15 Set

REGIÃO DEMARCADA DO DOURO

RIO DOURO, ZONA DEMARCADA DO DOURO E ALTO DOURO VINHATEIRO

Douro- Portugal

“O Doiro sublimado. O prodígio de uma paisagem que deixa de o ser à força de se desmedir. Não é um panorama que os olhos contemplam: é um excesso da natureza…”

 

Começa assim um poema de Miguel Torga (in “Diário XII”) sobre a beleza sublime do Douro e das suas encostas…e de facto, é uma região de rara beleza, incansável e de tirar o fôlego…não tenho dúvidas que seja uma das paisagens mais bonitas do mundo…para mim é-o certamente, a região do país que mora no meu coração e que levo para todo o lado comigo, desde as terras de Miranda do Douro até à foz na divisão das cidades do Porto e Vila Nova de Gaia…

A imensidão da beleza da paisagem é ditada pelo curso natural do rio e, na zona dos vinhedos que se elevam do Rio Douro, deve-se também à capacidade e determinação do homem em domar os declives acentuados das suas encostas. O Rio Douro é generoso e traz ainda mais vida, servindo de refúgio a dezenas de animais, muitos dos quais, hoje, raros. A região do Alto Douro Vinhateiro é uma monumental escadaria de terraços, socalcos e patamares, tornando-a assim única no mundo e de uma beleza assombrosa.

Douro- Portugal

“…Socalcos que são passadas de homens titânicos a subir as encostas, volumes, cores e modulações que nenhum escultor, pintor ou músico podem traduzir, horizontes dilatados para além dos limiares plausíveis da visão. Um universo virginal, como se tivesse acabado de nascer, e já eterno pela harmonia, pela serenidade, pelo silêncio que nem o rio se atreve a quebrar,…”

 

…continua  o poema…

Douro- Portugal

“…ora a sumir-se furtivo por detrás dos montes, ora pasmado lá no fundo a reflectir o seu próprio assombro. Um poema geológico. A beleza absoluta.”

 

Existem várias rotas que pode realizar na Região do Douro como as rotas ligadas à cultura do vinho (Rota do Vinho do Porto e Rota dos Vinhos de Cister), a Rota do Vale do Côa entre outras culturais que existem como a Rota do Românico, fazer diferentes tipos de cruzeiros/passeios de barco ou comboio, trilhas, passeios de carro ou até mesmo fazer algumas destas combinações.

Na zona vinhateira, durante os meses de Setembro/Outubro, várias quintas das afamadas marcas de vinho do Douro possibilitam a participação na confeção do vinho, desde a colheita até ao seu armazenamento. Ao visitar uma quinta pode participar em provas de vinho…o Vinho do Porto, o Moscatel, os vinhos de origem controlada DOC Douro e os vinhos Espumantes fazem as delícias dos apreciadores. É também durante esses meses que os vinhedos ganham várias tonalidades, variando entre o verde e o vermelho-acastanhado tornando a paisagem ainda mais singular e cheia de vida.

Douro- Portugal

Alto Douro Vinhateiro, vinhedos – época de vindimas.

 

A seguir apresento uma rota que realizei de carro no mês de Setembro pelo Alto Douro Vinhateiro, entre o Pocinho e Peso da Régua, após início das vindimas nalgumas áreas da região. O objectivo era fazer um percurso passando pelas várias localidades marcantes do mesmo (Pocinho, Vila Nova de Foz Côa, São João da Pesqueira, Pinhão e Peso da Régua), seguindo pela famosa N222 (cujo troço entre o Pinhão e Peso da Régua foi considerado “a melhor estrada do mundo”) e admirando a paisagem a partir de diferentes miradouros. Parte deste percurso também integra as duas rotas ligadas à cultura do vinho nesta região. Aconselho a fazer este percurso segundo este sentido de forma a ir no sentido junto ao Rio Douro.

Douro- Portugal

Percurso pelo Alto Douro Vinhateiro (entre Pocinho e Peso da Régua, N222).

 

Douro- Portugal

Percurso pelo Alto Douro Vinhateiro (entre Pocinho e Peso da Régua, N222).

 

Pocinho – Início do percurso:

Douro- Portugal

Pocinho – estação ferroviária, terminal da Linha do Douro.

 

Douro- Portugal

Vistas sobre o Rio Douro – aldeia do Pocinho, município de Vila Nova de Foz Côa.

