de Carlos, com a Igreja de Santo Inácio, na Praça da Cidade Velha, na Igreja de São Nicolau, na Câmara da Cidade Nova e na Cidade Velha, na Catedral de São Vito ou no Castelo Real, símbolo do poder político durante séculos.

 

Castelo de Praga – O castelo de Praga encontra-se na Colina Hradcany, local onde foi fundada a cidade, que domina a capital na margem esquerda (ocidental) de Vltava. Foi fundado no século IX e actualmente serve como a residência presidencial, antigamente habitado pelos reis da Boêmia. No seu interior encontra-se Catedral de S. Vito, Palácio Real do Castelo de Praga, Torre Dalibor, Convento de São Jorge, e a Viela Dourada. O Castelo de Praga ocupa uma área superior a 72,5 mil m². Por causa disso é considerado, conforme o Guinness World Records Book, o maior castelo do mundo.

Ponte Carlos – Considerada uma das mais belas pontes do mundo, é a ponte mais velha de Praga, e atravessa o rio Moldava da Cidade Velha até a Cidade Pequena.

Catedral de São Vito – De estilo gótico francês, a Catedral foi iniciada em 1344, por Carlos IV, e finalizada em 1929. Possui uma capela do século XIV, que acolhe o túmulo de São Venceslau, difusor do cristianismo na Europa Central.

Praça Venceslau – Praça histórica situada na parte da Cidade Velha bem no centro de Praga. Nela é possível encontrar prédios em vários estilos arquitectónicos, como a Catedral Týn, de estilo gótico, e a igreja de São Nicolau, em estilo barroco.

 

 – Cidade de Cesky Krumlov –

Cidade no sul na República Checa, registada na lista da UNESCO como Património da Humanidade. Encontra-se localizada na região da Boémia do Sul e, é a capital antiga da região de Rosenberg, a nobreza mais rica e influente do país. A construção da cidade e o seu Castelo começou no Século XIII.

A cidade apresenta casas com arquitectura medieval gótica, renascentista, e barroca, entre as quais se destaca o teatro barroco do castelo, integramente conservado até nossos dias sem nenhum tipo de reconstrução.

 

Para alojamento, consulte aqui.

Para programas de viagem, consulte aqui.

 

#11 CROÁCIA

 

CAPITAL: Zagreb

 

PONTOS DE INTERESSE: Dubrovnik | Parque nacional dos lagos de Plitvice

 

Croácia é um país europeu que limita ao norte com a Eslovénia e Hungria, a nordeste com a Sérvia, a leste com a Bósnia e Herzegovina e ao sul com Montenegro. É banhado a oeste pelo mar Adriático e possui uma fronteira marítima com a Itália, no golfo de Trieste.

 

Zagreb

Zagreb- Croácia

 

Dubrovnik

Conhecida como a “Pérola do Adriático”, Dubrovnik tem o seu centro reconhecido como Património da Humanidade pela UNESCO.

Cidade com mil anos de tradição, um tesouro medieval, uma cidade com grande riqueza cultural e monumentos históricos que foram edificados ao longo da sua existência milenar.

 

Zagreb

Zagreb é o resultado do desenvolvimento e da união posterior de duas aldeias medievais que eram cercadas por muralhas imponentes e torres, e cuja beleza pode ainda admirar como alguns destes edifícios são preservados em perfeitas condições.

A cidade tem diversos museus, galerias de arte, parques e monumentos. A Catedral e as muralhas do forte do séc.XVI são os seus pontos principais de interesse.

 

Parque nacional dos lagos de Plitvice

No centro do país, próximo da fronteira com a Bósnia-Herzegovina encontra o parque nacional dos lagos de Plitvice. No parque existem cerca de vinte lagos, onde as represas naturais deram lugar a inúmeras grutas e cascatas.

 

Para alojamento, consulte aqui.

Para programas de viagem, consulte aqui.

 

 

#12 DINAMARCA

 

CAPITAL: Copenhaga   

   

PONTOS DE INTERESSE: Porto de Copenhaga | Túmulos, pedras rúnicas e igreja de Jelling

 

Dinamarca é um país nórdico da Europa setentrional e membro sénior do Reino da Dinamarca. É o mais meridional dos países nórdicos, a sudoeste da Suécia e ao sul da Noruega, delimitado no sul pela Alemanha. As fronteiras da Dinamarca estão no Mar Báltico e no Mar do Norte.

 

Copenhaga – Dinamarca

 

– Copenhaga –

 

São diversos os locais de interesse a visitar na cidade, O castelo de Roserborg, as catedrais de Copenhaga, o edifício da Bolsa, o Jardim Botânico, a Torre do Parlamento, a Igreja Alexksander Nevski, a zona comercial de Stroget, entre outros locais que destacamos:

 

Praça Amalienborg – É um belo conjunto arquitectónico, composto por quatro palácios do século XVIII.


Slotsholmen –
Conjunto de edifícios constituindo o centro histórico da cidade. Esta zona é ladeada por canais.

Kongens Nytorv – É o centro aristocrata de Copenhaga. Aqui se encontram os cafés célebres, as grandes lojas, o Hotel Inglaterra, o Teatro Real, o Palácio Charlottenborg um dos edifícios barrocos mais importantes da cidade.

 

Pequena Sereia – É o símbolo da cidade. Está omnipresente em todos os postais. Instalada em cima de um rochedo, foi esculpida no princípio do século por Edward Eriksen.

 

– Recifes de calcário na ilha de Mon –

Mon é uma ilha no sudeste da Dinamarca considerado um dos destinos mais populares da Dinamarca para os turistas.

Mon é conhecida por sua beleza natural de falésias de cor branca, praias, igrejas decorados com frescos da Idade da Pedra e da Idade do Bronze, antas e monumentos.

 

 

Para alojamento, consulte aqui.

Para programas de viagem, consulte aqui.

 

 

#13 ESLOVÁQUIA

 

CAPITAL: Bratislava       

 

PONTOS DE INTERESSE: Castelo de Becove e de Bojnice | Castelo de Spisky Shrad e monumentos culturais

 

Eslováquia é um país na Europa Central. É limitado pela República Checa e pela Áustria a oeste, pela Polónia ao norte, pela Ucrânia ao leste e Hungria ao sul.

A Eslováquia é o único país da Europa cuja capital faz parte da fronteira com dois outros países, neste caso a Áustria e a Hungria.

 

Bratislava

Bratislava- Eslováquia

 

Bratislava

O castelo de Bratislava foi a última residência dos reis da Hungria.

 

Castelo de Spisky Shrad

No centro do país, o castelo de Spinsky Shrad é um dos maiores conjuntos de edifícios militares, políticos e religiosos dos séculos XII-XIV, com uma arquitectura românica e gótica notável e que faz parte da lista do World Heritage.

 

 

Para alojamento, consulte aqui.

Para programas de viagem, consulte aqui.

 

 

#14 ESLOVÉNIA

 

CAPITAL: Liubliana     

    

PONTOS DE INTERESSE: Cidade antiga de Liubliana

 

Eslovénia é um pequeno país do Leste Europeu, limitado a norte pela Áustria, a leste pela Hungria, a leste e a sul pela Croácia e a oeste pela Itália e pelo mar Adriático. O país está localizado no encontro de quatro grandes regiões europeias: a região dos Alpes, a dinárica, a panónica e a mediterrânica.

 

Liubliana

Liubliana- Eslovénia

 

LIUBLIANA 

Franciskanska Cerkev – É um dos símbolos da cidade. Uma fantástica igreja franciscana do século XVII.

Lljubljanski Grad- Castelo da cidade, num morro que oferece uma vista panorâmica da cidade.

Stolnica Sveti Nikolaja – Catedral de St. Nicolas, construída no início do século XVIII.

Magistrat – Tem uma fachada que remonta ao século XVIII. Nas suas paredes estão desenhadas as muitas histórias das batalhas da cidade.

Tromostovje – Monumental estrutura de três pontes que atravessa o rio Liubianica desde Presernov até à parte antiga da cidade.

Muzej  Novejse Zgodovine – Museu da  história moderna da Eslovénia.

 

 

Para alojamento, consulte aqui.

Para programas de viagem, consulte aqui.

 

 

#15 ESPANHA

 

CAPITAL: Madrid

PONTOS DE INTERESSE: Madrid | Barcelona | Sevilha | Córdoba | Salamanca | Alhambra | Catedral de Burgos | Astúrias | Santiago de Compostela | Ávila | Teruel | Cáceres | Montserrat | Cuenca

 

Espanha é um país situado na Europa meridional, na Península Ibérica. Os limites físicos da Espanha são os seguintes: Portugal e o Oceano Atlântico a oeste; o Mar Mediterrâneo a leste, o Estreito de Gibraltar, Mar Mediterrâneo e Oceano Atlântico a sul; os Pirenéus a nordeste e o Golfo da Biscaia e o Mar Cantábrico a norte.

 

Espanha

Barcelona- Espanha

 

Madrid

Capital de Espanha, Madrid teve origem nos tempos muçulmanos do séc. IX. O que ainda hoje está presente do passado mais antigo são construções barrocas e neoclássicas dos séc. XVII e XVIII, como a Plaza Mayor, o Palácio Real, entre outras. Cidade cosmopolita, de avenidas largas alinhadas com grandes praças verdes circulares e majestosos edifícios.

 

Barcelona

O valor da obra do arquitecto Antoni Gaudí, expoente máximo do modernismo catalão, está patente no Palácio e Parque Guell ou na Casa Milá.

