10 Mar

GUIA PRÁTICO DO VIAJANTE

 

GUIA PRÁTICO DO VIAJANTE

Este guia destina-se a todas as pessoas que pretendem viajar e não substitui a consulta do médico, antes e depois da viagem, constituindo apenas uma informação complementar. As dúvidas suscitadas pela sua leitura, deverão ser esclarecidas com o seu médico.

Devido ao facto, de algumas vacinas terem de ser efectuadas com antecedência, deverá fazer marcação da consulta para cinco a seis semanas antes da data prevista da viagem. Faça-se acompanhar do Boletim de Vacinação.

Viajar

Consulta de viajante- Conselhos de pré-viagem

 

CONSELHOS PRÉ-VIAGEM

DOCUMENTOS IMPORTANTES

  • Passaporte ou Cartão de Cidadão;
  • Visto;
  • Boletim de vacinas;
  • Informação clínica.

 

PASSAPORTE E VISTO

  • Verificar datas de validade;
  • Fotocopiar o passaporte ou o cartão de cidadão antes da viagem e trazê-lo sempre consigo;
  • Não guardar tudo no mesmo local;
  • A necessidade de visto depende do país, do tempo e do propósito da viagem.
Conselhos de pré-viagem

Passaporte e Vistos – Guia prático do viajante

 

BAGAGEM DE MÃO

  • Não levar objectos cortantes, seringas ou agulhas (só permitidos com justificação médica escrita);
  • Não ser portador de líquidos (excepto contidos em recipientes individuais de capacidade não superior a 100mL);
  • Os medicamentos têm de ser acompanhados de receita ou declaração médica.

 

BAGAGEM

 

O QUE PODE LEVAR:

  • Roupa multiusos;
  • Calçado confortável;
  • Adaptadores eléctricos.

 

O QUE NÃO DEVE LEVAR:

  • Jóias;
  • Excesso de dinheiro.

Confirme previamente o peso permitido para a sua bagagem e os dados de viagem.

Conselhos de pré-viagem

Bagagem- Guia prático do viajante

 

INFORMAÇÃO DE VIAGEM

 

DEIXE COM A FAMÍLIA:

  • Cópia do passaporte;
  • Informação do voo e do itinerário;
  • Contactos no país de destino;
  • Número de telefone da embaixada portuguesa.

 

ESTOJO MÉDICO

Quando viajar, particularmente para países em vias de desenvolvimento e/ou onde a disponibilidade local dos cuidados médicos seja incerta, deve ser portador de um estojo médico. Este estojo deve incluir medicamentos para tratamento de doenças comuns, material de primeiros socorros e qualquer artigo médico especial que possa ser necessário.

Certas prescrições devem ser acompanhadas de declaração médica, atestando que necessita de medicação para uso pessoal.

 

CONTEÚDO

  • Anti-pirético e analgésico (paracetamol);
  • Anti-diarreicos (ciprofloxacina e loperamida) e sais para hidratação oral (Redrate);
  • Anti-histamínicos;
  • Anti-eméticos (metoclorapramida);
  • Gotas oculares descongestionantes (fenilefrina);
  • Desinfectante para tratamento de feridas (iodopovidona);
  • Gel ou pomada para picadas de insectos (difenidramina ou dimentideno);
  • Medicamentos habituais se for doente crónico;
  • Termómetro;
  • Seringas esterilizadas e agulhas (só autorizado se acompanhado de receita médica);
  • Compressas esterilizadas;
  • Pensos rápidos;
  • Ligaduras/adesivo/tesoura;
  • Repelente de insectos (várias marcas, contendo DEET);
  • Desinfectante para a água;
  • Preservativos
Conselhos de pré-viagem

Estojo médico – Guia prático do viajante

 

MEDIDAS DE SEGURANÇA NA AVIAÇÃO CIVIL

 

Os passageiros não estão autorizados a transportar na sua bagagem de mão:

  • Objectos cortantes, seringas e agulhas (só autorizados se acompanhados de receita médica);
  • Líquidos, salvo os contidos em recipientes individuais de capacidade não superior a 100ml ou equivalente, acondicionados num saco de plástico fechado, transparente e que possa ser aberto e fechado de novo, de capacidade não superior a 1 litro (por passageiro);

Entende-se por líquidos:

  • Água e outras bebidas, sopas e xaropes;
  • Geles, incluindo geles para cabelo;
  • Pastas, incluindo dentífricas;
  • Outros artigos de consistência semelhante a loções, incluindo perfumes e cremes para a barba;
  • Aerossóis e outros recipientes sob pressão.

