26 Mai

ROTEIRO COMPLETO DE 8 DIAS PARA CONHECER A MITICA ESTRADA NACIONAL 2 – PORTUGAL

 

ROTEIRO COMPLETO DE 8 DIAS PARA CONHECER A MITICA ESTRADA NACIONAL 2 –PORTUGAL

GASTRONOMIA –  TERMAS & SPAS – ENOTURISMO – MONUMENTOS & MUSEUS – RIOS & PRAIAS FLUVIAIS – TRADIÇÕES – FESTAS & ROMARIAS – ROTA DO VINHO DO PORTO – ROTA DAS TERMAS

 

A Estrada Nacional nº 2 atravessa Portugal de Norte a Sul e é a estrada de maior extensão do país, tendo o seu início em Chaves (Km 0) e terminando em Faro (Km 738,5), passando por 11 distritos (Vila Real, Viseu, Coimbra, Leiria, Castelo Branco, Santarém, Portalegre, Évora, Setúbal, Beja e Faro), oito províncias (Trás-os-Montes e Alto Douro, Beira Alta, Beira Litoral, Beira Baixa, Ribatejo, Alto Alentejo, Baixo Alentejo e Algarve), 4 serras, 11 rios e 32 concelhos.

A EN 2 (ou simplesmente N2) – Estrada de Portugal é uma estrada nacional que integra a rede nacional de estradas de Portugal, ligando Faro a Chaves. É a terceira estrada mais extensa do mundo, com 738,5 km, logo a seguir à rota 66 dos Estados Unidos e à rota 40 da Argentina.

 

ESTRADA REAL- ESTRADA MÍTICA DE PORTUGAL- MAIOR ESTRADA DA EUROPA

MAPA DA ESTRADA NACIONAL Nº2 – EN2- PORTUGAL

 

HISTÓRIA

O troço da EN2 confunde-se com a própria história, sendo que muitos segmentos já eram as principais vias romanas que atravessavam a Lusitânia.

Com o passar do tempo, as principais vias foram sendo melhoradas e ligadas umas às outras e até ao final do séc. XIX, grande parte daquela que é hoje a EN2 já era Estrada Real.

Em 1884, o percurso de Faro a Castro Verde passa a designar-se Estrada Distrital nº 128.

Com a implantação da república a estrada chega a Beja e ganha o título de Estrada Nacional nº 17, passando a chamar-se mais tarde a Estrada Nacional nº 19 – 1ª.

Um dos grandes projectos do Estado Novo era a criação de uma estrada que ligasse o país de lés a lés pelo centro, e a partir de 1930 começaram a ser alcatroados os troços de pedra e de terra e construídas as ligações necessárias, até que em 1945 é classificada a Estrada Nacional nº 2 através do Decreto-lei 34:593 de 11 de Maio de 1945.

O troço que liga Almodôvar a São Brás de Alportel foi, em 2003, classificado como Estrada Património devido ao riquíssimo património que a envolve, fazendo parte da primeira edição em livro das estradas património em Portugal, lançado pelas Infra-estruturas de Portugal.

Na Foz do Dão, Santa Comba Dão, a estrada atravessava a imponente Ponte Salazar que estabelece também os limites dos concelhos de Santa Comba Dão, Penacova e Mortágua, divide os distritos de Coimbra e Viseu e separa a Beira Litoral da Beira Alta, hoje submersa pela Barragem da Aguieira. O trajecto efectua-se actualmente pela ponte resultante do paredão da barragem.

 

Estrada Nacional 2- Portugal

EN2-Chaves a Faro (KM500- Ciborro)

 

Um roteiro diversificado, para conhecer as tradições e costumes de Portugal!

 

GASTRONOMIA

Portugal tem uma gastronomia tão rica e variada como a sua paisagem. O melhor peixe do mundo, pescado na sua extensa costa atlântica, a cataplana, ou a caldeirada de peixe.

Conforme a região encontra uma extensa gastronomia. As tripas à moda do Porto, as iscas lisboetas, as alheiras de Mirandela, a sopa de tomate  ou o ensopado de borrego do Alentejo. Os diversos queijos e enchidos, as sardinhas, o bacalhau ou o cozido à portuguesa acompanhado dos bons vinhos portugueses. E para finalizar os doces regionais e conventuais das regiões do Minho ao Algarve!

 

Estrada Nacional 2- Portugal

EN2- KM738- Faro – Portugal

 

TERMAS

Segundo a definição, são estâncias ou complexos termais onde emergem uma ou mais águas minerais naturais (águas minero-medicinais) adequadas à prática de termalismo. Permitem tratamentos de saúde e bem-estar, para recuperar as energias da vida quotidiana ou cuidar da sua imagem.

 

Hotel Termas da Curia- Portugal

 

Algumas termas que ficam situadas próximo da EN2:

 

Termas de Alcafache (Viseu)

Situada no vale do rio Dão, a oito quilómetros de Viseu, estas termas possuem o Spa Termal, o Spa Vinoterapia, as massagens com pedras quentes e a piscina individual com jacuzzi e essências, entre outras possibilidades.