 

Douro- Portugal

Vistas sobre o Rio Douro – aldeia do Pocinho, município de Vila Nova de Foz Côa.

 

Douro- Portugal

Vistas sobre o Rio Douro – aldeia do Pocinho, município de Vila Nova de Foz Côa.

 

Vila Nova de Foz Côa:

A pequena cidade de Vila Nova de Foz Côa engloba dois locais Património da Humanidade classificados pela UNESCO: o Alto Douro Vinhateiro e o Parque Arqueológico do Vale do Côa. Existem alguns miradouros próximos à cidade e outros em algumas localidades nos arredores. Um deles é junto ao Museu do Côa.

Douro- Portugal

Douro- Portugal

 

Pode ainda combinar a sua visita conhecendo o centro histórico da cidade de Vila Nova de Foz Côa e/ou visitar os sítios de arte rupestre e museu ou realizar a Rota do Vale do Côa. Aqui poderá ficar alojado na Quinta do Vallado “Casa do Rio” .

 

São João da Pesqueira:

O concelho de São João da Pesqueira é aquele que apresenta a maior área na zona classificada de Património Mundial e o maior produtor de Vinho do Porto e do Douro.

Douro- Portugal

Vinhedos em São João da Pesqueira.

 

Pode aproveitar para conhecer o centro da vila e os seus monumentos e/ou visitar alguns dos seus miradouros (sendo o de São Salvador do Mundo com vistas sobre o Rio Douro um dos mais conhecidos).

Douro- Portugal

Vistas do Miradouro de Frei Estevão, São João da Pesqueira.

 

Pinhão:

Douro- Portugal

Pinhão

 

É uma pequena vila pitoresca ladeada pelos rios Douro e Pinhão e de uma beleza ímpar.

Douro- Portugal


Confluência do Rio Pinhão (afluente do Douro) com o Rio Douro.

 

É designado de coração do Alto Douro Vinhateiro e o centro da Região Demarcada do Vinho do Porto, onde se localizam muitas das afamadas quintas que produzem o famoso néctar.

Douro- Portugal

Vila do Pinhão – Centro da Região Demarcada do Vinho do Porto.

 

vila-do-pinhao-centro-da-regiao-demarcada-do-vinho-do-porto-1

Vila do Pinhão – Centro da Região Demarcada do Vinho do Porto.

 

Douro-Portugal

Quinta de marca produtora de Vinho do Porto.

 

Douro-Portugal

Quinta de marca produtora de Vinho do Porto.

 

Devido à sua localização, o Pinhão tornou-se um importante entreposto comercial principalmente para o transporte do Vinho do Porto, primeiro em barcos Rabelo, depois em vagões pela Linha do Douro e finalmente em camiões cisterna.

Os azulejos da estação dos caminhos-de-ferro retratam a azáfama das vindimas.

Douro- Portugal

Vinhedo no Pinhão.

 

A vila é convidativa a uma estadia mais prolongada e poderá ficar alojado na “Quinta de la Rosa”, por exemplo.

Douro- Portugal

Vila do Pinhão.

 

Douro- Portugal

Vila do Pinhão.

 

Perto da vila existe um miradouro, em Casal de Loivos e com o mesmo nome.

Douro- Portugal

Vistas do Miradouro de Casal de Loivos.

 

Na continuação da estrada que liga o Pinhão a Casal de Loivos (mas sem virar nesta direcção) pode ir até à aldeia de Favaios, aldeia vinhateira de onde provém um outro delicioso néctar, o vinho Moscatel do Douro, licoroso vinho apreciado mundialmente pela sua doçura e aroma.

 

Peso da Régua:

Aqui foi criada a Companhia Geral das Vinhas do Alto Douro (actual sede do Museu do Douro) em 1756 pelo Marquês de Pombal, tendo este mandado delimitar as vinhas do Vale do Douro com marcos de granito (Marcos de Feitoria), criando a primeira região demarcada e regulamentada do mundo no Douro. Nesta cidade também se localiza a Casa do Douro criada em 1932 como entidade reguladora dos vinhos da região onde, no seu interior, se pode admirar um tríptico de vitrais da autoria do mestre Lino António que retratam a labuta diária da vinha na região duriense.

Douro-Portugal

Peso da Régua.

 

Douro- Portugal

Peso da Régua.

 

Douro-Portugal

Peso da Régua.