São excepções a estas medidas: líquidos necessários para toda a viagem (durante os voos e estadia), que visem satisfazer fins médicos, com prescrição médica e prova de autenticidade, ou que visem satisfazer uma necessidade dietética especial, mediante atestado médico e, ainda, comida para bebé.

Conselhos de pré-viagem

Bolsa para transporte de líquidos – Guia prático do viajante

 

PRECAUÇÕES  DURANTE A VIAGEM

 

ALIMENTOS

  • Não beba água da torneira, a não ser que esteja certo da sua boa qualidade. Prefira as bebidas engarrafadas e seladas. Exija que sejam abertas na sua frente. O café e o chá não constituem qualquer problema, uma vez que a água é fervida;
  • Evite comer alimentos crus, frutas com casca, frutos do mar, marisco e gelados;
  • Evite o gelo nas bebidas, pois não sabe a qualidade da água com que é feito, os sumos ou refrigerantes;
  • Consuma os alimentos bem cozinhados. Evite alimentos cozinhados e guardados durante várias horas à temperatura ambiente;
  • Evite alimentos à base de ovos crus; evite alimentos comprados em vendedores de rua;
  • Ferva o leite não pasteurizado, antes de o consumir;
  • Na medida do possível, lave os dentes com água engarrafada.
Guia prático do viajante

Precauções durante a viagem

 

RADIAÇÕES ULTRAVIOLETAS DO SOL

  • Evite a exposição solar entre as 11-16h;
  • O vestuário deve cobrir braços e pernas; use óculos de sol e chapéu de aba larga;
  • Aplique frequentemente protector solar na pele das áreas descobertas;
  • Tenha em especial cuidado em relação à protecção das crianças;
  • Tome precaução em relação à exposição solar excessiva na água, uma vez que a penetração solar se pode estender a um metro ou mais de profundidade;
  • Mantenha ingestão adequada de líquidos.

 

ANIMAIS E INSECTOS

  • Evite contacto directo com animais domésticos em áreas onde a raiva possa ocorrer;
  • Evite comportamentos que possam assustar ou ameaçar os animais;
  • Trate imediatamente a ferida provocada por uma mordedura, lavando com desinfectante ou com sabão e procure o médico;
  • Nos países de clima quente e húmido deverá proteger-se, usando roupas que cubram sobretudo os braços e as pernas;
  • O repelente de insectos afasta mas não mata os insectos, devendo ser aplicado nas zonas expostas da pele, evitando o contacto com as mucosas. O efeito pode durar entre 15 minutos a 10 horas, dependendo do produto, do clima e da humidade. São necessárias aplicações repetidas. Quando o produto é aplicado na roupa o efeito é mais prolongado. O seu uso deve ser complementado com dormida sob a protecção de redes mosquiteiras.
Conselhos de pré-viagem

Precauções durante a viagem- animais e insectos

 

O QUE FAZER EM CASO DE DIARREIA?

A chamada diarreia do viajante é uma das situações mais frequentes nas estadias em países tropicais. Geralmente está associada às más condições de higiene alimentar. Dura normalmente poucos dias e raramente é perigosa.

 

O tratamento baseia-se na hidratação e dieta. Nas primeiras horas de diarreia, faça uma paragem alimentar. Gradualmente ingira líquidos (pequenas porções de cada vez):

  • Água fervida;
  • Coca-Cola sem gás;
  • Chá preto fraco açucarado.

Consoante a evolução, inicie a ingestão de alimentos sólidos:

  • Torradas sem gordura;
  • Arroz cozido, cenoura cozida, maça ou pêra cozida;
  • Carne magra cozida ou grelhada.

Evite enquanto não houver recuperação total:

  • Leite ou derivados;
  • Vegetais;
  • Fruta Crua.

Se durar mais de 3 dias, se tem sangue nas fezes, vómitos frequentes ou febre, procure  o médico.

Se não conseguir ajuda médica e houver sangue nas fezes, auto-medique-se com ciprofloxacina 500mg de 12-12h, durante 3 a 5 dias.

Nunca administre antidiarreicos às crianças.

