13 Jan

ÁFRICA AUSTRAL

 

ÁFRICA AUSTRAL

Aventura. 26 dias de viagem ou 27 (dependendo dos voos). Transporte em camião equipado. Alojamento em albergues e acampamentos.

 

Descrição

Esta é uma grande viagem: «daquelas que sempre recordaremos»; quem o diz são os viajantes que a fizeram.

Um Overland em camião equipado que percorre os mais emblemáticos santuários da vida selvagem africana…Só pode ser uma grande viagem. Quem o diz somos nós, que conhecemos esse continente enigmático e belíssimo que é África.

Esta viagem inicia-se numa das mais belas cidades costeiras do continente – a Cidade do Cabo. Após uma estadia de um dia e meio, partimos para norte à descoberta da costa sul africana e o seu rio fronteiriço. Entramos na Namíbia, o seu território reparte-se entre grandes desertos costeiros, como o Namib e interiores como o Kalahari; imensas planícies rochosas, onde as águas talharam o Fish River Canyon, o segundo do mundo em tamanho; e grandes savanas onde se encontram quiça os Parques Nacionais mais cuidados do mundo, como o Etosha.

Seguindo o corredor Caprivi chega-se ao Delta do Okavango, e depois da sua visita, chega-se às Cataratas Vitória continuando a viagem através do Zimbabué até Joanesburgo, passando por locais como o PN Hwange, Bulawayo, PN Matobo e Machete.

Programa África Austral @ credits Papa-Léguas

Programa África Austral @ credits Papa-Léguas

 

 

Resumo de Itinerário:

Dia 1- Voos cidade de origem – Cidade do Cabo

Dia 2- Cidade do Cabo (África do Sul)

Dia 3- Cidade do Cabo (África do Sul)

Dia 4- Cidade do Cabo – Costa Oeste (África do Sul)

Dia 5- Rio Orange (fronteira África do Sul – Namíbia)

Dia 6- Rio Orange

Dia 7- Fish River Canyon (Namíbia)

Dia 8- Deserto do Namib (Namíbia)

Dia 9- Sossusvlei

Dia 10- Dunas – Swakopmund (Namíbia)

Dia 11- Swakopmund

Dia 12- Spitzkoppe (Namíbia)

Dia 13- Parque Nacional Etosha (Namíbia)

Dia 14- Parque Nacional Etosha

Dia 15- Caprivi (Fronteira Namíbia-Botswana)

Dia 16- Delta do Okavango (Botswana)

Dia 17- Delta do Okavango

Dia 18- Deserto Kalahari – Maun (Botswana)

Dia 19- Planícies de sal de Makgadikgadi (Botswana)

Dia 20- Kasane – Cataratas Vitória (Zimbabué)

Dia 21- Cataratas Vitória

Dia 22- Parque Nacional de Hwange (Zimbabué)

Dia 23- Bulawayo – Parque Nacional de Matobo (Zimbabué)

Dia 24- Machete (Zimbabué- África do Sul)

Dia 25- Joanesburgo

Dia 26- Voo Joanesburgo

Dia 27- Chegada à cidade de origem

Overland em camião 4×4 @ credits Papa-Léguas

 

Dia-a-Dia:

 

Dia 1: Voos cidade de origem – Cidade do Cabo

Voo com destino à Cidade do Cabo (escalas intermédias). Noite a bordo.

 

Dia 2: Cidade do Cabo (África do Sul)

Chegada, assistência no aeroporto e transporte para o lodge.

Encontro com o guia às 13h:00 no alojamento e início da visita à cidade do Cabo da parte da tarde.

Além do Passeio Marítimo, vale a pena visitar a zona central da cidade, onde poderemos encontrar lojas de artesanato de diferentes origens. Um funicular levar-nos-á à Table Mountain, um miradouro natural onde poderemos contemplar toda a cidade e arredores.

Alojamento em lodge.

 

Dia 3: Cidade do Cabo (África do Sul)

Percurso pela Península da Cidade do Cabo, onde veremos as colónias de pinguins, e Simons Town, uma região com extensas e tranquilas praias de areia branca e de mares azul-turquesa. Se tivermos sorte, poderemos ver os grandes cetáceos que por vezes se aproximam da costa.