Indicações terapêuticas: Doenças músculo-esqueléticas, reumatológicas, pneumologia, otorrinolaringologia, stress ou fadiga.

Tratamento: Aplicação de lamas, duche de jacto, duche Vichy, duche de agulheta, hidromassagem em banheira e piscina,  irrigação nasal, aerossóis, nebulizações, banho turco, entre outros.

Morada: Alcafache- Viseu > tel: 232 479 797

 

Termas da Curia (Curia)

A vinte e cinco quilómetros de Coimbra encontramos as Termas da Curia. Uma vasta área envolvente convida a umas férias relaxantes.

Indicações terapêuticas: Doenças metabólico-endócrinas, infecções urinárias, hipertensão arterial, doenças reumáticas e músculo-esqueléticas.

Tratamento: Banho de imersão, duche Vichy, circular e de leque, hidromassagem, banho turco,  sauna, massagens.

Morada: Termas da Curia– Tamengos > tel: 231 519 825

 

Termas de São Pedro do Sul (Viseu)

A poucos quilómetros de Viseu, possui tratamento inovadores, na área de saúde e bem-estar, além de programa de actividades especialmente para crianças.

Indicações terapêuticas: Problemas músculo-esqueléticas, reumatológicos, das vias respiratórias e do sistema nervoso.

Tratamento: Nebulização, aerossóis, duche Vichy, hidromassagem, imersão global e com bolha de ar, aerobanho, irrigação nasal, inalação, entre outros.

Morada: Termas de São Pedro do Sul – S.Pedro do Sul > tel: 232 720 300

 

Termas da Felgueira (Canas de Senhorim- Viseu)

No Vale do Alto Mondego em Canhas de Senhorim (distrito de Viseu) esta estância possui programas diversos de bem-estar e beleza.

Indicações terapêuticas: Problemas das vias respiratórias e doenças crónicas do sistema musculo-esquelético.

Tratamento: Nebulização, duche Vichy e de jacto, hidromassagem, pressoterapia, massagens, entre outros.

Morada: Termas da Felgueira – Canas de Senhorim> tel: 232 941 060

 

Termas de Monchique (Algarve)

Na serra de Monchique, a poucos quilómetros de Portimão, encontra o Complexo Termal das Caldas de Monchique. Oferece uma vasta gama de programas e tratamentos de beleza e saúde.

Indicações terapêuticas: Afecções  das vias respiratórias  e músculo-esqueléticas.

Tratamento: Aplicação de lamas, duche de jacto, duche Vichy, hidromassagem em banheira e piscina, massagem geral e localizada, hidropressoterapia, irrigação nasal, aerossol sónico, nebulizações, entre outros.

Morada: Complexo Termal Caldas de Monchique Algarve > tel: 282 910 910

 

ENOTURISMO

De Norte a Sul, passando pelo Centro e Litoral, é possível percorrer as diferentes regiões vitivinícolas através de cerca de 20 regiões distintas.

Rota do Vinho é uma forma de conhecer cada região de Portugal, através do Vinho e da sua Cultura.

Quintas, adegas, restaurantes, unidades de alojamento e empresas de animação turística, são algumas das actividades e itinerários para tornar a sua experiência única e memorável.

Ao percorrer uma das Rotas de Vinho de Portugal pode desfrutar de praias e  montanhas, vales e rios, num país com uma vasta paisagem diversificada.

Uma viagem diferente por regiões demarcadas, onde se produzem alguns dos melhores vinhos do Mundo.

 

EN2- Rota do Vinho do Porto- Vila Real- Portugal

 

PRAIAS FLUVIAIS

Portugal é um país repleto de beleza e com a chegada do calor ficamos com aquele bichinho de explorar o que a natureza tem para nos oferecer. As praias fluviais sem dúvida que são um óptimo refúgio não só pelo contacto directo com a natureza, mas também pelas paisagens incríveis que podemos encontrar em algumas delas.

São locais de lazer e bem-estar únicos que, devido ás suas características naturais, proporcionam recantos de enorme beleza.

 

Mora (Alentejo)- Portugal

Passadiços do Parque Ecológico do Gameiro- Cabeção- Portugal

 

Algumas praias fluviais próximo da EN2:

 

Aldeia do Mato- Abrantes

Situada na Albufeira de Castelo de Bode, é uma praia com completas infra-estruturas de apoio.

Carvoeiro- Mação- Santarém

Em Mação fica a praia fluvial com óptimas infra -estruturas. Um extenso relvado e parque de merendas.

Góis- Arganil

A praia fluvial em Góis, fica situada na região de Arganil e dispõe de boas infra-estruturas de  apoio.

