18 Mai

8 DIAS PELO CENTRO LITORAL E NORTE DE PORTUGAL

 

8 DIAS PELO CENTRO LITORAL E NORTE DE PORTUGAL

 

Portugal encontra-se dividido administrativamente em 18 distritos, mais 2 regiões autónomas que formam os arquipélagos dos Açores e Madeira.     

O país apresenta uma paisagem diversificada, das planícies alentejanas até ás praias, das principais cidades de distrito até ás aldeias históricas, aos monumentos nacionais, aos parques naturais, à gastronomia e ás tradições de cada região.

São diversos os locais que poderá partir à descoberta com família e amigos.

Neste artigo, consideramos um breve roteiro de 8 dias para conhecer o melhor o CENTRO LITORAL E REGIÃO NORTE de PORTUGAL, com partida desde Lisboa!

 

Distritos de Portugal

Mapa de Portugal- Distritos

 

DIA 1- LISBOA

LISBOA tem uma beleza que não deixa ninguém indiferente. Os históricos monumentos, os miradouros, as sete colinas de Lisboa (Castelo, São Vicente, São Roque, Santo André, Santa Catarina, Chagas e Sant’Ana), os eléctricos, o rio Tejo, a gastronomia e o clima agradável durante praticamente todo o ano (média de 260 dias de sol por ano em Lisboa).

 

Lisboa- Portugal

 

TORRE DE BELÉM

A Torre de Belém, localizada em Belém (Lisboa), é um ex-libris do património cultural português projetado em todo o mundo. Classificada como Monumento Nacional por Decreto de 10 de Janeiro de 1907, é considerada pela UNESCO como Património Cultural de toda a Humanidade desde 1983.

 

Torre de Belém- Lisboa

 

MOSTEIRO DOS JERÓNIMOS

Obra-prima da arquitectura portuguesa do século XVI, classificado como Monumento Nacional desde 1907 e inscrito na lista de Património Mundial da UNESCO desde 1983, o Mosteiro dos Jerónimos situa-se numa das zonas mais qualificadas de Lisboa, um cenário histórico e monumental junto ao rio Tejo onde também marcam forte presença a Torre e o Centro Cultural de Belém.

Em 7 de Julho de 2007 também foi eleito como uma das Sete Maravilhas de Portugal.

A sua construção iniciou-se, por iniciativa do rei D. Manuel I, no século XVI e prolongou-se por uma centena de anos.

O Mosteiro simboliza uma época em que Lisboa era a capital cosmopolita de um reino poderoso, no centro do diálogo e do comércio entre a Europa e todos os outros continentes.

O Mosteiro dos Jerónimos é o exemplar mais completo do tão português estilo manuelino, e da simbologia da época das Grandes Navegações Portuguesas dos sécs. XV e XVI.

O Mosteiro dos Jerónimos, veio substituir a igreja que outros tempos existiu no mesmo local, a igreja de Santa Maria de Belém e onde os monges da Ordem de Cristo prestavam assistência aos mareantes em trânsito.

Em 1501 começaram os trabalhos e aproximadamente um século depois, as obras estavam concluídas.

 

Portugal

Interior do Mosteiro dos Jerónimos – Lisboa

 

PASTÉIS DE BELÉM

No início do Século XIX, em Belém, junto ao Mosteiro dos Jerónimos, laborava uma refinação de cana-de-açúcar associada a um pequeno local de comércio variado. Como consequência da revolução Liberal ocorrida em 1820, são em 1834 encerrados todos os conventos de Portugal, expulsando o clero e os trabalhadores. Numa tentativa de sobrevivência, alguém do Mosteiro põe à venda nessa loja uns doces pastéis, rapidamente designados por “Pastéis de Belém”. Na época, a zona de Belém era distante da cidade de Lisboa e o percurso era assegurado por barcos de vapor. No entanto, a imponência do Mosteiro dos Jerónimos e da Torre de Belém, atraíam os visitantes que depressa se habituaram a saborear os deliciosos pastéis originários do Mosteiro. Em 1837, inicia-se o fabrico dos “Pastéis de Belém”, em instalações anexas à refinação, segundo a antiga “receita secreta”, oriunda do convento. Transmitida e exclusivamente conhecida pelos mestres pasteleiros que os fabricam artesanalmente, na “Oficina do Segredo”. Esta receita mantém-se igual até aos dias de hoje. De facto, a única verdadeira fábrica dos “Pastéis de Belém” consegue, através de uma criteriosa escolha de ingredientes, proporcionar hoje o paladar da antiga doçaria portuguesa.