Locais a visitar: Cape Point, Waterfront, Hout Bay, The Stellenbosch winelands, entre outros.

Alojamento em lodge.

Cidade do Cabo

Cidade do Cabo

 

Dia 4: Cidade do Cabo – Costa Oeste (África do Sul)

Hoje deixaremos a cidade do Cabo, depois de visitarmos a praia de Blouberg Strand e contemplarmos as vistas da «Table mountain» atravessaremos a região de Namaqualand, se viajarmos entre Agosto e Outubro, poderemos ver as inúmeras plantas floridas na paisagem, convertendo os campos numa paleta de cores.

Noite em tenda na região litoral.

 

Dia 5: Rio Orange (fronteira África do Sul – Namíbia)

Neste dia passaremos a fronteira com a Namíbia, para depois fazermos uma viagem curta até ao local do acampamento, situado nas margens do rio Orange, o local onde se inicia a atividade de canoa. Após reunirmos todo o material e equipamento nas canoas partiremos para explorar o rio. Noite em acampamento improvisado nas margens do rio.

 

Dia 6: Rio Orange

Após a noite no acampamento, voltamos a carregar as canoas com todo o equipamento e regressamos ao veículo e acampamento base. Não sem antes explorarmos de canoa o cenário agreste e selvagem do rio, que provoca à sua passagem uma faixa verde de vida escavada na paisagem desértica das montanhas do Parque Nacional de Richetersvelt.

Chegada ao acampamento base, este com relativo conforto.

 

Dia 7: Fish River Canyon (Namíbia)

Continuamos rumo norte até chegarmos ao espetacular Fish River Canyon. O Fish River é o segundo maior desfiladeiro do mundo, com 161 quilómetros de comprimento, 27 de largura e 550 metros de profundidade, uma paisagem de cortar a respiração… de profundas gargantas e precipícios. Percorreremos a parte superior do desfiladeiro com o objetivo de atingirmos diferentes pontos de observação deste espetacular acidente geográfico.

No final do dia, iremos para o acampamento Desert Camp, situado numa reserva de vida selvagem.

Fish River Canyon@ credits Papa-Léguas

Fish River Canyon@ credits Papa-Léguas

 

Dia 8: Deserto do Namib (Namíbia)

Deixando o espetacular desfiladeiro na memória, partimos rumo ao Deserto do Namib com paisagens salpicadas de dunas e de cores ocres. O acampamento está localizado num ponto de grande beleza – encaixado entre montanhas rochosas e dunas vermelhas. Durante o dia exploraremos a região a pé, através de algumas caminhadas, e haverá igualmente uma saída noturna para observar a vida selvagem.

 

Dia 9: Sossusvlei

Depois de um pequeno-almoço tranquilo, viajamos diretamente para os campos de dunas de Sossusvlei. A última parte da jornada será através de areia grossa e por isso usamos um veículo aberto 4 x 4. Subiremos às dunas mais altas do mundo (300 metros) para contemplarmos as belíssimas vistas do deserto.

Regresso ao veículo para irmos para a região do antigo posto de Solitaire, onde montaremos acampamento.

Africa Austral

Deserto da Namíbia @ credits Papa-Léguas

 

Dia 10: Dunas – Swakopmund (Namíbia)

Hoje faremos uma curta viagem. Cruzaremos o Canyon Kuiseb e o Parque Naukluft em direção à cidade costeira de Swakopmund onde iremos passar as próximas duas noites em lodge.

 

Dia 11: Swakopmund

O lodge onde pernoitamos está localizado numa zona que facilita a exploração da região de Swakopmund com as suas praias, mercados, lojas e uma grande diversidade de opções no que respeita a atividades de aventura: passeios de bicicleta todo-o-terreno, passeios a cavalo, moto 4, entre outras. Há muita animação noturna e vale a experiência. Hoje iremos a um restaurante saborear uma merecida refeição, despesa por conta do viajante.