Conselhos de viajante

Conselhos de pré-viagem- Guia prático do viajante

 

EXAME MÉDICO APÓS VIAGEM

Deve consultar o médico quando regressar de viagem no caso de:

  • Sofrer de doença crónica, como por exemplo doença cardiovascular, diabetes mellitus ou doença respiratória crónica;
  • Adoecer nas primeiras semanas após regressar a casa, especialmente com febre, diarreia persistente, vómitos, icterícia, queixas urinárias, doenças de pele ou infecções genitais (nota- o aparecimento de febre após regressar de zona endémica de malária é uma emergência);
  • Ter adoecido com doença infecciosa grave durante a viagem;
  • Ter estado mais do que três meses num país em vias de desenvolvimento.

 

SEGURANÇA

  • Use o bom senso;
  • Não seja excessivamente confiante;
  • Avise sempre alguém sobre o local para onde vai ou deslocar-se;
  • Consuma álcool com responsabilidade;
  • Não use qualquer droga ou substância ilegal;
  • Conheça informações de emergência do país;
  • Evite greves, protestos, mesmo que pacíficos;

 

Fique atento e siga todas as leis locais:

  • Algo ilegal em Portugal pode ser ilegal no país de acolhimento;
  • Você está sujeito a todas as leis locais e processos judiciais.

 

Esteja atento a crimes comuns:

  • Pirataria informática;
  • “Carteiristas”;
  • Roubo em comboios e autocarros (saiba onde está a sua bagagem).

 

Use apenas táxis certificados.

Cuidados de saúde

Guia prático do viajante – Cuidados de saúde

 

INFORMAÇÃO DO SEGURO

 

SEGURO DE SAÚDE E SEGURO DE VIAGEM:

  • Todos os viajantes devem fazer um seguro de saúde pessoa (garantir que a cobertura abrange o repatriamento em caso de doença grave ou morte).

Por exemplo:

  • Leve os cartões de seguro consigo;
  • Guarde os recibos de tratamentos para poder ser reembolsado.

 

COMUNICAÇÃO

  • Cartão de telefone internacional e telemóveis (geralmente é melhor comprar no país quando chegar);
  • Redes sociais;
  • Email, Skype;
  • Defina expectativas realistas de trabalho ou quantas vezes você vai falar com os amigos e família.

 

DURANTE A VIAGEM

O choque cultural acontece a todos: todas as pessoas podem experimentar diferentes graus de choque cultural em momentos diferentes;

Cuide da sua saúde mental: stress, ansiedade, insónia, depressão;

Não esqueça que em alguns países deve vestir-se consoante certas regras;

Atenção à comunicação intercultural e corporal.

 

DINHEIRO

  • Cartões de crédito/ débito;
  • Dinheiro;
  • Diversificar as suas fontes de moeda;
  • Esteja consciente das taxas de ATM e taxas de câmbio;
  • Planeie a viagem com antecedência.
Conselhos de pré-viagem

Vacinas- Guia prático do viajante

 

MITOS – NÃO ESQUECER QUE…

A profilaxia da malária:

  • É bem tolerada;
  • Pode ser feita por longos períodos;
  • Não está associada a aumento da gravidade de um episódio de paludismo;
  • Pode ser feita na gravidez;
  • Não protege totalmente contra o paludismo.

 

 

BOAS VIAGENS!

 

Fonte: Hospital de Curry Cabral (Lisboa). Serviço de Doenças Infecciosas. Consulta de Viajante.

Consultas do Viajante- 2ª a 5ªf, das 14h ás 17h. Marcações por telefone: 217924322/ 217924200

 

João Almeida

Chamo-me João Almeida, moro em Sintra (Portugal), e sou um AMANTE DE VIAGENS. Uma paixão que existe faz longos anos. A minha missão com esta página é de ajudá-lo a realizar o seu próximo destino! Saiba mais sobre mim e sobre o site.

Segue-nos também aqui:

RESERVA DE HOTÉIS

Booking.com

ARTIGOS DE VIAGEM

EXPERIÊNCIAS EM PORTUGAL

- Procurar experiências
O que você quer fazer?

PROMOÇÕES DE VIAGEM

Mapa Hoteis em Portugal

bHotel com Piscina Interior pHotel de Luxo rPousada yTermas e SPA gTurismo Rural