 

Pastéis de Belém @ credits Pastéis de Belém

 

Outros destinos na cidade de LISBOA:

 

1) Percorra o centro da capital Lisboa: O Rossio, a Baixa, o Terreiro do Paço e o Castelo de S. Jorge;

2) Descubra o moderno Parque das Nações junto ao rio Tejo;

3) Conheça o Palácio Nacional da Ajuda;

4) Percorra de eléctrico as 7 colinas da cidade de Lisboa;

5) Visite o Museu dos Coches em Lisboa.

 

Parque das Nações

Teleférico de Lisboa- Parque das Nações

 

Para alojamento, consulte aqui.

 

DIA 2- SANTARÉM-FÁTIMA- LEIRIA

 

SANTARÉM

Visite o maior exemplar gótico em Santarém, a maravilhosa Igreja da Graça construída no século XIV, com uma enorme rosácea ao cimo da fachada e outros grandiosos pormenores.

Aprecie ainda, a paisagem demarcada a Sul pelo rio Tejo e pelas vastas lezírias e a Norte pelos inúmeros olivais.

 

Praia Fluvial- Santarém- Portugal

 

FÁTIMA

O Santuário de Fátima é um dos mais famosos santuários católicos do mundo!

Visite ainda a Casa dos Pastorinhos na vila de Aljustrel, onde é possível encontrar o ambiente intacto, desde móveis a objetos pessoais e conheça em Fátima, o Museu de Cera e a Via Sacra, com 14 capelas que representam as diferentes estações da Paixão de Cristo.

 

Roteiros turisticos desde Portugal

Fátima- Portugal

 

LEIRIA

Capital de distrito, Leiria fica situado praticamente a meio da distância entre Porto (176km) e Lisboa (143km).  É um importante polo de desenvolvimento do sector secundário e terciário.

Em 1135, D. Afonso Henriques tomou o castelo de Leiria aos mouros. A vila cresceu rapidamente, entre os rios Lis e Lena, desenvolvendo-se o povoamento cristão em redor do castelo.

Tempos mais tarde, o rei D.Dinis, foi o marco na História da cidade. Intensificou plantações de pinheiro bravo que tornou um dos grandes factores de desenvolvimento económico da região.

A cidade divide-se hoje em duas partes distintas: a cidade medieval, com as suas ruas características e vários monumentos e a cidade nova, com edifícios e bairros, indicadores de modernidade e evolução.

 

Monumentos a conhecer…

Sé Catedral- De imponentes proporções, deu início a sua construção em 1550.

Castelo de Leiria- Conquistado por D.Afonso Henriques em 1135. No interior das suas muralhas, encontra-se a torre de menagem e a Igreja N.Sra. da Pena construída por ordem de D.João I, em estilo gótico.

Núcleo histórico- Ruas e casas antigas onde é possível ver cantarias medievais, velhas mercearias ou oficinas de artesãos. Admirar candeeiros tradicionais, arcadas seiscentistas ou arcos oitocentista.

 

Portugal

Castelo de Leiria

 

Para alojamento, consulte aqui.

 

DIA 3- COIMBRA

 

COIMBRA

Coimbra situa-se no centro de Portugal, a cerca de duas horas de Lisboa, e uma hora de distância do Porto. Descubra o passado fabuloso de uma cidade milenar com memórias judaicas, árabes e cristãs.

As ruas centenárias, a imponência da Sé Velha, o edifício romano do Museu Machado de Castro ou a Universidade de Coimbra que constitui grande parte da cidade, são exemplos da grandiosa beleza daquela que é conhecida como a cidade dos estudantes.