 

Dia 12: Spitzkoppe (Namíbia)

Hoje vamos visitar a costa dos esqueletos e a colónia de focas de Cape Cross. O cabo Cross é o local onde o navegador português Diogo Cão, deixou um marco em forma de cruz, daí o seu nome. O nome Costa dos Esqueletos, nasceu devido aos navios que aqui vieram morrer.

Após a visita ao Cabo, passaremos pelo deserto para visitar as torres graníticas encontradas em Spitzkoppe.

Montaremos acampamento no sopé de uma montanha e desfrutaremos do jogo de luz durante o pôr do sol. Noite em tenda.

 

Dia 13: Parque Nacional Etosha (Namíbia)

Para uma incrível experiência de contacto com a vida selvagem, recomendamos o Parque Nacional de Etosha.

Entrada no parque e ida para Okaukuejo para montarmos acampamento, após essa tarefa, partiremos para um safari ao fim da tarde no parque. Regresso ao local do acampamento para observarmos as espécies selvagens que vão beber água a um charco nas imediações; poderemos vislumbrar elefantes, leões, rinocerontes, zebras, hienas, entre muitas outras aves e mamíferos. À noite, podemos novamente ir a uma lagoa onde abundam animais selvagens, se a sorte o permitir, poderemos contemplar muito perto o rinoceronte negro, que pode aparecer durante a estação seca.

 

Dia 14: Parque Nacional Etosha

Dentro do parque, rumaremos para a parte oriental, mais húmida e com uma vegetação mais densa e exuberante, pernoitaremos em Numatoni Camp, situado a Este do perímetro de Etosha, faremos um percurso dentro do parque, onde teremos a oportunidade de vermos os animais que vão surgindo das diversas lagoas. Quando chegarmos ao acampamento, aproveitaremos o tempo livre com um reconfortante banho na piscina do Numatoni Camp. Nesta zona de Etosha poderemos encontrar, além dos animais do dia anterior, algumas impalas, hienas e o mais pequeno dos antílopes, o dik-dik. Numa das noites em Etosha, jantaremos no restaurante do parque (por conta do viajante).

Parque Nacional de Etosha

Parque Nacional de Etosha

 

Dia 15: Caprivi (Fronteira Namíbia-Botswana)

Deixando as regiões desérticas para trás, seguimos para norte, rumo as paisagens mais exuberantes da região de Caprivi.

Esta noite, acamparemos nas margens do Rio Okavango na região de Ngepi.

 

Dia 16: Delta do Okavango (Botswana)

A rota prossegue até Pan Handle, desde aqui iremos num barco a motor até ao coração do Delta do Okavango, onde nos aguardam os mekoros – pequenas canoas – que nos levarão ao local do acampamento. O acampamento está instalado numa ilha em zona fresca e sombreada, perto dos canais para dispor de água para a limpeza. Ficamos instalados numa região imensamente selvagem,

onde abunda a vida animal. Vários sons ecoarão na noite deste paraíso. Passaremos 2 noites neste acampamento.

Africa Austral

Delta do Okavango @ credits Papa-Léguas

 

Dia 17: Delta do Okavango

Continuação da exploração do Delta do Okavango.

Noite em acampamento.

 

Dia 18: Deserto Kalahari – Maun (Botswana)

Esta manhã, desfrutaremos um passeio de mekoro (canoa local) de regresso à região de Pan-Handle e ao nosso veículo 4×4.

Continuação da rota, através do deserto do Kalahari até Maun, ida para o local de acampamento para desfrutarmos de um banho de piscina. Noite em tenda.

Africa Austral

Passeio de mekoro @ credits Papa-Léguas

 

Dia 19: Planícies de sal de Makgadikgadi (Botswana)

Depois de uma manhã relaxante, deixamos o acampamento em Maun e continuamos a nossa viagem até às planícies de sal de Makgadikgadi. Montaremos o acampamento num lugar remoto, onde sentiremos o isolamento e serenidade deste espaço.

Apesar das tendas montadas, os viajantes são encorajados a desfrutar de uma noite sob o dossel de estrelas. Sem outras luzes na área, o nosso local de acampamento é o local perfeito para observar as estrelas e nosso guia explicará as constelações. À medida que as estrelas dançam acima, nos afastamos para dormir.