Sagrada Família – É uma das muitas marcas deixadas pelo célebre arquitecto Gaudí. A sua construção teve início em 1883.

 

Sevilha

A referência maior monumental de Sevilha, são a Catedral, com a Torre de Giralda (98 m de altura) e o Pátio das Laranjeiras; o palácio-fortaleza do Alcázar (século VIII) e a antiga Lonja, convertida no Arquivo das Índias.

 

Córdoba

No sul do país, encontra em Córdoba um conjunto monumental que gira em torno da Mesquita árabe do século VIII. Cinco séculos de história de domínio muçulmano deixaram em Córdova um esplêndido local repleto de monumentos e interesse histórico.

Na Mesquita construída em 784, apresenta diferenças notáveis em relação os modelos orientais.

 

Alhandra

Granada no Sul do país, tem lugares de grande interesse cultural e histórico. A Alhambra (o culminar extraordinário da arquitectura mourisca) situa-se no topo de uma colina que domina a cidade de Granada.

O Alcázar (século XIII) e o Palácio de Carlos V formam um amplo conjunto fortificado no exterior e contam com aposentos e pátios sumptuosamente decorados no interior. A Alcazaba é a zona mais antiga do complexo. São célebres pelo seu esplendor o Pátio das Murtas e o Pátio dos Leões. A Torre de Comares alberga a Sala do Trono ou dos Embaixadores, a maior de toda Alhambra.

 

Alojamento em Madrid

Palácio Real- Madrid

 

Burgos

A norte de Madrid, em Burgos, a Catedral é um compêndio da arte gótica. Mandada construir, em 1211, por Fernando III, nela destacam-se a Capela do Condestável, os vitrais, a Torre Lanterna e o Coro.

 

Santiago de Compostela

O conjunto patrimonial concentra-se em torno das imediações da Plaza del Obradoiro e da Catedral, que tem a sua fachada principal. Também se incluem a Colegiata de Santa Maria del  Sar, o  Palácio Episcopal de Diego Gelmírez, a Hospedagem dos Reis Católicos, o Colégio de San Jerónimo e o Palácio de Raxoi.

 

Ilhas Canárias

La Palma | La Gomera | El Hierro | Tenerife | Gran Canária | Fuertventura | Lanzarote

Em pleno Oceano Atlântico, o clima das Canárias registam suaves temperaturas, que variam entre os 18ºC e os 21ºC, sofrendo apenas pequenas variações ao longo do ano. De Setembro a Março faz algum frio. De Abril a Agosto é a melhor época para visitar as ilhas, quando encontra temperaturas mais elevadas.

 

Ilhas Baleares

Ibiza | Formentera | Maiorca | Menorca | Cabrera

No Mar Mediterrâneo situam-se as ilhas Baleares. O clima é seco e as temperaturas são altas durante o período de Abril a Agosto. De Setembro a Março não é aconselhado para praia, pois poderá fazer algum frio.

 

Para alojamento, consulte aqui.

Para programas de viagem, consulte aqui.

 

 

#16 ESTÓNIA

 

CAPITAL: Tallín

 

PONTOS DE INTERESSE: Cidade medieval de Tallin

 

A Estónia é um dos três países bálticos, situado na Europa Setentrional, constituído por uma porção continental e um grande arquipélago no mar Báltico. Limita-se ao norte com o golfo da Finlândia que o separa da Finlândia, a leste limita-se com a Rússia, ao sul com a Letónia e a oeste com o mar Báltico, que o separa da Suécia.

A maior cidade da Estónia, e também capital, é Tallin, onde reside 1/3 da população.

 

Talin-Estónia

Talin-Estónia

 

Tallin

Conheça a famosa cidadela medieval de Tallin, património mundial da UNESCO. Porto do mar Báltico e capital da Estónia, situado no golfo da Finlândia, chamava-se outrora Revel. Tendo começado por ser uma feitoria fortificada do século X, foi conquistada pelos Dinamarqueses em 1219. Mais tarde foi ocupada pelos Alemães, pelos Suecos e, entre 1710 e 1918 pelos Russos. Conserva uma muralha da cidade medieval, uma catedral do século XIII e as ruínas de uma cidadela dos séculos XIII-XVI.

 

 

Para alojamento, consulte aqui.

Para programas de viagem, consulte aqui.

 

#17 FINLÂNDIA

 

CAPITAL: Helsinquia      

 

PONTOS DE INTERESSE: Lapónia e o “sol da meia-noite” | Fortaleza de Suomenlinna | Catedral de Helsinquia

 

Finlândia é um país nórdico situado na região da Fino-Escandinávia, no norte da Europa. Faz fronteira com a Suécia a oeste, com a Rússia a leste e com a Noruega ao norte, enquanto a Estónia está ao sul através do Golfo da Finlândia. A capital do país é Helsinquia.

 

Catedral de Helsínquia

Catedral de Helsínquia- Finlândia

 

Lapónia (Rovaniemi)

Rovaniemi é a capital da Lapónia e está localizada a oito quilómetros do Círculo Polar Árctico.

Visite o Artikum, uma espécie de museu e centro cientifico dedicado à vida no Árctico.

Para além do Círculo Polar Árctico, a Norte, não há pôr-do-sol durante 73 dias no Verão, fenómeno que origina o sol da meia-noite. Aqui o astro permanece abaixo da linha do horizonte durante 51 dias.

A oito quilómetros a norte de Rovaniemi, no sentido de Ivalo, vai encontrar a famosa aldeia do Pai Natal, aberta ao público durante todo o ano.

No Inverno, existem diversas actividades em Rovaniemi: um cruzeiro num quebra-gelo; uma visita a um castelo de neve na cidade de Kemi; dormir num iglo de neve ou conduzir um trenón puxado por renas ou huskies são algumas das actividades possíveis.

De Janeiro a Fevereiro as temperaturas podem atingir os 20 graus negativos.

 

Helsínquia

Capital da Finlândia, é o maior porto e centro industrial. Além dos edifícios neoclássicos do centro da cidade, existem muitos outros atraentes edifícios públicos, entre os quais a catedral neoclássica, a estação dos caminhos-de-ferro, o edifício do Parlamento, o Estádio Olímpico e o Palácio de Congressos.

Helsínquia possui a maior universidade do país, fundada como universidade técnica em 1849, e muitos museus e galerias.

 

Para alojamento, consulte aqui.

Para programas de viagem, consulte aqui.

 

 

#18 FRANÇA

 

CAPITAL: Paris

 

PONTOS DE INTERESSE: Palácio de Versailles | Paris | Catedral de Chartres | Monte Saint-Michel | Palácio de Fontainnebleau | Catedral, Abadia e Palácio de Reims

 

França é um país localizado na Europa Ocidental, com várias ilhas e territórios ultramarinos noutros continentes. A França Metropolitana estende-se do Mediterrâneo ao Canal da Mancha e Mar do Norte, e do Rio Reno ao Oceano Atlântico. É muitas vezes referida como L’Hexagone (“O Hexágono”) por causa da forma geométrica do seu território e partilha fronteiras com a Bélgica e Luxemburgo a norte; Alemanha a nordeste; Suíça e Itália a leste; Espanha ao sul e com as micronações de Mónaco e Andorra.

 

Dicas dos membros AMANTES DE VIAGENS

Torre Eiffel- Paris- França

 

– Paris –

Arco do Triunfo

Situado no alto dos Champs Elysées em memória da Grande Armée (monumento ao soldado desconhecido). Este é considerado, por muitos, o coração da cidade parisiense, devido à sua localização geográfica.

Catedral de Notre Dame – Obra de arte gótica, construída entre os séculos XII e XIV. Um dos pontos recomendados é subir os 387 degraus até à torre de onde poderá disfrutar da paisagem panorâmica da cidade.

Torre Eiffel – Símbolo de Paris com 320 metros de altura, foi construída em 1889 pensada por Gustavo Eiffel.

Basílica de Sacré Cour- Fabulosa vista sobre Paris.

Champs Elysées – A avenida mais famosa e bonita do mundo.

Museu do Louvre – Um dos mais célebres museus do mundo. Foi construído no século XII como fortaleza defensiva. Posteriormente transformado em residência real. A famosa pirâmide, foi mandada construir em 1984 por Mitterrand.

Colecções reais, em particular, a de pintura renascentista italiana de Francisco I e a de pintura francesa do século XVII, reunida por Luís XIV são a base principal do museu.

As três jóias do museu são a Vénus de Milo, a Vitória de Samotrácia e a Gioconda.

Centro George-Pompidou- Alberga um extenso fundo de arte contemporânea.

 

Disneyland Paris  

Composto pelo Parque Disneyland e o Parque Walt Disney Studios, é um dos maiores parques de diversão do mundo. A época ideal para visitar a Disneyland vai de Abril a Junho em que a temperatura é moderada e não encontra muitos visitantes.

 

Paris- França

Disneyland Paris- França

 

Palácio de Versalhes – Versalhes

Em 1669, o arquitecto Louis LeVau foi incumbido de construir o maior palácio da Europa. Além de drenar os enormes pântanos, terraplanou as terras em seu redor.

Do Palácio e parque de Versalhes, destacam-se: a Place d’ Armes, a Galeria da História, a Galeria das Batalhas, a Capela e a Ópera. A residência monarca, onde se sobressai o Salão de Hércules, o Grande Apartamento e o Salão de Espelhos. Por outro lado, os extensos e belos jardins, com arruamentos, fontes e lagos e canais.

