18 Out

ÍNDIA

DICAS DOS AMANTES DE VIAGENS

A melhor informação sobre destinos é aquela que todos os dias são partilhados no nosso grupo de facebook AMANTES DE VIAGENS. Aqui encontra alguma informação útil dos membros, para preparar a sua próxima viagem!

 

Vamos ajudá-lo no planeamento da sua viagem até… ÍNDIA 

A incrível Índia, tem contrastes únicos e com uma enorme riqueza cultural e um povo de profunda devoção espiritual.

 

VACINAS: Cólera, dengue, disenteria, hepatite A/B, meningite, tifo e malária.

Não há vacinas obrigatórias para a entrada na Índia, à excepção da vacina contra a febre-amarela, para passageiros provenientes de zonas afectadas. Aconselha-se, antes da partida, a realização de uma consulta médica de aconselhamento ao viajante.

Não se deve ingerir água que não seja engarrafada e selada. É importante ter em mente que o gelo das bebidas pode não ser de água potável. São de evitar os legumes crus, mariscos, ostras e molhos.

 

VISTO: As autoridades indianas exigem que os documentos de viagem (passaporte) tenham uma validade mínima de 6 meses.

O Governo indiano lançou o Programa e-Tourist Visa destinado a facilitar a obtenção de visto para entrada no país, que abrange também, desde 15 de agosto 2015, os cidadãos portugueses. Assim, os cidadãos que reúnam as condições para obtenção de visto turístico poderão solicitá-lo online com uma antecedência mínima de 4 dias sobre a data da chegada à India. O visto é válido por 30 dias, podendo ser requerido 2 vezes em cada ano.

 

CLIMA: Na Índia existe uma grande diversidade de condições climatéricas. É aconselhável viajar ao sul do país entre Janeiro e Setembro; a Norte de Março a Agosto; a Caxemira entre Maio e Setembro; à região do Rajastão e do noroeste dos Himalaias, na época das monções (Verão).

Mapa da India

Mapa da India

 

#19 ÍNDIA

Xico Fininho (Fotos): India e seus contrastes. Cores, cheiros sons.”

Joana Cerqueira: Foi nalgum circuito, em termos de alimentação como é?

Isabel Aguiar Dos Reis:  Fiz o triângulo dourado – Jaipur, Agra e Nova Deli. Na altura foi viagem oferecida por um fornecedor. Foi tudo tratado por eles e estava tudo incluído. Os indianos Hindus são vegetarianos, mas como há lá também muçulmanos, eles têm frango e cabrito ou cabra. Não há porco por causa dos muçulmanos nem vaca por ser animal sagrado para os Hindus. Eles têm tempero próprio para os turistas (não tão picante) que é muito bom.
Um dia comi mesmo a comida com os temperos deles, muitooooo picante mas muito saborosa, tive foi que beber 2 garrafas de 75cl de cerveja para acompanhar lol. Mas a comida não fez mal a ninguém do grupo, ao contrário de outras viagens que fizemos que em alguns países as coisas foram complicadas para o estômago.”

Joana Cerqueira: Obrigada, questão da comida picante preocupa-me um pouco. Estava a pensar fazer o circuito, e se já tem esse cuidado com a alimentação fico mais descansada. Tomou alguma vacina?

Isabel Aguiar Dos Reis:  Sim fiz consulta de viajante cerca de 1/2 meses antes. Fiz para febre tifóide, outra que não me lembro é uns comprimidos para a malária. 
Convém prevenir pois é um país muito sujo por causa das vacas andarem na rua. Principalmente as partes mais antigas de Nova Deli.”

India

Criança muçulmana na India

 

 Questão » Cláudia Lopes: “Boa noite, aqui quem já foi à índia? Aconselham a tratar de tudo por uma agência de viagens ou é acessível tratar das coisas sozinha!? Que hotéis aconselham caso trate das coisas sozinha? Obrigado e boas viagens”

Pedro CRamos:  Se se desenrasca bem, melhor tratar lá as viagens terrestres; porque daqui não organiza nada; ou senão cobram-lhe couro e cabelo..”.

Octávia Maria Tomé: Acho melhor através de uma Agência. Vou este mês , espero que corra bem.

Cristina Sebastiao: Aconselho a tratar com agência local, o programa é criado por si e os hotéis escolhidos por si! Eles começam por criar um esboço conforme o que lhes é pedido, e vão aperfeiçoando até ficar à vossa medida! Correu tudo 5 estrelas! Pontualidade britânica! 

