14 Nov

POUPAR PARA VIAJAR

DICAS DOS AMANTES DE VIAGENS

A melhor informação sobre destinos é aquela que todos os dias são partilhados no nosso grupo de facebook AMANTES DE VIAGENS. Aqui encontra alguma informação útil dos membros, para preparar a sua próxima viagem!

 

 #35 POUPAR PARA VIAJAR

“Não posso viajar porque não tenho dinheiro”. Uma frase por diversas vezes escutada. Excepção feita a casos extremos, a esmagadora maioria das pessoas não viaja mais porque tem outras prioridades  – uma casa, um novo automóvel, a família ou outros motivos. Viajar até pode estar nos seus planos, mas não o leva a a mudar de estilo de vida para que lhes seja possível viajar.

Viajar por vezes exige um esforço para o conseguir. É preciso lutar por esse objectivo. Apenas terá de aprender a economizar. Com algum planeamento, tudo é possível.

Citações e pensamentos em viagem

Citações e pensamentos em viagem

 

Esta foi uma publicação recente dos nossos membros, que explicam formas de poupança para VIAJAR…

 

Questão» Adriana Henriques:Amantes de viagens como fazem para viajar? Fazem empréstimos e vão pagando ou juntam dinheiro? Preciso de dicas. Obrigado”

Paulo Jorge Marques: Fazer empréstimos não me parece boa politica.”

Ana Gonçalves: Trabalho e defino prioridades. Empréstimo não me parece uma boa opção”

Esmeralda Rodrigues:  Todos os meses reservar um x para esse fim, na altura de marcar férias tem o dinheiro para isso, junta-se mais o subsídio de férias e já está “

Sofia Correia Mealheiro: Comecei por algo tão fácil como: sempre me que dão, como troco, moedas de 2, elas vão automaticamente para um recanto da minha mala e posteriormente vão parar ao mealheiro. Pode parecer ridículo mas, pouco a pouco enche a galinha o papo…”

Paulo Jorge Marques: Juntei mais de 1000 num ano a fazer isso”

Guilherme Sá:  Nunca pensei juntar tanto …com tão pouco em poucos meses … a “brincadeira” das moedas de 2 é qq coisa .”

Bia Jaleca: Poupar, todos os dias 2 + subs. Férias”

Sandra Silva:  Pé de meia mensal (não só para viajar mas também em caso de alguma urgência)…com subs férias. Depois viaja se consoante o que se juntou…a n ser que planeie um local especifico e aí calcula quanto tem k juntar para la ir…há sítios que passo 1 ano a juntar..”

Marco Miguel:  Trabalhando num 2 trabalho e dormindo muito pouco nos meses de Verão…”

Liliana Lourenço:  Adriana para se viajar acho que não seja boa opção fazer empréstimo! Eu apenas tento economizar em todo o lado raramente janto fora, saio para beber um copo. Opto por fazer jantar em casa etc etc…. é claro todas as moedas que tenho na carteira ao fim do dia vão parar ao mealheiro!!! Existem inúmeras opções basta ter força!!!”

Adriana Henriques:  Empréstimo também não sou apologista até porque acho que se torna uma bola de neve que só aumenta eu não consigo meter as moedas que tenho na carteira num mealheiro porque ha alturas do mês que só tenho essas moedas”

Liliana Lourenço:  Adriana Henriques pois acredito de facto a vida não é fácil! Mas tente meter 1 por dia num mealheiro sempre dá para alguma coisa”

Cidade do México

Destino de Cidade

 

John Sparrow: “ Normalmente planeio a viagem primeiro e depois num mês compro o bilhete de avião, noutro mes pago o alojamento, e nos outros vou pondo uns trocos de parte até a dita cuja viagem! Acho que é a melhor maneira de se executar isso quando se tem um baixo rendimento!”