 

Monte Saint-Michel

A abadia benedita de Saint- Michel, submetida às grandes amplitudes das marés do Canal da Mancha, é uma jóia do estilo gótico edificada entre os séculos XI e XVI.

A sua construção exigiu um profundo conhecimento técnico e a superação de inúmeros problemas que se levantavam devido à sua localização amuralhada num monte que com a maré alta se converte em ilha.

 

Megève/ Chamonix

Umas das melhores estâncias de ski de França. Excelente localização, o que lhe permite ter vários dias de sol durante todo o ano. Para a prática dos desportos de Inverno, a melhor época é de Dezembro a Março.

 

Para alojamento, consulte aqui.

Para programas de viagem, consulte aqui.

 

                                               

#19 GRÉCIA

 

CAPITAL: Atenas       

        

PONTOS DE INTERESSE: Santorini | Mykonos | Acrópole de Atenas | Sítio arqueológico de Delfos | Mosteiros de Meteoros | Monumentos paleocristãos e bizantinos de Salónica |  Cidade medieval de Rodes

 

Grécia é um país localizado no sul da Europa. De acordo com dados do censo de 2011, a população grega é de cerca de 11 milhões de pessoas. Atenas é a capital e a maior cidade do país.

 

Grécia

Santorini- Grécia

 

Mykonos

O arquipélago mais visitado é o das Ilhas Cíclades: Mykonos e Santorini, ricas em popularidade. A ilha de Mykonos encanta pelos seus moinhos do vento.

 

Santorini

Santorini deixa os turistas atordoados com a beleza do seu pôr-do-sol.

 

Creta

Creta é a maior ilha da Grécia, e a quinta maior do Mar Mediterrâneo. Aqui, o visitante pode admirar vestígios de civilizações antigas, explorar praias, paisagens de montanhas impressionantes, vales férteis e desfiladeiros íngremes.

 

Atenas

Visitar Atenas, é conhecer e sua Acrópole, local de visita obrigatória. Atenas foi berço da civilização Ocidental e deu origem à Democracia.

A Acrópole forma no seu conjunto o mais antigo monumento ocidental. O nome significa “Cidade no Alto”. A Acrópole é visível praticamente de toda a cidade. Foi, desde a fundação da cidade, o ponto central da vida ateniense. Nele se condensa toda a história da Grécia clássica que atingiu o apogeu no século V a.C com Péricles.

 

Mosteiros de Meteoros – Os vários complexos monacais situam-se no alto dos cumes rochosos de altitude considerável, alguns deles em locais quase inacessíveis. Habitados desde o século XII por anacoretas e monges, era necessário escalar para chegar ao topo e o acesso só era possível através de escadas de mão e monta-cargas rudimentares.

 

Cidade medieval de Rodes – A cidade de Rodes, incluída na lista do Organization of World Heritage Sities, constitui um legado histórico e cultural de grande importância para entender as relações de poder e as influências que determinaram os últimos séculos de existência do Império Bizantino, com conjuntos monumentais góticos, e de influências cristãs e turcas.

 

Para alojamento, consulte aqui.

Para programas de viagem, consulte aqui.

 

 

#20 HUNGRIA

 

CAPITAL: Budapeste

       

PONTOS DE INTERESSE: Lagos Balaton | Budapeste | Margens do rio Danúbio | Bairro do castelo de Buda | Grutas de Aggtelek e Karst eslovaco

 

Hungria é um país localizado na Europa Central, especificamente na Bacia dos Cárpatos. Faz fronteira com a Eslováquia ao norte, Roménia ao leste, Sérvia ao sul, Croácia a sudoeste, Eslovénia a oeste, Áustria a noroeste e Ucrânia a nordeste. A capital do país é a cidade de Budapeste.

 

Budapest - Hungary

Parlamento de Budapeste – Hungria

 

Budapeste

Budapeste está situada no extremo Leste da Europa, e foi a parte mais inconformada nascida da queda do Império Austro- Húngaro. A cidade possui um extraordinário legado histórico e arquitectónico, desde as ruínas da cidade romana de Aquincum até ao Castelo de Buda.

A cidade encontra-se dividida em duas povoações, por sua vez separadas pelo Danúbio, Buda e Peste. Destacam-se o Castelo, o Palácio Real (construído no século XIII pelo rei Bela IV para proteger a cidade das incursões mongóis), o Parlamento (edifício neogótico, construído entre 1884 e 1902), o Parque da Cidadela, a ilha de Santa Margarida, Hosok Tere, em geral, toda a margem de Buda sobre o rio.

 

Para alojamento, consulte aqui.

Para programas de viagem, consulte aqui.

 

 

#21 IRLANDA

 

CAPITAL: Dublin   

            

PONTOS DE INTERESSE: Circuito Ring of Kerry (sudoeste da ilha) | Conjunto arqueológico do Vale do Boyne

 

A ilha da Irlanda tem uma extensão de mais 84 421 km², dos quais cinco sextos pertencem à República, constituindo o restante a Irlanda do Norte. É banhada a oeste pelo oceano Atlântico, a nordeste pelo canal do Norte, a leste pelo mar da Irlanda e a sudeste e sul pelo canal de São Jorge e pelo mar Céltico. As cidades principais são a capital, Dublin, na costa oriental, Cork no sul, Galway e Limerick na costa ocidental e Waterford na costa sueste.

 

Catedral de Dublin

Catedral de Dublin- Irlanda

 

Catedral de St. Patrick – A maior Catedral da Irlanda com 43 metros de altura, foi fundada em 1191.

 

Colégio Trinity – Universidade em Dublin, fundada em 1592 pela Rainha Isabel I do Reino Unido, no local onde se situava um antigo mosteiro agostiniano. É a única faculdade constituinte da Universidade de Dublin, a mais antiga da Irlanda, com quem forma a instituição educacional de maior prestígio no país.

 

Vale de Boyne

O Vale de Boyne tem diversos vestígios ao longo da história da Irlanda, destacando-se a importância dos sepulcros da galeria de Bru na Boinne. Este conjunto arqueológico constitui a mais importante manifestação de arte megalítica pré-histórica na Europa, dada a concentração de monumentos com funções sociais, económicas e funerárias. Está incluído na lista do World Heritage.

 

Killarney (O Anel de Kerry)

Visite a casa de Muckross datada do século XIX situada perto do Lago Muckross rodeada de preciosos jardins. O centro do parque está ocupado pela antiga propriedade de Muckross cedida ao estado em 1932. Percorra ao Anel de Kerry subindo pelas montanhas mais altas da Irlanda Macgillycuddy’s Reeks com os lagos de Killarney ao fundo, passando pelas vilas de Glenbeigh, Waterville e Sneem apreciando uma das mais bonitas paisagens da Irlanda.

 


Para alojamento, consulte aqui.

Para programas de viagem, consulte aqui.

 

 

#22 ISLÂNDIA

 

CAPITAL: Reiquejavique

 

PONTOS DE INTERESSE: Geisers, lagos, glaciares, vulcões

 

A Islândia é uma grande ilha vulcânica localizada no norte do oceano Atlântico um pouco ao sul do Círculo Polar Árctico. A Islândia é a ilha mais a norte da Europa. Um décimo do país é coberto por camadas de gelo, mas há também uma actividade vulcânica, géiseres e fontes termais.

 

Vista aérea de Reiquejavique

Vista aérea de Reiquejavique- Islândia

 

Reiquejavique

Mais de metade da população da Islândia vive na área de Reiquejavique. É um activo centro comercial, político, industrial e cultural, onde estão concentrados as instituições políticas, as bibliotecas, os museus, as universidades, os teatros e as orquestras, os cursos de justiça, piscinas ao ar livre e os estádios de desportos, as infra-estruturas marítimas, aéreas e as companhias de transporte colectivo e as fábricas, entre as quais as fábricas de conservas de peixes.

 


Para alojamento, consulte aqui.

Para programas de viagem, consulte aqui.

 

 

#23 ITÁLIA

 

CAPITAL: Roma

 

PONTOS DE INTERESSE: Florença | Roma | Pisa | Veneza | Cidade do Vaticano | Siena | San Gimignano | Milão | Modena | Pádua | Costa Amalfitana | Região de Toscana | Pádua

 

A Itália está localizada no sul da Europa e compreende a península Itálica e uma série de ilhas, incluindo as duas maiores, Sicília e Sardenha.

 

Itália

Roma- Itália

 

– Roma –

Cidade gloriosa, testemunho de toda uma história que marca cada canto da cidade.

Foi o centro do Mundo e os seus três mil anos de história deixaram um património artístico inumerável. Face à grande profusão de jóias arquitectónicas de todas as épocas, foi incluída na lista da Organization of World Heritage Cities. Destaca-se, entre outros:

Coliseu – O Anfiteatro de Flávio foi construído entre os anos 72 e 80 d.C., sendo o maior anfiteatro do mundo. As actividades do Coliseu estavam distribuídas para que, a qualquer hora do dia, existisse diversão para os romanos. A manhã estava destinada à caça com animais selvagens; ao meio-dia executavam-se criminosos condenados; e, à tarde, os gladiadores protagonizavam combates de morte.

No interior, o público ocupava as bancadas consoante o seu estatuto social. Os camarotes do imperador e do prefeito de Roma encontravam-se ao centro. As primeiras filas estavam reservadas às autoridades religiosas e civis, enquanto a plebe ocupava as bancadas mais altas.

 

– Roma Clássica –

Após passar a Piazza della Republica, admire a Fonte de Trevi, a Coluna de Marco Aurélio, o Palácio de Montecitório por Bemini, o Panteão, palácio Madama e Piazza Navona.