 

Já tinha realizado de uma outra vez o percurso de comboio entre o Porto e Peso da Régua…o passeio é feito sempre junto ao rio e com vistas privilegiadas…poderá também efectuá-lo até ao Pocinho.

Douro- Portugal

Estação Ferroviária de Peso da Régua. A bordo do comboio.

 

Douro-Portugal

Estação Ferroviária de Peso da Régua. A bordo do comboio.

 

Douro- Portugal

Passeio de comboio entre Porto e Peso da Régua.

 

No regresso a casa a partir de Peso da Régua ainda houve tempo para uma última paragem num miradouro muito especial com vistas sobre o Rio Douro, o Miradouro de São Leonardo da Galafura.

Douro- Portugal

Vistas do Miradouro de São Leonardo da Galafura.

 

I Douro You!

I Douro You!

 

Seguidamente fala-se um pouco mais acerca do Rio Douro, da sua extensão em Portugal e da delimitação das suas zonas mais importantes, de forma a compreender melhor este território.

 

O Rio Douro é o 2º maior rio de Portugal (e o 3º da Península Ibérica), nasce em Espanha a cerca de 2000 metros de altitude na província de Sória nos picos da Serra de Urbião (Sierra de Urbión) e desagua em Portugal junto às cidades do Porto e de Vila Nova de Gaia.

 

Em Portugal a região do Rio Douro e dos seus afluentes está dividida em 3 sub-regiões: Douro Superior, Cima Corgo e Baixo Corgo.

O Parque Natural do Douro Internacional (e que do lado de Espanha o Parque Natural ganha a designação de Arribes del Duero) faz parte da classificação de “Reserva da Biosfera Transfronteiriça Meseta Ibérica” pela UNESCO, pertencente à sub-região do Douro Superior, abrange a área onde o Rio Douro constitui a fronteira entre Portugal e Espanha, bem como a do Rio Águeda (afluente do Douro) e engloba os municípios portugueses de Miranda do Douro (onde inicia o seu percurso), Mogadouro, Freixo de Espada à Cinta e Figueira de Castelo Rodrigo.

Douro- Portugal

Parque Natural do Douro Internacional.

 

A Região Demarcada do Douro tem uma extensão com cerca de 250.000 hectares ao longo do Rio Douro e de seus afluentes, entre Barqueiros e Barca d’Alva.

Os solos são na sua quase totalidade derivados de xistos mas a individualidade desta região deve-se à sua localização onde as serras do Marão e de Montemuro exercem grande influência, servindo como barreira à penetração dos ventos húmidos de oeste. Situada em vales profundos, protegidos por montanhas, a região tem invernos muito frios e verões muito quentes e secos.

Apesar da UNESCO só ter classificado cerca de 10% deste território como Património da Humanidade, considerou a restante área da Região Demarcada do Douro como “zona tampão” e deu indicações no sentido de nela ser aplicado o mesmo tipo de medidas conducentes à gestão e salvaguarda da paisagem classificada.

 

Fazem parte da região duas das mais significativas áreas do seu território: o Parque Arqueológico do Vale do Côa (classificada como Património da Humanidade em 1998 pela UNESCO) e a região do Alto Douro Vinhateiro (classificada como Património da Humanidade em 2001 pela UNESCO).

Douro- Portugal

Delimitação da Região Demarcada do Douro, Rio Douro e os seus principais afluentes.

 

Douro- Portugal

Delimitação da Região Demarcada do Douro.

 

Douro- Portugal

Delimitação da Região Demarcada do Douro.

 

O Douro Superior engloba principalmente os municípios de Freixo de Espada à Cinta, Torre de Moncorvo, Carrazeda de Ansiães, Vila Flor e Vila Nova de Foz Côa mas também partes dos municípios de Mirandela, Alfândega da Fé, Mêda e Figueira de Castelo Rodrigo.

O Cima Corgo engloba principalmente os municípios de São João da Pesqueira, Alijó, Sabrosa, Tabuaço e também parte do de Murça.

O Baixo Corgo engloba os municípios de Armamar, Peso da Régua, Vila Real, Santa Marta de Penaguião, Lamego, Mesão Frio e ainda Resende.