Cristina Leitao Proença:  Eu fui com tudo tratado por uma agencia de cá foi o melhor que fiz a India não é segura fiz tour privado e não me arrependi

Ana Nunes:  Já fui e aconselho comprar um pacote numa agência. Fiquei doente lá e se n fosse ter tudo tratado era difícil chegar a um hospital. Apesar deste acontecimento correu tudo bem foi maravilhoso

Nélson Ramalho: Acabei de vir de lá. Fiz tudo “by myself”… Nunca me aconteceu nada, nem nunca fiquei doente. Liberdade para visitar o que quiser sem estar preso a programas…

Festival Bikaner Camel na região do Rajastão na India

Festival Bikaner Camel na região do Rajastão na India

 

Questão » Maria Sofia:Vou para a India no final de Outubro e estou com dificuldade em marcar a consulta do viajante pelo SNS (sem vagas) Alguém me sugere alguma alternativa mais barata do que o Instituto de Medicina Tropical (50eur)? “

Mary Jo:  Olá Maria, na minha ultima viagem usei os serviços online do http://www.consultadoviajante.com. A consulta é feita por skype com um médico, e as receitas enviadas por email ou se necessário por correio. Paguei cerca de €20 se não me engano.

Filipe da Gama:  mais uma sugestão http://www.vacinas.com.pt/  ou no médico de família!

Diana Rosa:  Tb vou a índia em final Outubro, fiz a consulta online e gostei bastante. As únicas vacinas q tomei foram hepatite a e febre tifóide.

Cristina Sebastiao:  Já fui 3 vezes à Índia e nunca fui a nenhuma consulta, a precaução, principalmente a água, é o melhor remédio! Imodium, não esquecer!

Antonieta Pires:  Não é preciso essa consulta….

Carla Mota: Vejo aqui muitos conselhos a desaconselhar a consulta. Não se iluda. Faça a consulta do viajante. É importantíssimo. Com a saúde não se brinca.

India

Taj Mahal – Agra

 

Questão » Margarida Verissimo: Estou a precisar uma ajudinha… Alguém que conheça um alojamento decente em Nova Deli- Índia, para uma noite em janeiro. Irei estar de passagem por Deli a caminho de Agra! Ando a procura de hotéis e o q tenho visto ou são muito caros ou então baratos e miseráveis…”

India Melodia: Eu ja fiquei no Vivek hotel em Paharganj bem no centro perto da railway station. Tem sempre muitos viajantes que são uma fonte inesgotável de dicas. Perto também do metro. 6€ é super limpo.

Margarida Verissimo:  E sugestões e dicas para a Índia? Lugares para ficar, como ir de um lugar para outro… Tudo o que puder agradeço… Vou para Agra e Jaipur 

India Melodia:  Para Agra vais de comboio. No hotel eles arranjam o bilhete. Tens de ter cuidado porque não deves sair na estação agra fort que fica a 6 kms, mas sim na seguinte que é agra cantonment que fica a 3 kms do tal Mahal

India Melodia: “Para te deslocares de rickshaw ter sempre trocado contigo e combinar preço antecipadamente e dar montante certo. Afastar-se depressa senão pedem te mais…. No Lonely planet eles indicam os valores a pagar

Palácio dos Ventos - Jaipur

Palácio dos Ventos – Jaipur

 

Goa

Goa

 

Gonçalo G Correia (Fotos) :India: Nova Delhi + Goa + Agra/ Nota: este é o lado bonito e limpo da India.”

Irina Afonso: “ Tem um senão este triângulo! para mim claro! Para conjugar o bom tempo nestes locais tem de ser feito entre Janeiro e Março!!”

Gonçalo G Correia: “ Fiz na primeira quinzena de novembro e o tempo esteve impecável (tanto em Delhi e Agra como em Goa).”

Ana Cristina Passos Ferreira: “ Isaac Santos tu que estás na india melhor altura para ir

Isaac Santos: “ Para Goa, devem ir entre o início de Novembro e até o final de Abril. O calor vai aumentando à medida que nos aproximamos do mês de Maio. Para os europeus, recomendo de Novembro a Fevereiro inclusive.”