 

– Roma Imperial –

Piazza Venezia com o monumento ao Rei Victor Emanuel II e o túmulo dedicado ao Soldado Desconhecido. A famosa Piazza del Campidoglio de Michelangelo e o Forúm Romano em frente. Circus Maximus e a Pirâmide de Caius de Cestius.

 

– Roma Cristã –

Via Cavour, Piazza Esquilino, Basílica de Santa Maria Maggiore, Escadaria Santa, Palácio Laterano, Basílica de S. João (primeira Catedral de Roma), Porta de S. Sebastião, capela “Domine Quo Vadis” e as Catacumbas de S. Calisto.

Roma é a cidade das praças. Recomendamos que visite as de Venezia, São Pedro, Popolo, Novona ou a de Campidoglio.

 

– Pisa  e Praça do Duomo –

A Praça do Duomo reúne a Catedral de Santa Maria Asunta (iniciada no século XI), o Baptisfério circular (século XII), o cemitério (século XII) e o Campanile, a célebre torre inclinada de Pisa (século XII), uma das imagens mais famosas do Mundo, de oito pisos, circular, com as suas escadas exteriores, num incrível equilíbrio. A Torre de Pisa deve a sua inclinação no momento da sua construção, quando se chegou ao terceiro piso, apesar de ter sido dada continuidade ao projecto. O campanário não deixou de se inclinar desde essa altura, embora na actualidade foram tomadas medidas para reverter o processo.

 

– Florença –

Uma das mais encantadoras cidades culturais de Itália. Entre outros edifícios de grande qualidade artística, destacam-se a Catedral, com o Duomo, o Baptisfério ou o palácio Vecchio.

 

Museu da Academia – Poderá admirar o verdadeiro David de Michelangelo. Local repleto de inúmeras obras de vários escultores.

Igreja de Santa Croce – Situado na Piazza de Santa Croce, é o local onde grandes artistas como Michelangelo, Galileo Galileo e Machiaveli estão sepultados.

Duomo – Catedral de Santa Maria de Fiore (Duomo de Florença), fica situada em plena Piazza del Duomo, esta catedral é o coração da cidade e uma das mais belas do mundo; todas as ruas aqui vêm ter. Brunelleschi foi o autor desta obra de arte, com 153 metros de comprimento e 38 de largura, dedicado a Santa Reparata. A construção do Duomo iniciou-se em 1296, segundo o projecto de Arnolfo di Cambio, e foi finalizada em 1436.

Palazzo Vecchio – Aqui está instalada a câmara municipal desta cidade. É um dos edifícios com mais história, todos os acontecimentos políticos por aqui passaram. À entrada está uma réplica de David, de Micaelangelo.

Ponte Vecchio – A mais bela ponte da cidade fica situada sobre o rio Arno, em Florença, e foi construída em 1345. Ao percorrê-la poderá observar várias montras de joalheiros que se situam nas suas arcadas.

Galeria Degli Uffizi – Mais do que uma galeria, os denominados Uffizi fazem as delícias dos turistas, que esperam horas a fio para percorrerem os seus corredores e ver as várias obras.

Piazza Della Signoria – Perseu, Cosimo I, David e a Fonte de Neptuno são algumas das estátuas situadas nesta fabulosa praça.

Santa Maria Novella – Situada nas traseiras da estação de comboios, é uma das igrejas mais belas da cidade.

Parque Giardini Pubblici – A norte da Piazza Duomo localiza-se o parque público mais antigo da cidade, o Giardini Pubblici, projectado por Piermarini.

 

– Nápoles-

Uma cidade com locais de grande interesse e séculos de história!

Palazzo Reale – Desenhado no século XVII por Domenico Fontana, tem na sua fachada oito estátuas que representam os reis napolitanos. Na biblioteca poderá encontrar mais de um milhão de volumes diferentes.

Castel Dell’Ovo – Este forte com 2000 anos tem vista para o golfo de Nápoles. O lugar onde se situa já foi bastante importante séculos antes do nascimento de Cristo.

Catacumbas San Gennaro – Cemitério datado do século II e abriga muitos frescos e mosaicos de interessante beleza.

Monte Vesuvio – O vulcão Vesuvio é famoso pela sua forte erupção em 79 d.C., que destruiu algumas cidades, inclusivamente Pompeia.

Acquario – É o mais antigo aquário da Europa e abriga mais de 200 espécies de plantas e peixes, todas elas encontradas na Baía de Nápoles.

 

– Veneza –

Cidade romântica de exacerbada beleza, repleta de canais com as suas gôndolas, monumentos, igrejas e basílicas.

Nenhuma outra cidade conseguiu criar tanta história e beleza sobre fundações tão frágeis. Construída sobre um conjunto de 117 ilhas, numa lagoa comunicada com o mar, Veneza encerra uma das maiores concentrações de obras-primas do Mundo. A conhecer…

Rialto – Área reconhecida pelo mercado de frutos e legumes. Os arcos neogóticos fazem também parte das características de Rialto. Aqui vende-se peixe fresco desde o ano 1300. A igreja mais antiga da cidade, Chies adi San Giacomo, encontra-se também neste local, mesmo no meio do mercado, tendo sido fundada no ano de 421.

Praça de S. Marcos – Praça central de Veneza, com duas colunas que aludem os santos padroeiros de Veneza: o leão de S. Marcos e a figura de S. Teodoro.

Basílica de São Marcos – Umas das mais espectaculares Basílicas do Mundo. Decorada com autênticos tesouros de arte. Construída na segunda metade do século XI para albergar os restos do evangelista São Marcos, embora tenha sofrido profundas alterações durante o Renascimento e no século XVII. Apresenta inúmeras influências bizantinas, como a sua planta em cruz grega. O interior da Basílica está coberto de mosaicos e raríssimos mármores policromados.

Basílica de Santa Maria della Salute – Uma Basílica que demorou cerca de 50 anos à sua construção (iniciada em 1630), em agradecimento da cidade à libertação da peste, possui uma cúpula de enorme beleza.

Gallerie Della’Accademia – Nesta galeria encontrará a mais importante colecção de arte, ilustrando o progresso da arte veneziana do século XIV ao século XVIII.

Palácio dos Doges – Este foi o coração político da cidade durante séculos. O rosa e o branco do gótico veneziano acolhiam o doge na altura da Sereníssima. As suas fachadas remontam ao século XIV.

Burano – Local famoso pela pesca. Situado fora da zona central de Veneza, as suas casas coloridas são as que mais se destacam desta autêntica vila fantasia.

Murano – Esta ilha é reconhecida desde o século X pelo fabrico de vidro. Poderá observar nesta ilha os trabalhadores a fazerem as suas peças em vidro.

Ilha de San Giorgio Maggiore – A Ilha fica situada a sul do centro da cidade, sobre as águas da bacia de São Marcos, e possui uma fantástica igreja do arquitecto renascentista Palladio.

Lido – Longa extensão de areia, que serve de estância balnear à cidade de Veneza.

 

Canais de Veneza- Itália

 

Outros destinos a conhecer em Itália:

 

Ilha de Sicília; Ilha de Capri; Ilha da Sardenha.

 


Para alojamento, consulte aqui.

Para programas de viagem, consulte aqui.

 

 

#24 LETÓNIA

 

CAPITAL: Riga    

 

PONTOS DE INTERESSE: Palácio de Rundale | Riga | Paisagens naturais

 

Letónia é uma nação europeia, sendo uma das três repúblicas bálticas. Limita a norte com a Estónia, a leste com a Rússia, a sudeste com a Bielorrússia, a sul com a Lituânia e a oeste com o mar Báltico.

 

Riga

Riga- Letónia

 

Riga

Porto báltico e capital da Letónia, 290 Km a norte da fronteira com a Polónia. A antiga cidade medieval é um encantador dédalo de ruas e parques nas margens do rio Dvina e de um canal; os seus edifícios mais imponentes são a Catedral Doma, dos princípios do século XIII, e o Castelo de Pils, construído entre 1328 e 1515.

 


Para alojamento, consulte aqui.

Para programas de viagem, consulte aqui.

 

 

#25 LIECHTENSTEIN

 

CAPITAL: Vaduz

 

PONTOS DE INTERESSE: Praça-forte de Gutenberg

 

Liechtenstein é um minúsculo principado localizado no centro da Europa, encravado nos Alpes entre a Áustria, a leste, e a Suíça a oeste. Pouco mais de 34 mil habitantes moram nos seus 160 km².

O Liechtenstein é um microestado situado na Europa Central, fronteiriço à Áustria e à Suíça. A sua capital é Vaduz.

 

Vaduz

Vaduz- Liechtenstein

 

Vaduz

Capital do pequeno principado, situado junto das fronteiras com a Suíça e a Áustria, cerca de 80 Km a leste da cidade da Suíça de Zurique. Outrora uma pequena cidade mercantil, transformou-se num centro financeiro internacional graças à liberalidade da sua legislação fiscal. É dominada pelo Castelo dos Príncipes, construído no século XVIII, e possui uma galeria de arte moderna e um museu. 

 


Para alojamento, consulte aqui.

Para programas de viagem, consulte aqui.

 

 

#26 LITUÂNIA

 

CAPITAL: Vilnius

 

PONTOS DE INTERESSE: Praça-Forte de Trakai | Parque nacional Kursiu Nerija

 

Sendo a maior e a mais populosa República Báltica, a Lituânia é um país com pequena costa arenosa de aproximadamente 100 km desses, apenas 40 km são abertos ao mar Báltico. A reserva natural da laguna da Curlândia – o Parque Nacional Kursiu Nerija – é considerada Património Comum da Humanidade pela UNESCO.