A cultura da vinha nesta região é algo que vem desde à 3 a 4 mil anos, no entanto, foi durante a ocupação Romana que esta se desenvolveu, juntamente com a cultura da oliveira, frutos secos e cereais. Com a prosperidade comercial e económica da região, a produção do vinho continuou a desenvolver-se, graças ao seu transporte para o Porto através do rio Douro no pequeno barco de madeira – o Rabelo. A assinatura do Tratado de Methuen em 1703 impulsionou o comércio destes vinhos cujo principal destino era o mercado inglês, no entanto, a sua elevada procura pelos ingleses resultou numa adulteração da qualidade dos vinhos. Devido à crise no sector vinícola (a meados do século XVIII) Marquês de Pombal (Secretário de Estado do Reino) viria a mudar a situação económica da região, ao criar a Companhia Geral da Agricultura das Vinhas do Alto Douro em 1756 e a primeira região vitícola regulamentada do mundo, de forma a garantir a qualidade e autenticidade dos vinhos desta região, obtendo a exclusividade na venda do vinho do Porto. Esta região circunscreve a Denominação de Origem Controlada dos vinhos do Porto e Douro.

 

A região do Douro contém duas rotas ligadas à cultura do vinho:

  • A Rota do Vinho do Porto, criada em 1996 pela União Europeia, no âmbito do Programa Dyonisios, inclui cerca de 50 quintas, alojamentos, adegas, caves e restaurantes.

Devido à sua extensa dimensão, a Rota do Vinho do Porto divide-se em três partes: Baixo Corgo (com cerca de 30 locais a visitar distribuídos pelos concelhos de Mesão Frio, Peso da Régua, Santa Marta de Penaguião, Vila Real, Armamar e Lamego), Cima Corgo (18 locais assinalados abrangendo os concelhos de Tabuaço, São João da Pesqueira, Alijó, Sabrosa e Murça) e Douro Superior (apesar do grande número de concelhos – Carrazeda de Ansiães, Vila Flor, Torre de Moncorvo, Freixo de Espada à Cinta, Vila Nova de Foz Côa, Mêda e Figueira de Castelo Rodrigo – nesta zona são listadas apenas duas quintas, ambas em Torre de Moncorvo).

Há, no entanto, mais a conhecer para além da produção vinícola, como a fauna, a flora, monumentos e os vestígios históricos, por exemplo.

 

  • A Rota dos Vinhos de Cister, criada em 2011 na região do Távora-Varosa, engloba oito concelhos: Armamar, Lamego, Moimenta da Beira, Penedono, São João da Pesqueira, Sernancelhe, Tabuaço, Tarouca. A região denominada por “Terras de Cister” encontra-se muito ligada à religião e presente nos vários templos construídos durante a Idade Média. Os monges cistercienses instalaram-se na região a partir do século XII, construindo mosteiros e cultivando as terras (plantando sobretudo videiras). Hoje, as vinhas permanecem no mesmo local, rodeando claustros como o Mosteiro de São João de Tarouca ou o Mosteiro de São Pedro das Águias, em Tabuaço.

 

A região do Alto Douro Vinhateiro, classificada como Património Mundial da Humanidade pela UNESCO, tem cerca de 25.000 hectares (cerca de 10% da região Demarcada do Douro) e engloba os municípios de:

  • Torre de Moncorvo, Carrazeda de Ansiães, Vila Nova de Foz Côa (Douro Superior);
  • São João da Pesqueira, Alijó, Sabrosa, Tabuaço (Cima Corgo);
  • Vila Real, Santa Marta de Penaguião, Peso da Régua, Armamar, Lamego, Mesão Frio (Baixo Corgo).

 

Douro- Portugal

Delimitação do Alto Douro Vinhateiro – Património Mundial.

 

– Texto e fotos de Yolanda Afonso –

 

 

 

 

 

João Almeida

Chamo-me João Almeida, moro em Sintra (Portugal), e sou um AMANTE DE VIAGENS. Uma paixão que existe faz longos anos. A minha missão com esta página é de ajudá-lo a realizar o seu próximo destino! Saiba mais sobre mim e sobre o site.

Segue-nos também aqui:

RESERVA DE HOTÉIS

Booking.com

ARTIGOS DE VIAGEM

EXPERIÊNCIAS EM PORTUGAL

- Procurar experiências
O que você quer fazer?

PROMOÇÕES DE VIAGEM

Mapa Hoteis em Portugal

bHotel com Piscina Interior pHotel de Luxo rPousada yTermas e SPA gTurismo Rural