Isaac Santos: “ Turismo na Índia não deve ser apenas Delhi, Jaipur e Agra. É obrigatório ver e estar em Varanasi e Khajuraho. Varanasi com a cremação e viajem para o além e Khajuraho uma cidade do Kamasutra.”

Isaac Santos: “ A sul, no estado de Goa, podem apreciar belíssimas igrejas em Old Goa com mais igrejas por metro quadrado, no mundo, a seguir ao Vatican, praias lindíssimas como Mandrem, Palolem, Agonda, etc..”

Rúben Pinheiro: “ só faltou Bombaim”

Gonçalo G Correia: “ Faltou tanto por ver 😛 Foi o que achei valer a pena em relativamente poucos dias.”

Isaac Santos: “ Bombaim, actualmente Mumbai, é uma cidade muito confusa, imensamente grande e não é para qualquer um visitá-la. É bom ter alguém por lá para nos ajudar, porque se não, fica-se pela marginal, Hotel Taj Mahal e Porta da Índia.”

Elisabete Da Silva: “ Ola… Eu estive so dois dias (infelizmente) … Tínhamos só 15dias e queríamos visitar inúmeras cidades. Em Goa recomendo palolem, a praia é lindíssima o por do sol é mágico e as pessoas são super abertas, alugamos um quartinho na casa de uma família indiana, tínhamos os pés na areia e o mar em frente e super barato”

Fernando Almeida: “ Acho que neste triângulo/chapa 3 o único verdadeiro highlight é o Taj Mahal. Delhi não é uma cidade bonita e Goa já foi limpa, agora está infelizmente uma licheira. Quem quiser apaixonar-se pela Índia, deve pelo menos percorrer o Rajhastan (Jodhpur, Udaipur, Jaiselmer são lindas) e ir ao Tamil Nadu, ver os grandes templos hindus do sul.”

Gonçalo G Correia: “ Eu adoro o melhor dos dois mundos: o caos típico de Delhi e a tranquilidade de Goa. Não me hei-de esquecer dos mercados noite adentro em Delhi e dos amanheceres e entardeceres de Palolem e do interior de Goa. Quanto ao Taj Mahal, é um facto que é um edifício lindo e icónico, mas tudo o resto deixa a desejar. Não passa de um lugar com selfies sticks no ar (infelizmente). No que toca a Mausoleos, tal como o Taj, gostei muito mais de Humayun e adorei o templo sikh Gurudwara Bangla Sahib, ambos em Delhi.”

Isaac Santos: “ Fernando, embora chapa três como diz, Jaipur a cidade cor de rosa élindíssima, Agra o Taj Mahal, o forte Mongol e a cidade perdida. Delhi sendo a capital, tem lindas mesquitas, templos e o contraste entre a cidade velha e nova. Ver Varanasi e perceber a diferença entre esta cidade e a de Meca, onde pelo menos una vez na vida se tem de ir a Meca e onde se pode finalizar os últimos dias na terra visitando e vivendo em Varanasi. Tamil Nadu, cuja capital é Chennai é diferente e não deixa de ser um território bonito. Veja Kerala e em Cochin as ilhas indianas LAKEDIVAS, que não ficam atrás das Maldivas, mas muito mais baratas. Depois tem Bengalore, Hassan, Mangalore. A Índia é um espetáculo !”

Isaac Santos: “ Gonçalo G Correia , de Novembro a Abril, pode ver mercados diurnos e nocturnos em Goa. Às quartas-feiras em Anjuna tem o diurno e aos Sábados tem os Saturday Night Bazar e Saturday Night Market. Estes mercados são compostos por tendas de vendedores indianos, europeus e sul-americanos, normalmente ligados ao conceito de hippies. Aos sábados de manhã em Calangute na rua dos correios, tem um mercado com roupas, mercearias, carnes, peixes, etc. À sexta-feira em Mapusa, tem o maior mercado da semana, onde se diz que tudo se vende, até aviões.

Fernando Almeida: “ Gonçalo G Correia, compreendo perfeitamente os seus argumentos e respeito os seus gostos (os mercados, a que não ligo muito) mas pergunto-lhe, conhece o Rajasthan? É que Delhi, uma grande cidade é certo, não tem as cores de Jodhpur ou mesmo de Jaipur, os lagos de Udaipur ou a filigrana de pedra de Jaiselmer. E Goa, que era linda no século XX, não tem de forma alguma a variedade deslumbrante dos saris e de turbantes da Índia hindu.”