 

Vilnius

Vilnius- Lituânia

 

Vilnius

Capital da Lituânia, situada a 165 Km a noroeste de Minsk. Fundada no século XIII, a cidade velha ergue-se em torno das ruínas de um castelo do século XIV, encerrando também uma mesquita, uma sinagoga e quase quarenta igrejas.

 

Para alojamento, consulte aqui.

Para programas de viagem, consulte aqui.

 


 

#27 LUXEMBURGO

 

CAPITAL: Luxemburgo

 

PONTOS DE INTERESSE: Castelo de Vianden | Cidade do Luxemburgo: bairros antigos e fortificações

 

O Luxemburgo, a leste faz fronteira com os estados alemães de Renânia-Palatinado e Sarre, e ao sul com a região da Lorena na França. A oeste e a norte faz fronteira com as províncias belgas do Luxemburgo, que tem quase o dobro do tamanho do país e Liège.

 

Cidade de Luxemburgo

Cidade de Luxemburgo

 

Cidade do Luxemburgo 

A importância da cidade remonta à época romana, da qual existem vestígios junto ao actual Mercado do Peixe. A fortaleza da cidade foi ampliada a partir do século X, formando vários anéis defensivos, torres de vigia, galerias subterrâneas, fortins e bastiões que comunicam entre si.

 

Catedral de Nossa Senhora

A Catedral de Nossa Senhora foi, inicialmente, uma colegiada de Jesuítas. As obras de construção iniciaram-se em 1613 e com uma rapidez pouco habitual nas catedrais da época, sendo o templo consagrado em 1621. O templo adquiriu a categoria de catedral em 1870.

 

 


Para alojamento, consulte aqui.

Para programas de viagem, consulte aqui.

 

 

#28 MACEDÓNIA

 

CAPITAL: Skopje

 

PONTOS DE INTERESSE: Igreja ortodoxa de S. João em Kaneo

 

A Macedónia situa-se na península Balcânica, fazendo fronteira ao sul com a Grécia, a oeste com a Albânia, a leste com a Bulgária, ao norte com a Sérvia. Sua região é montanhosa, com vales férteis excelentes para culturas temperadas.

 

Macedónia

Macedónia

 

Igreja ortodoxa de S. João em Kaneo

Na cidade de Ohrid, com vista para o lago Ohrid, situa-se a igreja ortodoxa de São João em Kaneo. A igreja é dedicada a São João de Patmos, o escritor do Apocalipse. A data de construção desta bela igreja permanece desconhecida, mas os historiadores consideram que esta tenha ocorrido antes do ano 1447.

 


Para alojamento, consulte aqui.

Para programas de viagem, consulte aqui.

 

 

#29 MALTA

 

CAPITAL: La Valletta        

 

PONTOS DE INTERESSE: Fortificações e cidade velha de La Valetta

 

Malta é um país desenvolvido no sul do continente europeu e consiste em um arquipélago situado no Mar Mediterrâneo, 93 km ao sul da ilha da Sicília  (Itália) e 288 km a nordeste da Tunísia  (África), 1 826 km a leste de Gibraltar e 1 510 quilómetros a oeste de Alexandria.

 

Ilha de Gozo

Ilha de Gozo- Malta

 

La Valetta

A cidade La Valetta, capital do país, foi um importante ponto de passagem das rotas comerciais do mundo antigo. Dominada desde meados do século XVI pelos cavaleiros cruzados de S. João, corresponde à concepção militar dessa ordem. É constituída totalmente por muralhas e abrange uma extensão de 56ha. O do Forte de São Telmo, alberga o Museu da Guerra e servia para proteger a entrada dos portos de Marsamxett e o Grande Porto. É de destacar o Palácio do Grande Mestre, com a sua Sala de Armaduras, actualmente palácio presidencial.

 

A Catedral da Ilha, é um dos locais imprescindíveis de visita. A antiga igreja conventual de São João Baptista, actualmente a desempenhar funções de Catedral da Ilha, começou a ser construída em 1573.

 


Para alojamento, consulte aqui.

Para programas de viagem, consulte aqui.

 

 

#30 MOLDÁVIA

 

CAPITAL: Quichinau       

 

PONTOS DE INTERESSE: Rios Prut e Dniestre | Mosteiro Chaprianu

 

Moldávia é um país sem costa marítima da Europa oriental, que faz fronteira com a Ucrânia e com a Roménia. Sua capital é a cidade de Quichinau.

 

Quichinau (Chișinău)      

Capital e a maior cidade da Moldávia. É também considerada uma das capitais mais arborizadas da Europa, localizada no centro geográfico do país, às margens do rio Bîc.

 

Sustos em viagem

Aeroporto na Moldávia

 

Rio Dniestre

Com uma extensão total de 1362 km, nasce na Ucrânia, próximo da fronteira com a Polónia e flui em direção ao mar Negro. Num pequeno trecho é a fronteira natural da Ucrânia com a República da Moldávia, separando esta última de sua região secessionista, a Transnístria por 398 km.

 

Mosteiro Capriana

Um dos mais antigos mosteiros da Moldávia (datado de 1429), está localizado em Capriana, a cerca de 40 km noroeste de Quichinau.

 


Para alojamento, consulte aqui.

Para programas de viagem, consulte aqui.

 

 

#31 MÓNACO

 

CAPITAL: Mónaco  

          

PONTOS DE INTERESSE: Monte Carlo

 

Mónaco é o estado independente mais pequeno do mundo a seguir à cidade do Vaticano. Está situado numa planície rochosa e ocupa uma faixa estreita de uma linha costeira atraente, com contrafortes dos Alpes Marítimos.

 

Mónaco

Mónaco

 

Cidade do Mónaco

Antiga capital do pequeno principado, situada sobre um promontório rochoso que avança para o Mar Mediterrâneo a sul do porto. Ali se localizam o palácio real, do século XVI, pertencente à família reinante dos Grimaldis, a catedral, do século XIX, e o famoso Museu Oceanográfico do Mónaco. No coração da cidade podem ainda ver-se as ruas estreitas de casas antigas.

 


Para alojamento, consulte aqui.

Para programas de viagem, consulte aqui.

 

 

#32 MONTENEGRO

 

CAPITAL: Podgorica       

 

PONTOS DE INTERESSE: Sveti Stefan | Monte Orjen | Vale do rio Zeta

 

Podgorica

Podgorica- Montenegro

 

Montenegro é uma pequena e montanhosa república situada nos Balcãs, no Sudeste da Europa, fazendo fronteira com o mar Adriático a sudoeste, com a Albânia e o Kosovo a sudeste, com a Bósnia e Herzegovina e uma pequena fronteira com a Croácia a noroeste, e com a Sérvia a nordeste. A sua capital é a cidade de Podgorica.

 


Para alojamento, consulte aqui.

Para programas de viagem, consulte aqui.

 

 

#33 NORUEGA

 

CAPITAL: Oslo   

 

PONTOS DE INTERESSE: Fiordes, Glaciar de Brikdal, Bergen

 

O país é caracterizado por montanhas altas e uma longa linha costeira com cerca de 2000 km para oeste. Para norte ficam os fiordes longos e profundos, e para sul ficam as florestas e diversos lagos.

 

Oslo

Oslo- Noruega

 

Oslo

Oslo, capital da Noruega, localiza-se no coração da Escandinávia e oferece uma panorâmica fantástica pelo fiorde e por colinas cobertas de florestas.

O centro da cidade é repleto de locais de cultura, entre os quais destacamos: o Museu Munch, o Museu dos Barcos Vikings, o Museu Kon-Tiki, o Museu do Navio Polar Fram, o Museu Nacional de Cultura da Noruega, a Galeria Nacional, o Parque de Esculturas e o Museu Vigeland.

Conheça igualmente, o Parque Holmenkollem, com as suas pistas de saltos de esqui e o museu dedicado ao esqui, o mais antigo do mundo do género. O maior parque de diversões da Noruega, Tusenfrud, fica nos arredores da cidade.

 

Bergen

Segunda maior cidade da Noruega, com uma população de aproximadamente 250 mil habitantes. A cidade está cercada por sete montanhas – de syv fjell – o que lhe confere uma bela paisagem, mas também o título de cidade mais chuvosa da Europa.

Bergen é um centro de cultura, comércio e estudos universitários na costa oeste da Noruega.
O compositor Edvard Grieg nasceu e viveu na cidade e lá compôs várias de suas mundialmente famosas peças.

É uma cidade muito popular quer para turistas norugueses, quer para turistas estrangeiros, sendo um dos principais pontos de paragens dos cruzeiros dos mares do norte da Europa. É o ponto de partida da linha marítima Hurtigruten, cujos navios circundam a costa norueguesa entre Bergen e Kirkenes.

 

Fiordes

A Noruega é conhecida como “Terra dos Fiordes”, designados por uma grande entrada de mar entre altas montanhas rochosas. Os fiordes são elementos geológicos que têm origem na erosão das montanhas devido ao gelo. Formaram-se, originalmente, devido a acção de imensas massas de gelo (glaciares), que se movimentam rumo ao mar como se fossem grandes rios congelados.

A realização de um cruzeiro para observar esta beleza natural, é um dos pontos altos de uma visita à Noruega!

 


Para alojamento, consulte aqui.