 

Dia 20: Kasane – Cataratas Vitória (Zimbabué)

Ida para Norte através das florestas da Reserva de Chobe até Kasane, uma cidade fronteiriça entre o Botswana e o Zimbabué.

Desde Kasane , visitaremos o Parque Nacional de Chobe e faremos um safari em busca da vida selvagem, que é abundante nesta região.

No fim da tarde, partiremos para a fronteira com o Zimbabué, para chegarmos às Cataratas Vitória. Trâmites fronteiriços.

Continuamos a rota através de uma estrada onde poderemos ver alguns animais como elefantes, babuínos e impalas.

Ficaremos duas noites num confortável albergue nas cataratas Vitória para recuperamos da poeira do «overland» e realizarmos actividades opcionais na região. Numa das noites, assistiremos a um espetáculo de dança tradicional chamada Braai.

Noite de alojamento em lodge.

 

Dia 21: Cataratas Vitória

As Cataratas Vitória com 1700 metros de comprimento e 75 a 100 metros de altura situadas no rio Zambezi – o maior desta região são visíveis a 50 quilómetros de distância, aparecendo a essa distância como uma nuvem de pó branco, um espetáculo a não perder.

Neste dia, acordaremos na chamada «Adventure Capital of Africa – Victoria Falls». Teremos todo o dia para realizarmos diferentes actividades no parque nacional, como rafting ou percursos de canoa através do rio Zambezi, saltos de bunjee jumping, safaris em bicicleta ou a cavalo e percursos a pé na zona das cataratas. Neste dia o almoço e o jantar será por conta do viajante.

Noite de alojamento em lodge.

Cataratas Victória

Cataratas Victória

 

Dia 22: Parque Nacional de Hwange (Zimbabué)

Após um dia e meio de tempo livre na civilização, é tempo de voltarmos para as regiões selvagens. Ida até Hwange, uma das regiões de conservação de vida animal africanas mais bem protegidas e salvaguardadas. Após um intenso safari a pé e de veículo, acamparemos numa região remota nas imediações de um charco ou lago para observarmos a vida selvagem.

 

Dia 23: Bulawayo – Parque Nacional de Matobo (Zimbabué)

Hoje, a rota segue para sul, rumo às longas ruas de Bulawayo – a segunda maior cidade do Zimbabué. A partir desta cidade, continuamos até à região de Matobo para realizarmos um safari no final da tarde para seguirmos a pé, pela floresta, as pistas de rinocerontes.

O acampamento fica situado no sopé de belíssimos penhascos que caracterizam a região.

 

Dia 24: Machete (Zimbabué- África do Sul)

Continuamos a rota para sul, para cruzarmos a fronteira com a África do Sul e visitarmos a região do vale de Limpopo onde montaremos acampamento.

 

Dia 25: Joanesburgo

Durante a manhã e antes da partida para Joanesburgo, faremos uma caminhada para observarmos umas magníficas gravuras rupestres que se encontram nas imediações do nosso acampamento. Chegada a Joanesburgo, fim do «overland» e check-in no Lodge. Tempo livre.

 

Dia 26: Voo Joanesburgo – cidade de origem

À hora marcada, transporte para o aeroporto e voo de regresso.

 

Dia 27: Chegada à cidade de origem

Chegada à cidade de origem e fim dos serviços Papa-Léguas.

 

 

Datas de partida & Preços do programa de terra- Sob consulta

Para mais informações (O que inclui/exclui; equipamento; documentação; condições particulares; outros assuntos) consulte por favor a PAPA-LÉGUAS.

 

Programa PAPA-LÉGUAS, Viagens e Turismo, Lda.

logo-papaleguas-150dpi

João Almeida

Chamo-me João Almeida, moro em Sintra (Portugal), e sou um AMANTE DE VIAGENS. Uma paixão que existe faz longos anos. A minha missão com esta página é de ajudá-lo a realizar o seu próximo destino! Saiba mais sobre mim e sobre o site.

Segue-nos também aqui:

RESERVA DE HOTÉIS

Booking.com

ARTIGOS DE VIAGEM

Mapa Hoteis em Portugal

redHotel com Piscina Interior redHotel de Luxo redPousada redTermas e SPA redTurismo Rural