 

PARQUES DE CAMPISMO

De Norte a Sul do País são diversos os parques de campismo disponíveis. Desde os que se situam perto de barragens, aos que se inserem em parques naturais, ou ficam ao lado de uma praia fluvial. Várias soluções à sua escolha!

 

EN2- Próximo de São Braz de Alportel – Portugal

 

Algumas parques de campismo próximo da EN2:

Parque da Markádia

Barragem de Odivelas
Alvito- Ferreira do Alentejo
Tel. 284 763 141
www.markadia.net

Fica mesmo junto da albufeira de Odivelas, numa península de 10 hectares podendo servir até 480 pessoas. O único senão é o chão duro, o que dificulta a montagem da tenda.

 

FESTAS E  ROMARIAS

A tradição portuguesa é uma herança ímpar de bens culturais e costumes do país.

As Festas e Romarias de Portugal incluem uma enorme variedade de gastronomia tradicional, foclore ou artesanato local.

 

EN2- Casa de Cantoneiros – Portugal

 

ROTEIRO- EXPERIÊNCIA TOTAL

 

DIA 1- Lisboa/Porto» Chaves

DIA 2- Vidago» Vila Real

DIA 3- Lamego» Viseu

DIA 4- Penacova » Sertã

DIA 5- Ponte de Sor» Mora

DIA 6- Mora

DIA 7- Montemor-o-Novo» Loulé

DIA 8- Faro » Lisboa/Porto

 

DIA 1- LISBOA/ PORTO» CHAVES

Deslocação: Autocarro» Automóvel» Comboio

 

DISTÂNCIA/ TEMPO DESLOCAÇÃO:

439kms- 5h (Lisboa- Chaves)

 

CHAVES

Chaves é uma cidade portuguesa do Distrito de Vila Real, Região Norte, sub-região do Alto Tâmega, com cerca de 18 500 habitantes no seu perímetro urbano, sendo por isso a segunda maior cidade do Distrito de Vila Real.

 

EN2- KM1- Chaves- Portugal

 

EN2- KM0- Tradicionais varandas de Chaves- Portugal

 

PONTOS DE INTERESSE:

MANHÃ:

Viagem até Chaves

 

TARDE:

Zona histórica: Castelo & Varandas Tradicionais de Chaves (ALTERNATIVA: Termas de Chaves)

 

RESTAURANTES:

Adega Faustino- Chaves

A Talha- Chaves

O Forno- EN2- Vilarinho de Samardã

Chaxoila- EN2- Borralha

 

EN2- KM0- Câmara Municipal de Chaves- Portugal

 

HOTÉIS:

Hotel Casino de Chaves- Chaves

Hotel Aquae Flaviae- Chaves

Hotel Forte de S.Francisco (Chaves)

 

EN2- KM0- Castelo de Chaves- Portugal

 

DIA 2- VIDAGO » VILA REAL

 

DISTÂNCIA/ TEMPO DESLOCAÇÃO:

79kms- 1:30h (Chaves – Vila Real)

 

VIDAGO

Vidago está situada a quinze quilómetros de Chaves, sede do concelho a que pertence. Fica na zona sul da circunscrição, sendo atravessada pela estrada nacional nº2. A vila está localizada no fundo de um vale apertado onde confluem o rio Avelames e a Ribeira de Oura, em cujas margens se plantam videiras. Em volta estão as serras do Alvão e da Padrela.

Vidago é ainda conhecido pelas suas águas termais e pelo ex-libris da vila: Vidago-Palace Hotel. As águas de Vidago, muito especialmente as da nascente n.º 1, de uma alcalinidade superior a qualquer água portuguesa, excedem também em alcalinidade a de Vichy. Na Europa só há outra estância, onde se dão injecções de água viva, Uriage (França). Tais injecções são intramusculares, para a cura de eczemas, coriza hidroreica, urticária, bronquites, asma, etc.

 

EN2- Vidago- Portugal

 

Melhores hotéis de Portugal

Vidago Palace Hotel – Portugal

 

VILA REAL

Vila Real (por vezes dita Vila Real de Trás-os-Montes) é uma cidade portuguesa e capital do Distrito de Vila Real, situada na Região Norte e sub-região do Douro e na antiga província de Trás-os-Montes e Alto Douro, com cerca de 30 000 habitantes no seu perímetro urbano (2012). É capital da província tradicional de Trás-os-Montes e Alto Douro.

Crescida num planalto situado na confluência dos rios Corgo e Cabril, a cidade está enquadrada numa bela paisagem natural (Escarpas do Corgo), tendo como pano de fundo as serras do Alvão e, mais distante, do Marão. Com mais de setecentos anos de existência, Vila Real foi outrora conhecida como a “Corte de Trás-os-Montes”, devido ao elevado número de casas brasonadas que então tinha.