Sara Lopes:  Vou juntando ao longo dos meses e depois quando existe alguma boa oportunidade não a perco “

Sandra Oliveira:  nada disso, compro a parte aérea com cerca de nove meses de adiantado para apanhar tarifas económicas, cerca de seis meses antes de viajar começo a reservar e pagar os alojamentos”

Carla Barreiros:  Sou da opinião que não devemos gastar aquilo que não temos. Como tal nunca faria um empréstimo para uma viagem. A nossa estratégia é definir um X mensal que pode ser adaptado ao orçamento de cada um. Todos os meses vamos colocando esse valor de lado e como viajar é uma prioridade nossa não caímos em tentação de lhe mexer. Outra dica para poupar é cortar em gastos extraordinários (jantares fora, idas ao cinema, copos, shopping). No nosso caso optamos por jantar e ver filmes em casa por exemplo… e só compramos o que realmente precisamos.”

Catarina Garrau: Empréstimo para viajar nunca. Se tem vá se não tem, junte e depois vá.
Ou vá pagando aos poucos, os bilhetes num mês, o alojamento noutro. Não me interprete mal…mas já muita gente em maus lençóis por empréstimo bancários para viagens. Além de pagar quase duas viagens invés de uma…”

Ana Sofia:  Junto dinheiro todos os meses. Como se aquele dinheiro não existisse quando recebo o ordenado. Faco sempre a mesma quantia”

Ana Silva:  Entendo acontece a todos acredite por isso é que poupar também serve para isso é vai apenas onde o dinheiro chega . Mas refazendo contas. Menos jantares fora. Menos roupa. Depilação em casa. Cabeleireiros quando mesmo necessário. É o restante vai ver que consegue tem é de ser um esforço nosso.  Claro que de início custa mas quando se gosta de viajar, quando regressa já vai pensar na próxima.
Dou-lhe o meu exemplo…”

Cruise

Cruzeiro

 

Filomena Bento:  Se tiver um Cartão de Crédito, consulte o seu Banco para saber se o mesmo tem a possibilidade de pagar a prestações. Os da CGD têm, mas tem que avisar antes de fazer a compra. A taxa é mais baixa do que a do crédito normal do cartão, pode pagar conforme lhe dá mais jeito (vai até 12 meses) e continua a poder usufruir do plafond normal do seu cartão. Fica sempre mais barato do que fazer um crédito pessoal. Soube há pouco tempo que a Unicre também facilita o pagamento em 3 vezes sem juros. O cartão do Corte Inglês também facilita o pagamento, mas tem que lhes comprar a viagem. Mas eles também têm boas promoções.”

Ana Lúcia Gaspar:  Nunca pediria um empréstimo para viajar. Mas um amigo uma vez disse-me “A única coisa que não é penhorável são as viagens que fazemos, isso ninguém nos tira. Dá que pensar “

Claudia Cabete:  Poupo o ano inteiro e como é obvio tenho de estabelecer prioridades. Menos uns vestidos no armário, menos jantares fora…”

Filomena Bento:  Há uns tempos houve alguém que escreveu que no início do ano começa a juntar. O ano tem 52 semanas e por isso vai juntando euros de acordo com a semana. Na primeira semana guarda 1 euro, na segunda 2 euros na terceira 3 e assim sucessivamente. No próximo ano vou experimentar.”

Filomena Bento:  Fazer uma venda de garagem.”

Moisés Matos Barroso:  Junta moedas em mealheiro. Cada moeda de 0.50 ou 1 que vem ao bolso, vai para o mealheiro. No final de um ano ou dois, conseguirás fazer uma viagem”

Ana Isabel Vieira:  Tenho sempre alguns euros de parte para extras – seja viagens ou outras coisas que sejam necessárias…. controlo e aperto bem os gastos pessoais – roupa, saídas, etc…. tento amealhar todos os meses…. tenho um part-time de vendas por catálogo, cujo lucro também vai para esse “montinho” ….. aproveito promoções…… decido os destinos com antecedência e de forma exequível……”

Patricia Simao:  Viagem só com dinheiro que faço mealheiro, o que conseguir juntar é onde vou, quando regresso de viagem no dia a seguir começo logo um novo mealheiro para a próxima viagem. Mas são mealheiros que não se podem abrir só partindo.”