 

Descobrir Portugal

Coimbra – Portugal

 

UNIVERSIDADE DE COIMBRA

Caso opte pelo hotel recomendado, saiba que o Hotel Astória está situado na zona histórica da Baixa e ocupa um edifício histórico, o qual faz parte dos locais de interesse arquitectónico de Coimbra. Para além disso, providencia vistas sobre o Rio Mondego e quartos com uma decoração clássica.

O Astória fica apenas a 200 metros da Estação Ferroviária de Coimbra-A. O Museu Nacional Machado de Castro, o maior edifício romano da Península Ibérica, pode ser alcançado em menos de 10 minutos a pé.

 

Sé Nova

Fundada pelos Jesuítas em 1598, possui fachada em estilo Clássico e Barroco.

 

Museu Nacional de Machado de Castro (e Criptopórtico Romano)

No local onde se encontra o museu, foi no passado Fórum em época Romana, templo cristão no século XI, paço episcopal no século XII e museu desde 1911. Contém importantes colecções de escultura, pintura e ouriversaria.

 

Noite de Fado de Coimbra

O Fado de Coimbra é um estilo musical único que descende das serenatas nocturnas realizadas nas calçadas da cidade por estudantes da Universidade. O melhor local para se ouvir Fado é sem dúvida numa das diversas casas por entre ruelas da cidade histórica.

 

Coimbra- Portugal

Universidade de Coimbra

 

Para alojamento, consulte aqui.

 

DIA 4- PORTO

 

A cidade do Porto situada a norte de Portugal, tem uma localização fantástica junto da foz do Douro.

Com um conjunto arquitectónico de grande importância, a cidade do Porto tem obtido cada vez maior reconhecimento mundial pela sua diversidade cultural, histórica (uma das cidades mais antigas da Europa) e com um centro histórico composto por casas típicas e ruelas que tornam este um cenário de enorme beleza. A boa gastronomia da região do Porto é também uma referência.

 

Norte de Portugal

Ponte Dom Luís- Porto

 

Pontos de interesse…

Centro histórico do Porto

Património cultural da humanidade desde 1996, o centro histórico do Porto contem uma riqueza monumental, social e paisagística.

 

Palácio da Bolsa

O Palácio da Bolsa foi construído em 1842 com diversos estilos arquitectónicos.

 

Vinho do Porto

Mundialmente famoso, o vinho do Porto é uma das importantes referências da cidade.

O Museu do Vinho do Porto foi o primeiro museu do país em 1833 pelo rei D.Pedro IV e retrata a sua história.

 

Livraria Lello

Uma das mais belas livrarias do mundo. Foi considerada pelo The Guardian como a terceira livraria mais bela do mundo. Inaugurada em 1906 apresenta um estilo neogótico. Um local surpreendente pela sua enorme beleza.

 

Livraria Lello – Porto

 

Torre dos Clérigos

A Igreja dos Clérigos no seu estilo barroco é um dos símbolos da cidade. A sua torre pode ser vista através de vários pontos da cidade, sendo necessário subir as suas 240 escadas até ao topo.

 

Centro da cidade/ Baixa

No coração do Porto: lojas, restaurantes, cafés, galerias de arte, a estação de S. Bento, o café Magestic. Mercados urbanos, feiras de artesanato e uma vida nocturna em crescimento.

O átrio principal da estação de S. Bento, faz desta uma das estações mais belas do mundo. As paredes da entrada da estação são compostas por painéis de azulejos de incríveis pormenores.

A rua de Sta. Catarina é a artéria mais comercial da Baixa do Porto. O centro comercial Via Catarina pela decoração ao estilo das ruas típicas do Porto merece uma visita.  O Café  Majestic, inaugurado em 1921 é um dos principais pontos turísticos da rua de Santa Catarina. A Capela de Santa Catarina ou das Almas é uma referência que deve visitar. Foz/ Cais da Ribeira

O Cais da Ribeira do Porto é um dos locais mais antigos e típicos da cidade. Actualmente é um local repleto de bares e restaurantes, de onde poderá apreciar a bela ponte D.Luís, os barcos rabelos ou a visualizar a margem de Vila Nova de Gaia. Um passeio de barco pelo rio Douro é uma opção possível.