 

Estrada Nacional N2- Portugal

Casa do Cantoneiro- EN2- Vila Real

 

EN2- Entrada do Palácio de Mateus- Vila Real- Portugal

 

Vila Real- Portugal

 

PESO DA RÉGUA

Aqui foi criada a Companhia Geral das Vinhas do Alto Douro (actual sede do Museu do Douro) em 1756 pelo Marquês de Pombal, tendo este mandado delimitar as vinhas do Vale do Douro com marcos de granito (Marcos de Feitoria), criando a primeira região demarcada e regulamentada do mundo no Douro.

Poderá observar a deslumbrante paisagem através do miradouro com vistas sobre o Rio Douro – Miradouro de São Leonardo da Galafura.

 

EN2- Região da Régua- Portugal

 

PONTOS DE INTERESSE:

 

MANHÃ:

Igreja Românica de N. Sra. Conceição- Vidago

Vidago Palace

 

TARDE:

Quinta do Zimbro (ou outras similares) – Peso da Régua

Museu do Douro- Régua

 

RESTAURANTES:

Castas e Pratos- Peso da Régua

 

HOTÉIS:

Vidago Palace- Vidago

Hotel Régua Douro- Peso da Régua

Quinta de Arcossó- Vila Real

Hotel Miracorgo- Vila Real

Pedras Salgadas SPA& Nature Park- P.Salgadas

Hotel Régua Douro- Peso da Régua

 

ADEGAS COOPERATIVAS

Palmeirim D’ Inglaterra- Faioura- Soc. Vitivinícola, Lda. (Faiões- Chaves)

Head Rock- Estrada Nacional nº2- nº25 (Adega em Vila Pouca de Aguiar)

Caves de Santa Marta de Penaguião (www.quintadosavidagos.com)

H.O.- Horta Osório Wines- Quinta do Pontão- Cumieira (Santa Marta de Penaguião)

Quinta Vale Dornas- Sergude- Godim

Quinta Santa Júlia- Loureiro

Quinta Seara d’ Ordens- Poiares (Peso da Régua)

Quinta do Zimbro- Vilarinho dos Freires (Peso da Régua)

 

Douro-Portugal

Peso da Régua- Portugal

 

VIAGEM:

Chaves» Vila Real: 61km-1:20h

Vila Real» Peso da Régua: 22km; 0:30’

Palácio Mateus(2km de V.Real)

Vila Real» Viseu (89km; 2h)- curvas

 

DIA 3- LAMEGO» VISEU

 

DISTÂNCIA/ TEMPO DESLOCAÇÃO:

102kms – 2:30h (Vila Real- Viseu)

 

LAMEGO

Concelho do distrito de Viseu, fica localizado a 116km do Porto e 358km de Lisboa.

Considerada uma cidade histórica e monumental, pois possui uma grande quantidade de monumentos, igrejas e casas brasonadas, sendo também uma diocese portuguesa.

 

EN2- KM100- Lamego- Portugal

 

Portugal

Mosteiro de N.Sra. dos Remédios- Lamego

 

VISEU

Cidade capital de distrito situada a 292km de Lisboa e 133 km do Porto, tem uma história repleta de acontecimentos, sendo uma das cidades mais antigas de Portugal. Por aqui passaram Celtas, Romanos, Muçulmanos e por fim os Cristãos.

Uma cidade-museu com igrejas que marcam a paisagem urbana, casas históricas, museus ou o seu belo centro histórico.

Descobrir Portugal

Viseu – Portugal

 

PONTOS DE INTERESSE:

 

MANHÃ:

Quinta do Zimbro (ou outras similares) – Peso da Régua; ALT. Museu do Douro- Régua; ALT. Quinta da Pacheca- Cambres (Lamego);

 

TARDE:

Santuário de N.Sra. dos Remédios (séc.XVIII) & Sé Catedral – Lamego; Catedral de Viseu (séc.XIII-XIV) OU Museu Grão Vasco – Colecção de pintura do séc.XV de Vasco Fernandes (Grão Vasco)

 

RESTAURANTES:

Vindouro- Lamego

Adega Matos- Lamego

Muralhas da Sé- Viseu

Casa Arouquesa- Repeses- Viseu

 

EN2- Viseu – Restaurante Forno da Mimi- Portugal

 

HOTÉIS:

Hotel Lamego- Lamego

Vila Galé Douro- Lamego

Montbelo Viseu hotel & Spa- Viseu

Hotel Palácio dos Melos- Viseu

Pousada de Viseu

Hotel Monte Rio Agueira- Barragem da Aguieira- Mortágua

Hotel Rural Casa dos Viscondes de Várzea – Lamego

 

Pousada de Viseu - Portugal

Pousada de Viseu – Portugal

 

DIA 4- PENACOVA » SERTÃ

 

DISTÂNCIA/ TEMPO DESLOCAÇÃO:

184kms- 3h (Saída: 9:00h)

 

PENACOVA

A lampreia é o produto chave da gastronomia de Penacova, atraindo muitas pessoas ao concelho. Outros pratos famosos são o arroz de míscaros e o serrabulho. Além dos doces, salientam-se as Nevadas de Penacova e os Pastéis de Lorvão, à base de ovos e miolo de amêndoa. No alto concelho é tradicional a chanfana e o arroz de fressura, ambos de ovelha.