Sara Teixeira: Com o dinheiro do tabaco. Deixei de fumar passei a viajar”

Nelson Soares:  A melhor forma de poupar, é canalizar um valor mensal para uma poupança. 
Se pedires no teu banco, que te retire 30
do ordenado, directamente para uma poupança, nunca o vais ter à ordem e vais ter de te governar com o que fica. 
No final do ano, terás 360
. 
Juntas o subsídio férias e podes ir para um local muito agradável.
Até com 360
já se voa para alguns sítios. 
A estratégia das moedas, funciona.
Mas como complemento à poupança bancária.
A poupança bancária, é como se estejas a pagar o empréstimo que falaste.
Só que não pagas juros, porque não o estás a pedir a ninguém.
Conheço pessoas que compram viagens e pagam em 3 ou 10x sem juros.
No entanto, é ter dinheiro adiantado.
O ideal é poupar, como se estejas a pagar um empréstimo. “

Filomena Bento:  Actualmente os Bancos não remuneram os depósitos a prazo ou as contas poupança, a menos que sejam muito antigas, as taxas de mercado estão muito baixas. Os certificados de aforro são uma boa opção, e ao fim de 3 meses pode levantar.”

Praia nas Ilhas Mauricias

Destino de Praia

 

Joao Almeida:  Adriana, tem aqui algumas dicas úteis para poder viajar mais: http://amantesdeviagens.com/como-poupar-dinheiro-para…/