Para programas de viagem, consulte aqui.

 

 

#34 HOLANDA

 

CAPITAL: Amesterdão    

 

PONTOS DE INTERESSE: Amesterdão | Roterdão | Haia | Moinhos de Kinderdijk-Eshout | Linhas de defesa de Amesterdão

 

Um aspecto notável do país é o facto de ser extremamente plano. Aproximadamente metade do território fica a menos de 1 metro acima do nível do mar, e boa parte das terras estão de fato abaixo do nível do mar. Muitas áreas baixas estão protegidas por diques e barragens. O país é cheio de canais e o transporte fluvial torna-se um dos principais meios de exportação e importação. A localização geográfica dos Países Baixos é bastante favorável em relação à Europa.

 

Países baixos - Europa

Amesterdão- Holanda

 

– Amesterdão –

Cidade dos canais repleta de diversos locais históricos, tem um importante local histórico de especial interesse – a linha de defesa de Amesterdão. Foi construída no século XIX, utilizando um complexo sistema de canais e diques. Foi o maior anel defensivo da Europa, construído em 1874. Este sistema baseia-se na inundação dos terrenos mediante um sistema de rampas, diques e canais ligados ao longo de 135km. Trata-se de uma obra de engenharia hidráulica posta ao serviço de finalidades defensivas, que pela sua singularidade e complexidade foi incluída na lista do World Heritage.

 

Museu Van Gogh – Considerada a jóia da cidade de Amesterdão, podemos encontrar no seu interior a vasta colecção de Van Gogh.

Hortus – Um dos jardins botânicos mais bonitos da Europa: o Hortus. Desde 1634 que o espaço comtempla várias árvores e plantas muito raras.

Praça Damm-  Praça localizada no centro histórico de Amesterdão, Os seus edifícios e eventos frequentes fazem-na um dos lugares mais importantes e conhecidos da cidade.

Palácio Real- O edifício, desenhado em estilo clássico holandês, está localizado no extremo ocidental da Praça Dam, próximo da igreja Nieuwe Kerk. É um dos quatro palácios oficiais dos Países Baixos à disposição do Rei Guilherme.

 

 – Moinhos de Kinderdijk-Eshout –

Exemplo extraordinário da tecnologia utilizada para dominar água nos Países Baixos. A sua origem remonta à Idade Média e a zona conserva todos os elementos característicos: diques, canais, depósitos, estações de bombagem, edifícios administrativos e uma série de moinhos extraordinariamente bem conservados.

 


Para alojamento, consulte aqui.

Para programas de viagem, consulte aqui.

 

 

#35 POLÓNIA

 

CAPITAL: Varsóvia

    

PONTOS DE INTERESSE: Gdansk | Castelo Kornik | Centro histórico de Varsóvia | Centro histórico de Cracóvia | Minas de sal de Wieliczka | Cidade velha de Zamosc

 

Polónia é um país da Europa Central que tem fronteiras comuns com a Alemanha a oeste; com a República Checa e a Eslováquia ao sul; com a Ucrânia e a Bielorrússia a leste; com o Mar Báltico, o Kaliningrad Oblast  (um enclave russo) e a Lituânia ao norte.

 

Varsóvia

Varsóvia- Polónia

 

– Varsóvia –

A invasão da Polónia marcou o início da Segunda Guerra Mundial. Varsóvia foi ocupada em 1939 e, cinco anos mais tarde, tinha deixado praticamente de existir. Foi elaborado um processo de reconstrução exemplar com total fidelidade ao modelo original.

A igreja mais antiga da cidade é a Catedral de São João (séculos XIII e XIV), com a Capela Baryczkow. Na Cidade Velha (Stare Miasto) ou na Praça do Mercado, cada casa ostenta uma decoração própria, embora a harmonia se mantenha.

Cidade Velha em Varsóvia Nas esplanadas e ruas da praça central da cidade respira-se a época medieval pelos seus edifícios em redor.

Castelo Real- Fica situado na cidade velha e considerada a alma da história polaca.

Palácio Real A residência dos monarcas polacos foi construído entre os séculos XVI e XVII, sobre o antigo castelo ducal.

Bairro Judeu As atrocidades germânicas ainda são visíveis no local. Os muros erguidos, ainda se encontram pelo bairro mostrando um pouco da sua história.

Parque Lazinski Um passeio junto ao lago, repleto de pessoas que aqui vêm disfrutar do local junto às suas margens.

Auschwitz Triste memorial às piores atrocidades cometidas numa guerra.

 

– Cracóvia –

Cracóvia foi uma das cidades polacas da Liga Hanseática e a capital do reino da Polónia, facto que se deve a sua grande riqueza artística. Na cidade Velha (Stare Miasto), é de especial beleza a Igreja de Santa Maria, com um maravilhoso retábulo, no Altar-Mor, de Wit Stwosz. O Museu Nacional de Cracóvia é, seguramente, a maior riqueza do país.

Castelo Wavel Situado no monte Wavel, é um castelo de uma enorme beleza.

Catedral de Cracóvia Localizada no monte Wavel, poderá encontrar no interior da Catedral a primeira cadeira onde João Paulo II se sentou como bispo.

Igreja de Santa Maria Igreja em estilo gótico que tem um pórtico deslumbrante que se encontra em cima do altar.

Wadovice Terra natal de João Paulo II, localizada nas proximidades de Cracóvia.

 


Para alojamento, consulte aqui.

Para programas de viagem, consulte aqui.

 

 

#36 PORTUGAL

 

CAPITAL: Lisboa

 

PONTOS DE INTERESSE: Praias | Capitais distrito | Aldeias históricas | Parques nacionais | Reservas naturais | Açores | Madeira e Porto Santo.

 

Portugal é um país soberano localizado no Sudoeste da Europa, cujo território se situa na zona ocidental da Península Ibérica e em arquipélagos no Atlântico Norte.

O território é dividido no continente pelo rio principal, o Tejo. A norte, a paisagem é montanhosa nas zonas do interior com planaltos, intercalados por áreas que permitem o desenvolvimento da agricultura. A sul, até ao Algarve, o relevo é caracterizado por planícies, sendo as serras esporádicas. Outros rios principais são o Douro, o Minho e o Guadiana, que tal como o Tejo nascem em Espanha. Entre os rios que têm todo o seu percurso no território Português temos o Vouga, o Sado, o Zêzere e o maior, o Mondego (estes últimos nascem na Serra da Estrela, a montanha mais alta de Portugal Continental — 1 993 m de altitude máxima, e a 2.ª mais alta de Portugal — apenas atrás da Montanha do Pico, nos Açores).

 

Lisboa- Portugal

 

Portugal dispõe de numerosas possibilidades para uma visita a seu gosto. Cidades repletas de património histórico, cidades de fortes tradições, praias, paisagens de montanha e de belos parques naturais. Um mundo de sugestões num país de vasta variedade de motivos que aguardam a sua visita.

O Porto histórico com a sua Torre dos Clérigos e o rio Douro; a Região do Minho com fortes tradições e lugares magníficos; Trás-os-Montes da sua bela gastronomia e aldeias tradicionais; Lisboa com os seus monumentos; o centro com Coimbra e os estudantes; o Alentejo com Beja, Évora ou Estremoz e as planícies; o Algarve com as suas belas praias e campos de golfe; e o Arquipélago da Madeira ou Açores com os seus contrastes e belezas naturais.

 


Para alojamento, consulte aqui.

Para programas de viagem, consulte aqui.

 

 

#37 REINO UNIDO

 

CAPITAL: Londres

           

PONTOS DE INTERESSE: Stonehenge | Universidade Cambridge | Palácio de Windsor | Catedral e castelo de Durham | Castelo de Caernarfon | Muro de Adriano

 

Inglaterra é uma das nações constituintes do Reino Unido, termo usado para descrever a InglaterraIrlanda do NorteEscócia País de Gales. Estes quatro países, juntos, formam o Reino Unido da Grã-Bretanha e Irlanda do Norte, o qual é um Estado soberano.

O país faz fronteira com a Escócia ao norte e com o País de Gales a oeste, o Mar da Irlanda está a noroeste, o Mar Celta está a sudoeste, enquanto o Mar do Norte está a leste e o Canal da Mancha, ao sul, a separa da Europa continental. A maior parte da Inglaterra compreende a parte central e sul da ilha da Grã-Bretanha, no Atlântico Norte.

 

Inglaterra (UK)

Londres- Inglaterra

 

– Londres –

Londres fascina o mundo inteiro com o brilho inimitável da verdadeira classe e distinção. Para o confirmar, basta visitar as lojas de tradição secular, os parques verdejantes, o centro da cidade, ou os palácios reais. De tradições seculares, a cidade não nos deixa de surpreender a cada visita.

British Museum – Fundado em 1753, é o mais antigo museu do mundo. Alberga tesouros preciosos de todas as partes do globo (muitos trazidos por exploradores do século XVIII e XIX).

Museum of London – Mostra a história de Londres desde os tempos da pré-história até aos nossos dias.

Natural History Museum O museu abriga a colecção nacional de animais e plantas, vivos e fósseis, minerais e pedras preciosas, rochas e meteoritos.

Houses of Parliament O Palácio de Westminster foi sucessivamente danificado e reconstruído até chegar ao seu aspecto actual, em estilo neo-gótico, acabado de edificar em 1870. Tornou-se em 1512 a casa do parlamento. Os deputados que constituem a Câmara de Lordes, os “Peers”, herdam o título e o cargo. Os que integram a Câmara dos Comuns são eleitos.