 

Chanfana - Gasdtronomia de Coimbra

Chanfana -Penacova – Portugal

 

GÓIS

Góis é uma vila portuguesa no Distrito de Coimbra, região Centro e sub-região do Pinhal Interior Norte, com menos de 2 000 habitantes, e banhada pelo rio Ceira.

O município é limitado a norte pelo município de Arganil, a leste por Pampilhosa da Serra, a sudoeste por Pedrógão Grande e por Castanheira de Pera, a oeste pela Lousã e a noroeste por Vila Nova de Poiares.

A praia da Peneda, a Praia Fluvial das Canaveias e a Praia Fluvial do Pego Escuro são pontos turísticos de interesse.

 

EN2- Góis- Portugal

 

SERTÃ

A Sertã é uma vila portuguesa pertencente ao distrito de Castelo Branco, região Centro, sub-região do Pinhal Interior Sul e diocese de Portalegre e Castelo Branco, com cerca de 5 500 habitantes, sendo a principal vila do Pinhal Interior Sul.

A gastronomia da Sertã é muito rica. Destacam-se os maranhos e o bucho recheado, sendo de referir, ainda, a presença do cabrito estonado, que apesar de ser um símbolo gastronómico de Oleiros, enriquece a mesa sertaginense desde tempos imemoriais. Na doçaria: Cartuchos à moda de Cernache do Bonjardim.

 

EN2- Restaurante Ponte Velha- Sertã- Portugal

 

PONTOS DE INTERESSE:

 

MANHÃ:

Águas das Caldas de Penacova OU Termas das Caldas de Penacova OU Penedo de Castro; Vila Nova de Poiares – Gastronomia: “Chanfana” OU Góis (Praia Fluvial);

 

TARDE:

Mosteiro de Lorvão- Monumento Nacional;  Ponte Velha; Capela de N. Sra. Remédios- Sertã

 

RESTAURANTES:

Restaurante Alvaro´s- Góis

O Burgo- Lousã

Restaurante Ponte Velha- Sertã

 

EN2- Zona do distrito de Coimbra – Portugal

 

HOTÉIS:

Grande Hotel do Luso- Luso

Palácio da Lousã- Boutique Hotel- Lousã

Hotel Convento da Sertã- Sertã

 

DIA 5- PONTE DE SOR» MORA

 

DISTÂNCIA/ TEMPO DESLOCAÇÃO:

124kms- 2h (Sertã- Mora)

 

PONTE DE SOR

A origem do nome da cidade, deve-se à existência da ponte romana sobre a ribeira de Sor, sendo esta o ex-líbris do município.

Dos principais monumentos históricos, destaca-se a ponte oitocentista sobre a ribeira de Sor; a Igreja Matriz, do século XVII, reedificada após um incêndio e que apresenta um belo altar de ferro forjado na janela da sacristia; a Capela do senhor das Almas; o edifício dos antigos Paços do Concelho, erguido em 1886; e a antiga Fábrica de Moagem de Cereais e Descasque de Arroz, hoje um moderno centro cultural onde funciona a Biblioteca Municipal, o Arquivo Histórico Municipal e o Centro de Artes e Cultura – um centro de exposições de arte.

A cidade de Ponte de Sor está dotada de um cine-teatro, com excelentes condições, com linhas arquitectônicas “Art Deco”.

No município de Ponte de Sor, mas fora do seu núcleo urbano, encontram-se, por exemplo, a Igreja da Misericórdia de Galveias, classificada como Imóvel de Interesse Público; a Igreja da Misericórdia Montargil ou ainda a Capela de Santo António de Montargil.

Aconselha-se ainda a visita, na cidade de Ponte de Sor, à moderna e muito agradável Zona Ribeirinha.

 

EN2- Rio Mondego- Portugal

 

MONTARGIL

A Barragem de Montargil localiza-se no distrito de Portalegre, concelho de Ponte de Sôr, freguesia de Montargil.

Pertence à bacia hidrográfica do rio Tejo, e situa-se na ribeira de Sôr. Foi projectada pela Direcção-Geral dos Serviços Hidráulicos em 1954 e ficou concluída no ano de 1958. Actualmente é propriedade da Associação de Regantes e Beneficiários do Vale do Sorraia e, conjuntamente com a barragem de Maranhão e a barragem de Magos alimenta o Canal do Sorraia. A barragem tem uma capacidade de 164,3 hm³ e a sua área inundada é de 1646 hectares. Possui uma capacidade de descarga máxima de 765 m³/s. O comprimento do coroamento é cerca de 427 m, com um volume de aterro de 858000 m³ e uma altura acima do terreno natural de 36 m. Possui uma central hidroeléctrica equipada com uma turbina Francis que produz em ano médio 5,9 GWh.