POS.DICAPOUPANÇA ANUAL
1Determine as prioridades. Defina o seu plano para começar a poupar
2Prepare as suas refeições em casa. Evite jantar fora
3Partilhe a sua casa com outra pessoa
4Arranja um trabalho em part-time
5Compre coisas em segunda mão
6Venda coisas que já não usa
7Cancele a televisão por cabo
8Evite o álcool nas saídas nocturnas
9Deixe de fumar
10Caminhe a pé ou de transportes públicos (reduza ou elimine o uso do automóvel)
11Elimine as mensalidades do ginásio – Faça exercício ao ar livre
12Crie uma conta separada para onde canaliza as poupanças
13Crie uma rede de amigos no Couchsurfing (trocar de casa em viagem)
14Trabalhe nos países que vai visitando
15Trabalhe online em viagem
16Faça o registo nos diversos sites das principais companhias aéreas
17Pesquise num motor de busca de voos (Momondo/ Skyscanner)
18Procura datas de voos alternativas (evitar épocas de grande procura como o Carnaval ou o fim de ano, sextas-feiras, sábados e domingos e feriados)
19Visite os sites das companhias aéreas que voam para o destino
20Tenha em atenção aos tempos de ligação nos aeroportos e ao número de escalas
21Estude rotas alternativas (com origem em principais cidades europeias)
22Reserve os voos sem hesitar (devido à velocidade com que os preços da aviação se alteram)
23Compre voos com antecedência (6 meses de antecedência p.ex.)
24Pesquise com regularidade (os preços variam sem aviso)
25Crie alertas para diminuir a quantidade de pesquisas necessárias nos motores de busca
26Seja flexível no destino
27Acumule milhas de passageiro frequente
28Veja naquelas suas anotações o que mais pesa no seu orçamento e reflicta sobre o que é dispensável
29Controle o seu impulso consumista
30Evite ir ao cinema
31Mude de plano de telemóvel
32Utilize serviços gratuitos como Whatsapp, Skype ou Viber
33Tente reduzir a conta de electricidade
34Evite o salão de beleza
35Evite beber café fora de casa
36Use um mealheiro
37Faça você a limpeza ao invés de ter uma empregada doméstica
38Compre coisas usadas (Não só em roupas, mas vários tipos de objectos de segunda mão, como livros, tecnologia, móveis…)
39Pare de beber álcool
40Procure lazer gratuito
41Venda as suas coisas desnecessárias
42Venda o seu automóvel
43Trabalhe mais (part-time p.ex., todo essa dinheiro extra vai directo pra poupança da viagem)
44Peça dinheiro de presente
45Inscreva-se em concursos
46Procure viajar fora de época. Se quer viajar para um local que está normalmente cheio de turistas no Verão, faça-o antes no Outono, Inverno ou Primavera e vice-versa.
47Se optar por agências de viagem, estas têm sempre promoções de última hora para acabar de encher aviões e hotéis
48Considere em algumas ocasiões trocar a estadia num hotel, pelo aluguer de um apartamento (principalmente se for dividido entre várias pessoas), permite cozinhar em casa
49Uma forma diferente, mas divertida de viajar economicamente pode passar pela estadia num parque de campismo
50Viaje mais de comboio
51Procure os museus e monumentos nacionais gratuitos na cidade do país que procura visitar
52 Não saia de casa sem uma calculadora. Quando viaja para um país com uma moeda diferente utilize uma pequena calculadora para, na hora de comprar, saber exactamente quanto está a pagar
53Utilize por exemplo um supermercado local para comprar os ingredientes necessários para fazer um piquenique num jardim da cidade ou à beira-mar
54Alugue sempre o carro mais pequeno que a agência tiver disponível
55Compre lembranças em conta ao longo de toda a estadia, verificando uma oferta variada e mais económica e evite adquirir no aeroporto, onde os preços muitas vezes são bastante superiores
56Analise as transportadoras low cost
57Peça desconto sempre que possível
58  Desligue os carregadores da tomada evitando consumir energia
59Não deixe os aparelhos em stand-by
60Use lâmpadas eficientes de elevado rendimento. Tem investimento inicial, mas recuperável a curto prazo
61Troque os seus electrodomésticos velhos por outros de classe eficiente superior (classe A+)
62Se tiver de utilizar, programe o seu ar condicionado do aparelho para desligar depois de algumas horas
63Não use os aparelhos na potência máxima
64Venda o que não quiser mais: Livros, roupas, móveis, computadores
65 Peça emprestado a um vizinho ou amigo quando precisa de algo que só vai usar uma ou duas vezes
66 Faça você mesmo: limpeza da casa, pinturas, pequenos trabalhos de bricolagem
67 Pesquise preços de mercado sobre aquilo que pretende adquirir
68Compre na feira os legumes, frutas e verduras
69Compre aos poucos porque dá para aproveitar as promoções diferentes de cada supermercado
70Nas compras nos supermercados faça uma lista daquilo que necessita adquirir
71Tente as marcas alternativas aos produtos das marcas mais conhecidas dos supermercados
72Corte nas coisas supérfluas do supermercado
73Leve o almoço e o lanche para o trabalho
74Leve bebidas e comida ligeira quando vai à praia
75Utilize os cartões de fidelidade de alguns restaurantes. Conseguirá obter refeições grátis
76Evite compras por impulso, evite passear em centros comerciais/ Shopping
77 Saia para almoçar sem o cartão de crédito evitando a tentação de comprar
78Use a biblioteca
79 Troque livros com amigos
80 Separe um valor específico para cada gasto
81Aproveite os programas de fidelidade e descontos
82Faça actividades ao ar livre gratuitas: desporto, praia, caminhada, piqueniques, exposições, espectáculos de música ao vivo
83Reorganize seu armário experimentando e testando novas combinações
84Compre medicamentos genéricos (caso o seu médico não fizer nenhuma objecção)
85Peça amostras grátis
86Cancele a sua inscrição nos sites de anúncios
87 Pague as suas dívidas no início do mês (e antes de gastar com qualquer outra coisa)
88Levante apenas o dinheiro que precisa
89Esteja atento às promoções das companhias aéreas. Subscreva newsletters das companhias aéreas para receber informações sobre essas promoções
90Se viaja em low cost, procure poupar na bagagem devido às limitações de peso
91Pondere bem a subscrição de seguros
92Fique atento às pequenas despesas. O somatório pode tornar-se elevado
93Se for ao cinema, vá nos dias mais baratos
94Tenha sempre presente a frase “Preciso mesmo disso?” antes de qualquer compra
95Procure informar-se de quais os monumentos e museus gratuitos no destino  da sua viagem
96Obtenha mapas,roteiros e dicas de viagem online
97Volte a negociar os seus seguros (casa, automóvel, saúde)
98Utilize o booking para escolher os melhores hotéis ao mais baixo preço
99Crie alertas nas agências de viagem online, procurando as melhores ofertas
100Siga as diversas dicas do PORTAL AMANTES DE VIAGENS
TOTAL DE POUPANÇA PARA AS SUAS VIAGENS:

 

Susana Almeida:  Eu faço o truque das moedas de 2eur e para alem disso todos os meses tiro dinheiro do ordenado para uma conta poupança… no final do mês, depois de pagar tudo e receber o seguinte ordenado, se “sobrar” dinheiro do mês anterior, também o passo para a conta poupança!
Mas nunca pediria um empréstimo para viajar… “no money no fun…”. Se bem que conheço gente que faz isso”

Catia Quintino:  Aqui está um ajudinha é só por em prática” 

Poupar para Viajar @ credits Cátia

Poupar para Viajar @ credits Cátia Quintino

 

Ana Silva:  É se for feito pelo casal em dobro é o dobro. Brutal”

Diana Pereira:  Empréstimo nunca! Eu faço assim: analiso os preços das companhias áreas e adequo o destino ao que realmente posso pagar, compro o bilhete com antecedência após muita pesquisa das datas localização etc. Depois reservo o alojamento tentando o mais barato possível e perto das atracções turísticas, ando muito a pé e só utilizo transportes públicos, poupo nas refeições.”

Diana Pereira:  É preciso pesquisar comparar etc. E analisar como queres ir eu normalmente invisto mais nas atracções turísticas do que no hotel e refeições mas são opções”

Ines Casqueiro:  Eu não faço mas há quem faça couchsurfing, uma forma de se viajar sem se pagar alojamento, conhecem-se pessoas locais, fazem-se novos amigos… www.couchsurfing.com

Raquel Laranjeiro:  Quando era estudante, trabalha de Verão para poder viajar no Verão seguinte ou apanhar alguma low-cost de Inverno.”

Maria Helena Correia:  Tenho 60 anos á 30 anos que viajo 2x ano, nunca recorri a empréstimo foi sempre a poupar e já há bastante tempo que faço o calendário das 52 semanas eu e o meu marido tb……..já incuti esse espirito aos meus filhos e além disso tenho dois mealheiros de barro que só parto nas férias …só moedas de 1 e 2 dá imenso jeito para os extras . Beijinho para todos e boas férias”

Nuno Jesus:  Para começar poupar, depois depende do que pretende, pode viajar 1a semana com mil euros como pode viajar 1 mês com 1000eur. Depende do conforto que procura.”

Luis Vieira: “ há imensas formas de viajar e de poupar para as viagens. eu por exemplo, tenho um trabalho que os clientes deixam por norma gorjetas, ora, então a uns 6 anos comecei a juntar tudo numa caixa, já fui a Cabo Verde há cerca de 5 anos, continuei a juntar, e como nunca tinha ido ao Algarve decide que há 3 anos iria ao Algarve, este ano e fruto das poucas férias que tive, apenas tirei uns dias pela zona da Nazaré. para o ano, estou a ver se consigo juntar o montante para ir ao México. Viajo sempre com o dinheiro dessas gorjetas, actualmente a caixinha tem mais de 1300 euros. Além disso, quem gostar mesmo de viajar pode sempre cortar em jantares fora, nos copos, em roupa etc etc, eu não corto em nada que goste, gosto de comer com os amigos, de beber uns copos, de sair etc etc. alem dessa caixinha também todos os meses retiro sempre 50 euros do meu salário para férias, sejam elas ali na cidade ao lado ou a milhas de distancia. nas ferias, posso me gabar que não olhei a preços.”