Big Ben A torre mais alta do edifício do parlamento, serve de suporte ao célebre Big Bem que todos os anos é regulado para badalar sempre na hora certa.

London Tower – Foram quase 900 anos vividos, pela maior parte dos prisioneiros, com a corda na garganta. Na Martin Tower estão vários instrumentos de tortura e outros mais radicais, como o machado e o cepo donde rolaram muitas cabeças. É na Jewel House, fechada a sete chaves, que estão as Jóias da Coroa, vestígios brilhantes do Império Britânico.

Westminster Abbey – Metade Igreja e metade museu, a Abadia de Westminster é um exemplo magnífico de arquitectura medieval. É o lugar onde todos os monarcas se fazem coroar, desde 1066, para legitimar o poder.

St. Paul’s Cathedral Construída por Christopher Wren sobre as ruínas da catedral medieval consumida em 1666 pelo Grande Fogo de Londres. O interior é magestoso e de um explendor barroco, digno das grandes cerimónias que marcam a sua história.

Harrod´s – É o mais famoso shopping de Londres. Existe desde 1849 quando Henry Charles Harrod abriu uma pequena loja perto de Bromptom Road. É famoso pela qualidade dos produtos que vende e também pelo seu fabuloso serviço.

 

Deambule por diversos mercados de rua: Carnaby Street; Convent Garden; Petticoat Lane; Portobello ou Borough Market.

 

– Stonehenge –

Aproximadamente a 100km de Londres, está localizado o monumento de Stonehenge. Construído em diversas fases entre 3100 e 1000 a.C., alguns dos seus menires pesam mais de 50 toneladas e ultrapassam os 6 metros de altura. Colocados em forma circular, a precisão com que foram colocados demonstra os conhecimentos astronómicos dos seus construtores, ainda que a sua finalidade fosse sobretudo ritual.

 

– Edimburgo (Escócia) –

Em Edimburgo, a capital da Escócia desde o século XV, está edificada entre vales e colinas, resumindo o seu traçado urbano os estratos do seu desenvolvimento como cidade medieval e neoclássica, submetida às grandes influências do urbanismo europeu do século XIX.

Bairros inteiramente em estilo georgiano, assim como pela abundância de pontes e parques e um imponente castelo, símbolo da Escócia.

 

– Calçada dos Gigantes (Irlanda do Norte) –

Na Irlanda do Norte, entre Causeway Head e Benbane Head estende-se ao longo de 6km e aproximadamente 70 ha, a famosa Calçada dos Gigantes.

Constituída por um conjunto de formações geológicas de beleza invulgar, como 40 000 colunas de basalto lado a lado, com um diâmetro máximo de meio metro e uma altura de 6 metros. Este conjunto de formações hexagonais pertence ao Período Terciário, sendo entre 50 milhões e 60 milhões de anos um legado geológico e natural único no Mundo.

 


Para alojamento, consulte aqui.

Para programas de viagem, consulte aqui.

 

 

#38 ROMÉNIA

 

CAPITAL: Bucareste

 

PONTOS DE INTERESSE: Montes Ciucas nos Carpatos | Castelo de Bran na Transilvânia | Fortalezas Dácias | Mosteiro de Sucevita

 

Roménia é uma república unitária semi presidencialista localizada no centro-sudeste da Europa, no norte da península dos Balcãs e na costa ocidental do mar Negro. O país faz fronteira com Hungria, Sérvia, Ucrânia, Moldávia e Bulgária.

As principais cidades são a capital, Bucareste, Brașov, Timișoara e ClujNapoca.

 

Parlamento de Bucareste

Parlamento de Bucareste- Roménia

 

Bucareste

Bucareste é a capital e maior cidade da Roménia. Está localizada no sul do país e  fica às margens do Rio Dâmboviţa.

Locais de interesse a visitar: Palácio do Parlamento; Arco do Triunfo; Museu da Aldeia; Catedral de São José, Museu Histórico da Comunidade Judaica da Roménia Dr. Moses Rosen; Patriarcado (século XVII); Praça da União (Piața Unirii); Ateneu romano (1886-1888); Igreja Stavropoleos (1724); Igreja Kretzulescu (1720-1722).

 

Castelo de Bran na Transilvânia  

O Castelo de Bran, localizado próximo de Bran ( próximo da cidade de Brașov), é um monumento nacional e marco histórico da Roménia. A fortaleza situa-se na fronteira entre a Transilvânia  e a Valáquia, encravado na floresta no sopé dos Cárpatos. Conhecido habitualmente como o “Castelo do Drácula”, é promovido como a residência da personagem que dá título ao Drácula de Bram Stoker, obra que conduziu à persistência do mito de que este castelo terá servido, em tempos, de residência ao Príncipe Vlad Tepes, governador da Valáquia.

Actualmente, o castelo alberga um museu aberto ao público, exibindo peças de arte e mobiliário coleccionados pela Rainha Maria. Os turistas podem ver o interior em visitas livres ou guiadas. Ao fundo da colina situa-se um pequeno parque museu ao ar livre, o qual exibe estruturas camponesas tradicionais da Roménia, como cabanas e celeiros, representando todo o país.

 

Mosteiro de Sucevita

O Mosteiro Sucevita situa-se na região norte da Roménia, próximo da fronteira com a Moldávia e a Ucrânia. Foi construído no ano de 1583, e é uma importante obra da história do país.

 

Fortalezas Dácias

As Fortalezas Dácias das Montanhas Orastie, na Roménia, foram levantadas nos séculos I a. C. e I d. C. como protecção contra a conquista romana. De extensos e bem conservados restos apresentam o reflexo de uma vigorosa e inovadora civilização da Idade do ferro.

Num total de seis fortalezas que formavam o sistema defensivo de Decébalo foram declaradas pela UNESCO como Património da Humanidade na Europa em 1999.

 


Para alojamento, consulte aqui.

Para programas de viagem, consulte aqui.

 

 

#39 RÚSSIA

 

CAPITAL: Moscovo  

        

PONTOS DE INTERESSE: Catedral e Palácio de São Petersburgo | Kremlin e a praça vermelha de Moscovo

 

Rússia é um país localizado no norte da Eurásia. É o país com maior área do planeta, cobrindo mais de um nono da área terrestre. É também o nono país mais populoso, com 142 milhões de habitantes. Faz fronteira com os seguintes países, de noroeste para sudeste: Noruega, Finlândia, Estónia, Letónia, Lituânia e Polónia (ambas através do enclave de Kaliningrado), Bielorrússia, Ucrânia, Geórgia, Azerbaijão, Cazaquistão, China, Mongólia e Coreia do Norte. Também tem fronteiras marítimas com o Japão, pelo Mar de Okhotsk, e com os Estados Unidos, pelo Estreito de Bering. O país possui 41 parques nacionais, 101 reservas biológicas e 40 reservas da biosfera da UNESCO.

 

Rússia

Catedral de São Basilio- Moscovo- Rússia

 

– Moscovo –

A capital da Rússia é actualmente uma das maiores cidades da Europa preservando as suas antigas estruturas.

O Kremlin (e a sua Praça Vermelha de Moscovo), foi centro religioso e residência da nobreza moscovita. Com uma extensão de 28 ha, com 5 portas e 29 torres, que guardam o seu recinto triangular, compreende diversos monumentos de valor universal localizados na Praça das Catedrais. Entre os numerosos museus destaca-se o Palácio das Armaduras, com magníficas colecções históricas. A Praça Vermelha com 75 000m2 é o centro nevrálgico da cidade. É dominado pela Catedral de São Basílio (século XVI), célebre pelas suas coloridas cúpulas em forma de bolbo.

Passeie pelas margens do rio Moskva e Parque Gorki; visite a Catedral da Assunção; o Grande Palácio do Kremlin; a famosa Praça Vermelha; a Catedral de S. Basílio; Catedral da Anunciação ou a Catedral Kazan.

Visite alguns dos principais museus, nomeadamente: o Museu Andrei Rublev (arte russa antiga); Casa-Museu Pushkin; Museu Vladimir Mayakovsky; Museu dos Cosmonautas; Museu Nacional da História.

 

– São Petersburgo – 

A cidade de São Petersburgo, caracterizada pelos seus canais e mais de 400 pontes, é fruto da iniciativa do czar Pedro I. Ao longo das suas ruas sucedem-se monumentos de estilos barroco e neoclássico, entre os quais se destacam o Museu do Hermitage (colecções de arte do século XIII a XVIII), e os palácios de Inverno, de Mármore, do Almirantado e a Catedral de Kazanskii Sobor.

Igreja de São Salvador do Sangue Derramado – A Igreja de São Salvador, também chamada de Igreja do Sangue Derramado é uma das construções mais incríveis de todo o país.

Palácio de Santa Catarina (século XVIII) – Situado a 32km de São Petersburgo o Palácio de Catarina II é uma imponente obra arquitectónica e histórica.

 

– Cordilheira de Altai –

A Cordilheira Altai são altas montanhas, da Ásia Central, superando frequentemente os 4000 m de altitude. As montanhas do Altai ocupam áreas da Rússia (Sibéria), República Popular da China, Mongólia e Cazaquistão.

 

– Sibéria –

A Sibéria é uma vasta região da Rússia (ocupa 58% da área da Rússia) e do norte do Cazaquistão, integralmente no norte da Ásia, estendendo-se dos Urais ao oceano Pacífico, e para sul desde o oceano Árctico até aos montes do centro-norte do Cazaquistão, e até à fronteira com a Mongólia e República Popular da China. Geograficamente, pode ser dividida na Planície Ocidental Siberiana e o Planalto Central Siberiano.