A albufeira da barragem é muito utilizada na prática de desportos náuticos, na pesca desportiva e para as atividades relacionadas com a natureza como a Observação de aves.

 

EN2- KM450- Montargil

 

EN2- KM450- Montargil- Portugal

 

PONTOS DE INTERESSE:

 

MANHÃ:

Picoto Rainho – Centro Geodésico de Portugal- Vila de Rei; Barragem de Montargil OU Maior Mosaico de Cortiça do Mundo (Centro de Artes) – Ponte de Sor;

 

TARDE:

Grutas do Escoural; Museu do Chocalho- Alcáçovas

 

Rota da Estrada Nacional nº2 (EN2)- Portugal

 

RESTAURANTES:

Retiro do Mocho- Foros do Mocho- Montargil

O Olivença- Ponte de Sor

Petisqueira Alentejana- Ponte de Sor

Quadrifonia- Ponte de Sor

Oficina d’ Anjos- Tapas&Vinhos- Montargil

 

ADEGAS COOPERATIVAS

Casa de Sarmento, SA- Sernadelo (Mealhada)

Fonte de Avis- Soc. Agrícola, Lda- Figueira de Barros (Avis)

Fundação Abreu Callado- Benavila (Avis)

Herdade da Anta de Cima- Ponte de Sor

 

HOTÉIS:

Herdade da Sanguinheira- Longomel- Ponte de Sor

Herdade do Chamusquinho- Foros do Mocho- Montargil

Montargil Monte Novo- Montargil

 

Alentejo- Portugal

Lago Montargil & Villas – Portugal

 

DIA 6- MORA

 

História e localização 

A vila de Mora está inserida no distrito de Évora. É data incerta a formação do município, mas pensa-se ter sido constituída no início do século XVI. Mora fica situada a 110kms de Lisboa (cerca de 1:20h desde Lisboa), 57kms de Évora; 22kms de Montargil e a 100kms de Badajoz.

O concelho de Mora é constituído por 4 freguesias: Mora, Brotas, Cabeção e Pavia.

Um destino turístico de referência nacional, repleta de tradições e progresso!

 

Pontos principais de interesse:

Santuário de Brotas e Casas de Romaria; Igreja da Misericórdia (séc.XVII) em Pavia; Anta Capela de S.Dinis em Pavia; Casa-Museu Manuel Ribeiro de Pavia; Parque Ecológico do Gameiro/Passadiço; o Museu Interactivo do Megalitismo e o Fluviário de Mora.

 

Mora (Alentejo)- Portugal

Mora (Alentejo)- Portugal

 

MORA

 

Museu Interactivo do Megalitismo

Localizado praticamente no centro da vila de Mora, a escassos quilómetros do Fluviário, o Museu do Megalitismo, único a nível nacional, é a concretização de um sonho antigo da autarquia (inaugurado em 2016), no sentido da valorização do vasto e riquíssimo património megalítico existente no Concelho.

O termo “Megalitismo” foi a designação atribuída pelos arqueólogos a um conjunto de monumentos pré-históricos contruídos com recurso a grandes (MEGA) pedras (LÍTICOS), sendo que Portugal possui uma enorme quantidade desses vestígios.

O Museu Interactivo do Megalitismo de Mora resgata uma infraestrutura historicamente importante para a população, a antiga Estação do Caminho de Ferro. A inovação, o dinamismo e a interactividade marcam a diferença neste equipamento único a nível nacional. Um espaço de cultura e lazer, cuja exposição permanente dá a conhecer o legado arqueológico da região, resultado do vasto trabalho desenvolvido ao longo dos anos. A criação desta nova valência representa também o crescimento da oferta turística e sócio-económica do Concelho, funcionando como complemento à já existente, como é o caso do Fluviário de Mora.

 

Horário: 3ª Feira a Domingo (excepto Feriados) 10h00 – 17h30 (última entrada às 17h00)

Telefone: 266 439 074

Site: www.museumegalitismomora.pt

Email: geralmegalitismo@cm-mora.pt

Freguesia: Mora

Morada: Largo dos Caminhos de Ferro, 1- Mora

Coordenadas: 38.946870, -8.161086

Preçário: Criança (3-12 anos)- 4,90€; Adulto- 7,20€; +65 anos- 5,20€

Museu Int. Megalitismo+ Fluviário de Mora » Criança (3-12 anos)- 7€; Adulto- 10€; +65 anos- 8€. Existem descontos para famílias, grupos e pessoas portadoras de deficiência.