Lina Ribeiro:  Faço algumas destas coisas há mais de 30 anos. Beber café em casa, fazer o almoço de domingo, em vez de ir ao restaurante, não fumar, fazer biscates (o meu marido). Quando visito geralmente levo sandes e água para o almoço e barritas para matar a fome durante o dia. Só há uma coisa que não prescindo é de em cada país/região comprar um pratinho que depois transformo em quadros e escrever postais para os filhos e pais.”

Patricia Teodoro:Eu faço assim: um ano antes começo a ler blogs, escolho o destino, pesquiso bastante, compro a viagem escolhendo bem os dias para ser mais barato, reservo alojamento sem obrigatoriedade de pagamento e vou vendo quando o preço baixa. Todos os meses cada um de nós tira 50 euros do vencimento para um envelope…e um dos subsídios de férias é todo para as viagens. Não dou importância a luxos e não me importo de fazer escalas aproveitando sempre…levo os lanches para os aeroportos, escolho alojamento que tenha microondas…planeio bem as malas para não gastar extras…faço duas a três viagens por ano.”

Bruno Almeida: Fazes para ti uma prestação mensal para o teu pote das viagens, quando fores já só tens de por o restante… Por exemplo 50 euros por mês, passado 12 meses tens 600, assim só custa por o restante”

Montanhas do Cazaquistão

Destino de Montanha

 

Rita Negrões: Eu e o meu marido ( na altura namorado) na altura decidimos todos os meses tirarmos dinheiro dos nosso ordenados para uma conta lua de mel! Passados 6 anos e 6 meses tínhamos dinheiro guardado para uma lua de mel de topo! E assim fomos para Polinésia francesa ( Tahiti, Moorea e Bora bora)”

Fernanda Amaral:  Todas as moedas de 1 e 2 euros que me aparecem na carteira vão para o porquinho e o que sobre da mensalidade das despesas da casa também. O alojamento é pelo airbnb ou homeaway para poder cozinhar em casa. Há sempre um super perto. . Como gosto de calcorrear por ruas, dissecar e conhecer bem os lugares onde vou, para mim está bem assim. “

Emília Pereira:  Fins de semana no estrangeiro são prendas… Por exemplo eu e o meu marido vamos a Berlim em Janeiro, compramos tudo em Setembro, voo e hotel foram 105 euros cada um.. É a nossa prenda de Natal um ao outro! Aniversário de casamento em Abril, já compramos também, é a nossa prenda de aniversário…. Para as férias de Verão uso algum dinheiro do subsídio de férias o resto poupo em determinadas coisas, por exemplo às vezes não vou a jantaradas e coloco o dinheiro num envelope. E nas próprias férias tb poupo, não gasto muito e estudo muito bem o destino antes de ir para depois poder tomar melhores opções..”

Patrícia Cerqueira:  Eu tenho 23 anos. Desde dos 18 que trabalho, comecei a viajar no último ano da licenciatura. Nesse ano recebia 315 todos os meses. Paguei as minhas propinas 100 e punha 150 de parte. Sempre. Agora a partir do mestrado recebo 530 ponho 250 ou 350. Pago igualmente as propinas ginásio, passe e alimentação. E vou regularmente ao cinema. Só não pago casa! O resto sai do meu bolso… E consigo viajar. A última viagem longa que fiz (Dublin, Liverpool, Manchester, Varsóvia, Cracóvia, Budapeste Bruxelas e Bruges) gastei no total já com prendas e tudo 600. Poupar é fácil. É preciso motivação e não ter gastos excessivos e desnecessários.”

Adriana Henriques:  Eu também tenho 23 anos trabalho desde os 19 mas tenho todos os anos despesas de carro (seguro, selo, inspecção, manutenção de carro, combustível), IMI para pagar e sempre que penso ok neste mês vou conseguir poupar aparece sempre alguma coisa”

Patrícia Cerqueira: Sim, mas também dá para poupar. Eu também tenho carro e só no último mês gastei 120 em porcarias para o carro. Às vezes temos gastos desnecessários que não valem a pena e que nos impedem de ficarmos mais ricos culturalmente. Talvez precise de ver o que precisa mesmo e necessário e o que não é. Claro que não tenho renda para pagar nem IMI mas o carro é como fosse uma 2 casa.”