Fernando Almeida: “ Isaac Santos, faço-lhe notar que nem Jaipur nem Fathipur Sikri fazem parte do triângulo Delhi-Agra-Goa. No que respeita a Cochim e ao Kerala estou plenamente de acordo com o que diz. Não conheço as Laquedivas nem as Maldivas, mas decerto que, pela proximidade, serão grupos de atóis semelhantes. Já agora queria fazer uma referência ao Ladakh, o pequeno Tibete, a única parcela do planalto tibetano que escapou à destruição por ser território indiano.”

Jama Masjid - Delhi

Jama Masjid – Delhi

 

Manuela Laranjeira- Comentário acerca de notícia publicada: “Índia pede a turistas para não usarem saias devido a violações”

Miguel Vassallo: “ Vale a pena!! Com os devidos cuidados! A Índia é um país com grandes contrastes, vai do Séc. XV ao séc XXI.

Marisa de Almeida: “ Moro na Índia há 3 anos, felizmente numa zona muito segura do país. Já se vê muitas miúdas de calções e mini-saia um pouco por todo o lado. A mim, que moro numa zona onde as temperaturas atingem uma média de 47º, parece-me ser de bom tom não andar por aqui como se estivesse numa zona de praia. Evito olhares de desaprovação das mulheres e olhares parvos de homens.  O problema não está na saia ou nos calções. O problema está no comprimento dos mesmos. O problema está na atitude das mulheres, ser demasiado simpática é logo mal interpretado. Conversa fiada só leva a problemas, é ridículo, sim é, mas é assim este país.”

Manuela Laranjeira: “ Pois, Marisa de Almeida, é uma pena. Agora que ando a fazer uma formação em yoga, tenho lido bastante e, sendo um país que me fascinou, agora estou ainda mais curiosa. Até trabalhar, não me importava de ter essa experiência.

Marisa de Almeida: “ Visite, a Índia ou se gosta ou se odeia. Não vá pelos outros, veja por si, tire as suas próprias conclusões. Isto é uma aventura diferente todos os dias.”

Manuela Laranjeira: “ Eu sei que adoraria! Mas a questão é a segurança.”

Marisa de Almeida: “ A falta de segurança tanto é na Índia como nos outros países.”

Forte Vermelho - Delhi

Forte Vermelho – Delhi

 

 Questão » Rita Prates:Pretendo visitar a Índia em breve. Gostaria de sugestões de quem já viveu essa experiência. “

Carla Medeiros: “ Preparação psicológica para o que vai encontrar. Um país fascinante com sítios lindos mas com muitas pessoas que literalmente não tem nada.”

Isabel Gomes: “ Simplesmente ir e deixar-se encantar 🙂 uma pequena sugestão prática para quando lá está, em alguns sítios pedem dinheiro para ir À casa de banho, troque dinheiro no hotel em notas pequenas e assim estará sempre prevenida”

Teresa Rebelo: “ A Índia é mesmo para os fortes, principalmente para quem vai uns dias para os bairros de lata de Mumbai em apoio humanitário. Sofrimento de quem nunca esquecerá tanta miséria. Um outro lado de uma viagem que deixa marcas a cada um de nós e a vontade de não voltar por não saber que fazer. Apoiem se entenderem (sei que não é o local indicado) https://www.facebook.com/unicef

Varanasi

Varanasi

 

Para alojamento, consulte aqui.

Para programas de viagem, consulte aqui.

 

João Almeida

Chamo-me João Almeida, moro em Sintra (Portugal), e sou um AMANTE DE VIAGENS. Uma paixão que existe faz longos anos. A minha missão com esta página é de ajudá-lo a realizar o seu próximo destino! Saiba mais sobre mim e sobre o site.

Segue-nos também aqui:

RESERVA DE HOTÉIS

Booking.com

Categorias

SEGURO DE VIAGEM

ARTIGOS DE VIAGEM

PROMOÇÕES DE VIAGEM

RESERVA DE VOOS/ HOTÉIS

RESERVA AUTOMÓVEL

BILHETES PARA ACTIVIDADES

GOOGLE TRANSLATE

AMANTES DE VIAGENS

Grupo nº1 Facebook- Viagens - PORTUGAL

SIGA-NOS NO FLICKR

Mapa Hoteis em Portugal

bHotel com Piscina Interior pHotel de Luxo rPousada yTermas e SPA gTurismo Rural