 

Mora (Alentejo)- Portugal

Homem representativo da era do Megalitismo- Museu Interactivo do Megalitismo- Mora

 

CABEÇÃO

 

Fluviário de Mora

O Fluviário de Mora é um aquário público dedicado aos ecossistemas de água doce, privilegiando o conhecimento da sua diversidade, importância e relação com a humanidade. Foi inaugurado a 21 de Março de 2007 e ao longo da visita ficará a conhecer algumas das espécies dulciaquícolas de Portugal da nascente até à foz, outras que ocorrem na Península Ibérica, e também da bacia hidrográfica do rio Amazonas e dos grandes lagos africanos do vale do Rift. Com a água doce como tema transversal a diversas áreas de conhecimento e culturas, a visita a este aquário é um local de sensibilização para cuidarmos desses ecossistemas que albergam uma enorme diversidade, apesar da água doce disponível em estado líquido à superfície constituir somente 0,01% de toda a água do planeta Terra.

Horário: 2ª a Domingo Verão 10h00 – 19h00 Inverno 10h00 – 17h00

Telefone: 266 448 130

Site: www.fluviariomora.pt

Email: geral@fluviariomora.pt

Freguesia: Cabeção

Coordenadas: 38.955698, -8.106687

Preçário: Criança (3-12 anos)- 2,50€; Adulto- 5€; +65 anos- 3,50€

Museu Int. Megalitismo+ Fluviário de Mora » Criança (3-12 anos)- 7€; Adulto- 10€; +65 anos- 8€. Existem descontos para famílias, grupos e pessoas portadoras de deficiência.

 

Mora (Alentejo)- Portugal

Carpas no Fluviário de Mora

 

Parque Ecológico do Gameiro

O Parque Ecológico do Gameiro possui uma extensa área para actividades de ar livre, onde encontra além do Fluviário, um parque aventura, campo de jogos/arborismo, parque de campismo, praia fluvial,  percurso fluvial e apoio para desportos náuticos.

O percurso do Gameiro permite visualizar a fauna e flora da região. Na fauna poderá observar a lontra, garça-real, galinha-de-água, guarda-rios e pato-real. Na Ribeira da Raia, espécies como a carpa, enguia, boga, pimpão, perca, achigã e bordalo.

Engloba duas zonas (total 5500m): a parte Ribeirinha com 2930 metros (1500 metros de passadiço de madeira), 1430 metros em trilho e a Zona do Montado (2570 metros). Encontrará ao longo de percurso diversas placas informativas sobre as diferentes espécies de aves, anfíbios e flora típica da região.

 

Mora (Alentejo)- Portugal

Passadiços do Parque Ecológico do Gameiro

 

Mora (Alentejo)- Portugal

Passadiços do Parque Ecológico do Gameiro

 

PAVIA

Pavia conserva uma importante riqueza histórica e arquitectónica, com diversos locais de interesse, com especial destaque para a Anta-Capela de S.Dinis e a Casa Museu Manuel Ribeiro de Paiva. A Igreja Matriz de S.Paulo (séc.XVI); a Igreja da Misericórdia (séc.XVII); os antigos paços do concelho (séc.XVI); a Torre do Relógio e o Coreto são os pontos principais de interesse que deve conhecer!

 

Mora (Alentejo)- Portugal

Anta-Capela de S.Dinis – Pavia

 

Anta-Capela de S.Dinis

É uma das maiores Antas da Península Ibérica, considerada monumento nacional desde 1910. É um monumento megalítico funerário transformado em capela no séc.XVII. Apresenta uma câmara poligonal composta por 7 esteios de grandes dimensões. A Anta-Capela de São Dinis foi adaptada a templo católico durante a Idade Média, dedicada a São Dinis.

 

Casa-Museu de Manuel Ribeiro de Pavia

A Casa-Museu Manuel Ribeiro de Paiva, é um espaço dedicado à vida e obra deste importante pintor da vila, onde estão expostas diversas obras do artista.

 

Mora (Alentejo)- Portugal

Pintura de Manuel Ribeiro de Paiva – Casa-Museu em Pavia

 

BROTAS

Santuário de N.Sra. de Brotas

No séc.XV, devido a uma aparição de N.Sra. e cura milagrosa de uma vaca, tornou-se local de peregrinação.

O edifício tem origem no séc.XVI, data do tecto e da cruz da capela-mor, a qual foi decorada com azulejos no séc.XVII e mármores neoclássicos no reinado de D.Maria I.

 

Mora (Alentejo)- Portugal

Igreja de Nossa Senhora de Brotas – Brotas (Alentejo)

 

RESTAURANTES:

Brotas – Restaurante “O Poço”- Rua 25 de Abril, nº7; tel: 266487155

Cabeção – Restaurante “O Fluviário”- Parque Ecológico do Gameiro; tel: 266446062

Mora – Restaurante “O António”- Rua de S.Pedro, 51-A; tel: 266439156

Pavia – Restaurante “O Forno”-   Rua 25 de Abril, nº2; tel: 266457579

 

Mora (Alentejo)- Portugal

Restaurante “O Poço” em Brotas

 

Pavia (Alentejo)- Portugal

Cabrito assado no forno com migas- Restaurante O Poço- Pavia

 

HOTÉIS:

Hotel Solar dos Lilases (Mora)

Azenhas da Seda- Glamping (Pavia)

 

DIA 7- MONTEMOR-O-NOVO» LOULÉ

 

DISTÂNCIA/ TEMPO DESLOCAÇÃO:

247kms – 4h (Mora- Loulé)

 

MONTEMOR-O-NOVO

A cidade de Montemor-o-Novo foi edificada entre três montes: (o maior) o do Castelo de Montemor-o-Novo, o da igreja da Nossa Senhora da Visitação e o da igreja da Nossa Senhora da Conceição.