 

– Expresso Transiberiano –

Atravessando continentes e fusos horários, estendendo-se durante quase meio planeta, o Expresso Transiberiano do Oriente permanece como um dos mais clássicos caminhos-de-ferro do Mundo.

 


Para alojamento, consulte aqui.

Para programas de viagem, consulte aqui.

 

 

#40 SAN MARINO

 

CAPITAL: Cidade de San Marino

 

PONTOS DE INTERESSE: Cidade fortificada de San Marino

 

San Marino é um país situado nos Apeninos. Ele é um enclave no centro da Itália, completamente envolto pela Itália. Seu tamanho é de apenas 61 km² com uma população estimada em 30 000 hab. Sua capital é a Cidade de San Marino.

 

Castelo em San Marino

Castelo em San Marino

 

Cidade de San Marino

Capital e pequena cidade fortificada de San Marino. É a terceira cidade do país em população, depois de Borgo Maggiore e Serravalle. Tem cerca de 5000 habitantes e uma área de 7,09 km².

O Centro Histórico de San Marino e Monte Titano foram inscritos como Património Mundial da UNESCO.

 


Para alojamento, consulte aqui.

Para programas de viagem, consulte aqui.

 

 

#41 SÉRVIA

 

CAPITAL: Belgrado

     

PONTOS DE INTERESSE: Fortaleza de Kalemagdan | Sveti Stefan

 

Sérvia situa-se nos Balcãs  (uma região histórica e geograficamente distinta do sudeste da Europa) e na Panónia  (uma região da Europa Central). Faz fronteira com a Albânia, o Montenegro, a Bósnia e Herzegovina, a Bulgária, a Croácia, a Hungria, a República da Macedónia, e a Roménia. A Sérvia não tem saída ao mar, se bem que o rio Danúbio proporcione o acesso de barco até à Europa central e ao mar Negro.

 

Sérvia- Belgrado

 

Belgrado

Capital da Sérvia, fundada pelos Celtas, e ocupada sucessivamente por Romanos, Eslavos, Bizantinos, Turcos, Austríacos e Sérvios para defender a rota de Morava- Vardar até ao mar Egeu de invasores do Norte.

A enorme fortaleza de Kalemegdan, que alberga um parque com pavilhões, um museu militar e uma torre de menagem, ergue-se no local original, sobranceira aos rios Sava e Danúbio.

A catedral neobarroca do século XIX possui belos ícones e túmulos. A Igreja de São Marcos ergue-se junto do Parque Tasmajdan. A Universidade de Belgrado data da década de 1860, e o Museu Nacional é um dos mais belos da Europa.

 


Para alojamento, consulte aqui.

Para programas de viagem, consulte aqui.

 

 

#42 SUÉCIA

 

CAPITAL: Estocolmo

     

PONTOS DE INTERESSE: Ilha de Gotland | Drottningholm

 

Suécia um país nórdico, localizado na península Escandinava na Europa Setentrional. A Suécia divide fronteiras terrestres com a Noruega, a oeste, e com a Finlândia, a nordeste, além de estar ligada à Dinamarca através da Ponte do Øresund, no sul.

 

Costa Cruzeiros

Estocolmo- Suécia

 

– Estocolmo –

A capital da Suécia tem sido a o centro cultural, político e económico da Suécia desde o século XIII. A sua localização sobre 14 ilhas na zona centro-sul da costa leste do país, no lago Malaren, tem sido historicamente importante.

A conhecer o famoso Vasa Museum (antigo navio do século XVII mandado construir pelo Rei Gustavo Adolfo naufragado e recuperado na década de 50); o Palácio Real; a rua comercial de Drottninggatan; a Praça Hotorget; o mercado mais antigo da cidade – o Saluhal; ou a zona antiga de Gamla Stan.

 

 


 

Para alojamento, consulte aqui.

Para programas de viagem, consulte aqui.

 

 

#43 SUIÇA

 

CAPITAL: Berna

 

PONTOS DE INTERESSE: Zurique | Região montanhosa dos Alpes | Cidade velha de Berna | Convento de Saint-Gall

 

Suíça é um país localizado no centro da Europa com uma área total é de 41.285 km² em que 1.520 são cobertos de água. Faz fronteira com a França a Oeste, a Alemanha a Norte, a Áustria e o Liechtenstein a Leste e com a Itália a Sul.

 

Zurique

Zurique- Suiça

 

 Zurique

A maior cidade do país, situada nas margens do lago do mesmo nome, é actualmente o principal centro financeiro e comercial da Suíça, situando-se aqui as sedes de inúmeras instituições bancárias e companhias de seguros internacionais. A cidade, que atrai muitos turistas, tem uma catedral românica, e a Câmara Municipal data do século XII.

 

 Berna

Berna é uma das cidades mais belas do país. Possui grandes fontes, torreões medievais e praças do século XVIII, entre as avenidas paralelas situadas na encosta, formando quase uma ilha.

A Catedral de São Vicente é um dos locais imprescindíveis de visita. A sua construção iniciou-se em 1421, e concluída 150 anos mais tarde.

 

 Alpes suíços

O ponto culminante dos Alpes Suíços é o Dufourspitze (Pico Dufour), com 4634 metros, na fronteira suíço-italiana. A montanha mais alta cujo maciço está localizado inteiramente no território suíço é o monte Dom, com 4545 metros de altitude no maciço dos Mischabel.

 


Para alojamento, consulte aqui.

Para programas de viagem, consulte aqui.

 

 

#44 UCRÂNIA

 

CAPITAL: Kiev     

 

PONTOS DE INTERESSE: Catedral de S. Miguel em Kiev | Catedral de Santa Sofia e Mosteiro de Kievo – Petchersk

 

Ucrânia é um país da Europa Oriental que faz fronteira com a Federação Russa a leste e nordeste; Bielorrússia a noroeste; Polónia, Eslováquia e Hungria a oeste; Roménia e Moldávia a sudoeste; e Mar Negro e Mar de Azov ao sul e sudeste, respectivamente.

 

Mosteiro de Kievo-Petchersk – Ucrânia

 

– Kiev –

Da oferta cultural e monumental de Kiev destaca-se a Catedral de Santa Sofia, local onde os príncipes eram coroados durante os anos de esplendor do reino e o Mosteiro de Kievo-Petchersk.

 

Catedral de Santa Sofia Especialmente belos os frescos e os mosaicos datados do século XI.

 

Mosteiro de Kievo – Petchersk O Mosteiro possui um grupo de catacumbas e grutas do século XI. Conta com um belo campanário e vários museus, como o de Artes Tradicionais, do Livro, do Cristianismo e do Ateísmo e da História das Catacumbas.

 


Para alojamento, consulte aqui.

Para programas de viagem, consulte aqui.

 

 

#45 VATICANO

 

CAPITAL: Cidade do Vaticano

    

PONTOS DE INTERESSE: Capela Sistina |  Basílica de São Pedro

 

Vaticano é a sede da Igreja Católica e uma cidade-Estado soberanas em costa marítima cujo território consiste de um enclave murado dentro da cidade de Roma, capital da Itália. Com aproximadamente 44 hectares  (0,44 km²) e com uma população de pouco mais de 800 habitantes, é o menor país do mundo, por área.

 

Tem a bela praça de São Pedro, a impressionante Basílica de São Pedro e os museus do Vaticano, cujas colecções de arte figuram entre as maiores e mais valiosas do mundo.

Basílica de São Pedro

O monumento mais representativo do Vaticano, a Basílica de São Pedro, forma, em conjunto com a Praça de São Pedro, o maior recinto religioso do Mundo. As colecções papais dos Museus Vaticanos contêm, provavelmente, o maior tesouro artístico do Mundo.

Capela Sistina

Iniciada em 1473, trata-se de uma construção rectangular de 13 por 40 m. O tecto abobadado atinge os 20 m de altura. As paredes laterais estão decoradas com dois ciclos pictóricos. Na parede esquerda apresentam-se as seis cenas da vida de Cristo, enquanto a da direita representa seis cenas da vida de Moisés, obras de Perugino e Botticelli, entre outros. Na abóboda, encontra-se uma das obras fundamentais da arte universal: os frescos que Miguel Ângelo pintou entre 1508 e 1512. Representam mais de trezentas figuras humanas numa narração épica da criação do Mundo, a expulsão de Adão e Eva do Paraíso e a história de Noé.

 


 

Para alojamento, consulte aqui.

Para programas de viagem, consulte aqui.

 

João Almeida

Chamo-me João Almeida, moro em Sintra (Portugal), e sou um AMANTE DE VIAGENS. Uma paixão que existe faz longos anos. A minha missão com esta página é de ajudá-lo a realizar o seu próximo destino! Saiba mais sobre mim e sobre o site.

Segue-nos também aqui:

RESERVA DE HOTÉIS

Booking.com

Categorias

SEGURO DE VIAGEM

ARTIGOS DE VIAGEM

PROMOÇÕES DE VIAGEM

RESERVA DE VOOS/ HOTÉIS

RESERVA AUTOMÓVEL

BILHETES PARA ACTIVIDADES

GOOGLE TRANSLATE

AMANTES DE VIAGENS

Grupo nº1 Facebook- Viagens - PORTUGAL

SIGA-NOS NO FLICKR

Mapa Hoteis em Portugal

bHotel com Piscina Interior pHotel de Luxo rPousada yTermas e SPA gTurismo Rural