Tânia Miguel:  Concordo com o que aqui tem sido dito. Há várias formas de ir poupando ao longo do ano para se poder usufruir deste vício. 🙂 outra dica que eu posso dar é pensar sempre em mais do que uma hipótese de destinos. Porque as vezes pode compensar ir para determinado sítio noutro ano ou noutra altura. Depois há algumas formas de ainda recuperar algum do dinheiro gasto. Através de sites de cashback e cartão de credito com rewards. Ainda há pouco tempo tirei 60 euros de uma conta do beruby e provavelmente será uma pequena ajuda para a próxima viagem. Também podes sempre esperar por tarifas erro. Enfim. Há imensas formas de viajar sem ter a preocupação de depois de regressar ter de andar a pagar as férias. Penso que assim pode vir se a arruinar o verdadeiro sentido das férias. Depois na minha opinião se não pode fazer umas férias de mil. Faz umas férias de 100. Ainda este ano fui a s. Miguel e só gastei 102 euros no voo e hotel para 4 dias. E consegui também ganhar um cruzeiro”

Campos de Arroz em Bali

Campos de Arroz em Bali

 

Ana Monteiro:  Enquanto não tive filhos. A política era todos os meses íamos pondo numa conta aforro 50 euros. E de 2 em 2 anos fazíamos umas férias diferentes. Houve um ano que fizemos Paris, Luxemburgo, Holanda e Bélgica de carro e não tivemos que por absolutamente dinheiro nenhum. Claro que o hotel é para dormir e tomar banho por isso não precisa de ser de luxo. E refeições também não precisam de ser em restaurantes caros, o almoço muitas das vezes optavam os por ir ao super e fazer piqueniques. Demos prioridade a entradas em monumentos e outros locais de interesse em cada região por onde passamos. Ainda hoje é assim que fazemos, mas com os 2 pequenos acabamos por optar para ir para locais onde nos possamos fixar num hotel com meia pensão ou tudo incluído. Mas o dinheirito é sempre junto mensalmente. E se o colocar nos aforros, em vez de debaixo do colchão ainda ganhamos um trocos para o café.”

Andreia Afonso: Quando não há dinheiro não há “vícios”. Apesar de ser um prazer viajar, não é um bem de primeira necessidade de todo. Em vez de ir para Londres vão para o Gerês por exemplo, é necessário saber estabelecer prioridades.”

Moisés Matos Barroso: “ Tem em Janeiro voo de ida e volta para Milão a 34€ de Lisboa. É só estar atento, e fica bem mais barato do que fazer a viagem de carro Porto – Algarve. Ex..”

Carma Vieira:  Empréstimo para viajar! Não caia nessa! Poupar é o segredo! Cortar em algumas coisas! Vai ver que lhe vai saber melhor fazer uma viagem com o dinheiro que poupou!”

 

Para programas de viagem, consulte aqui.

 

João Almeida

Chamo-me João Almeida, moro em Sintra (Portugal), e sou um AMANTE DE VIAGENS. Uma paixão que existe faz longos anos. A minha missão com esta página é de ajudá-lo a realizar o seu próximo destino! Saiba mais sobre mim e sobre o site.

Segue-nos também aqui:

RESERVA DE HOTÉIS

Booking.com

Categorias

SEGURO DE VIAGEM

ARTIGOS DE VIAGEM

PROMOÇÕES DE VIAGEM

RESERVA DE VOOS/ HOTÉIS

RESERVA AUTOMÓVEL

BILHETES PARA ACTIVIDADES

GOOGLE TRANSLATE

AMANTES DE VIAGENS

Grupo nº1 Facebook- Viagens - PORTUGAL

SIGA-NOS NO FLICKR

Mapa Hoteis em Portugal

bHotel com Piscina Interior pHotel de Luxo rPousada yTermas e SPA gTurismo Rural