 

EN2- Montemor-o-Novo – Portugal

 

EN2- Gruta do Escoural- Montemor-o-Novo- Portugal

 

ALGARVE RURAL 

Pelo interior do Algarve, descubra a natureza genuína, e um rico património natural.

Fontes, igrejas, castelos, pontes romanas, miradouros, barragens e ribeiras, são percursos que poderá percorrer pelo interior do Algarve, pela região de Loulé ou S. Braz de Alportel.

Percorra a Serra do Caldeirão, com os seus contrastes de florestas de eucalipto, sobreiros, pinheiros e os seus campos cultivados de trigo e cevada.

 

Portugal

Algarve Rural

 

PONTOS DE INTERESSE:

 

MANHÃ:

Barragem do Roxo- Ervidel (Aljustrel); Quintas produtoras de vinho alentejano;

TARDE:

Miradouro do Caldeirão – Serra do Caldeirão

 

RESTAURANTES:

Pátio dos Petiscos- Montemor-o-Novo

Fio d’Azeite- Aljustrel

Castro- Aljustrel

 

EN2- Casa Dona Maria- Castro Verde- Portugal

 

EN2- Entrecosto de Porco Ibérico com Migas- Castro Verde- Portugal

 

ADEGAS COOPERATIVAS

Herdade das Soberanas- EN2, Km574- Vinhos Península Setúbal e Alentejo

Herdade do Menir/ Couteiro Mor

Fernando Manuel Roma Pereira Toscano- Quinta da Horta de Chaves- Mora

L’ And Vineyards- EN4- Herdade das Valadas- Montemor-o-Novo

 

HOTÉIS:

Clube de Campo Vila Galé- Albernoa- Castro Verde

Hotel Rural Quinta do Marco (Tavira)

 

VIAGEM:

Mora» Montemor-o-Novo: 47km- 0:46’

Montemor-o-Novo» Ferreira do Alentejo: 76km, 1:15h

Ferreira do Alentejo» Aljustrel: 25km, 0:30’

Aljustrel» Castro Verde: 21km- 0:20’

 

Algarve Rural

Hotel Rural Quinta do Marco- Portugal

 

DIA 8- FARO » LISBOA/PORTO

Deslocação: Autocarro» Automóvel» Comboio

 

DISTÂNCIA/ TEMPO DESLOCAÇÃO:

294kms – 3:30h até Lisboa (Loulé- Lisboa)

 

LOULÉ

É sede do mais extenso e populoso município algarvio, com 763,67 km² de área e 71 000 habitantes (2011), subdividido em 9 freguesias. O município é limitado a norte pelo município de Almodôvar, a nordeste por Alcoutim e Tavira, a leste por São Brás de Alportel, a sudeste por Faro, a sudoeste por Albufeira, a oeste por Silves e a sul tem litoral no Oceano Atlântico.

O município de Loulé engloba duas cidades, Loulé e Quarteira, e nele localiza-se o Santuário de Nossa Senhora da Piedade (Mãe Soberana).

 

Algarve Rural - Portugal

Queda do Vigário- Alte – Loulé – Portugal

 

Algarve Rural

Mercado de Loulé

 

Loulé- Algarve

 

PONTOS DE INTERESSE:

 

MANHÃ:

Mercado de Loulé; Castelo/Museu Municipal de Loulé.

 

TARDE: Viagem de regresso à origem

 

EN2- Km738 – Faro – Portugal

 

Como ir/ reservar?

Escolha o seu alojamento aqui.

Para aluguer de automóvel, aqui.

João Almeida

Chamo-me João Almeida, moro em Sintra (Portugal), e sou um AMANTE DE VIAGENS. Uma paixão que existe faz longos anos. A minha missão com esta página é de ajudá-lo a realizar o seu próximo destino! Saiba mais sobre mim e sobre o site.

Segue-nos também aqui:

RESERVA DE HOTÉIS

Booking.com

Categorias

SEGURO DE VIAGEM

ARTIGOS DE VIAGEM

PROMOÇÕES DE VIAGEM

RESERVA DE VOOS/ HOTÉIS

RESERVA AUTOMÓVEL

BILHETES PARA ACTIVIDADES

GOOGLE TRANSLATE

AMANTES DE VIAGENS

Grupo nº1 Facebook- Viagens - PORTUGAL

SIGA-NOS NO FLICKR

Mapa Hoteis em Portugal

bHotel com Piscina Interior pHotel de Luxo rPousada yTermas e SPA gTurismo Rural