 

Descobrir Portugal

Torre dos Clérigos – Porto

 

Para alojamento, consulte aqui.

 

DIA 5- BRAGA- GUIMARÃES

 

BRAGA

Com uma superfície de 179km2, Braga é sede de concelho e de Distrito. Situada a 52km do Porto (366km de Lisboa) na confluência dos rios Homem e Cávado. É um grande centro comercial e industrial, salientando-se as indústrias de electrónica, metalomecânica, gráfica, têxtil, calçado e arte sacra.

 

Braga- Norte de Portugal

Sé Catedral de Braga

 

Monumentos e Museus

Sé Catedral – Construção iniciada em 1089, a Sé foi fundada no séc. XII, no tempo de S. Geraldo, tendo sofrido ao longo de séculos, variadas alterações. De arte românica, é igreja tipo fortaleza, de três naves.

Santuário do Bom Jesus– Com uma escadaria monumental, datada nos finais de 1700, ladeada por Capelas com cenas da Paixão de Cristo. A subida poderá ser feita pelo único elevador do país, que funciona a peso de água.

Santuário de Nossa Senhora do Sameiro– é um santuário mariano cuja construção se iniciou em 1863.  Este santuário um dos centros de maior devoção mariana em Portugal.

Igreja de Santa Maria Madalena – Situa-se no lugar da Falperra. A igreja foi construída em 1753, e é considerada uma das obras mais representativas do barroco português.

Antigo Paço– Conjunto de antigos arcos e torreões medievais, no Jardim de Santa Bárbara.

Igreja de São Frutuoso de Montélios – Importante centro de peregrinações.

Mosteiro de Tibães – Remonta ao séc. VI e foi destruído durante a ocupação árabe. O mosteiro possue quatro claustros onde podem ser admirados os belos azulejos azuis e brancoscom painéis referentes à história da vida de S. Bento, além de um chafariz em granito lavrado no pátio do claustro.

 

Portugal

Bom Jesus- Braga

 

GUIMARÃES

A cidade, situada na bacia do Rio Ave a noroeste de Portugal, a 50km do Porto (356km de Lisboa) num vale, aos pés do Monte da Penha, que domina toda a paisagem.

A criação da cidade de Guimarães, remonta aos tempos anteriores ao da fundação da nacionalidade, e é bem mais que o simples nascimento de uma cidade. Ele antecede e prepara a fundação de Portugal, é o berço onde iriam nascer não só o seu príncipe mas também do Reino.

Em Guimarães, encontra o visitante numa das torres da antiga muralha da cidade, a inscrição “Aqui nasceu Portugal”. Esta inscrição refere-se aos acontecimentos aqui passados que levaram à fundação da nacionalidade Portuguesa, que tiveram início na batalha de S. Mamede, em 24 de Junho de 1128, que culminaram com o reconhecimento de D. Afonso Henriques como o 1º Rei de Portugal. Se Portugal é em si um destino turístico, a cidade de Guimarães é uma referência obrigatória para todo o visitante. A sua história, a riqueza monumental, artística e museológica, conjugadas com a variedade de cores que a natureza nos oferece, constituem uma oportunidade única para uma viagem inesquecível.

 

Melhores hotéis de Portugal

Castelo de Guimarães – Portugal

 

Para alojamento, consulte aqui.

 

DIA 6- Regresso a Lisboa (Sul) / AVEIRO

 

AVEIRO

Capital de distrito, situa-se a 70km do Porto e 250km de Lisboa. Terra de planície banhada pela ria de Aveiro e pelo Rio Vouga. Cidade aquática merecendo o epíteto de Veneza portuguesa dispõe de um bom porto marítimo, um aeródromo militar e excelentes ligações, tanto ferroviárias como rodoviárias. É um grande polo industrial em contínua expansão bem apoiado por uma Universidade recente e moderna.

Percorra a pé as ruas do centro da cidade de Aveiro. Visite a Praça da República onde se situa os Paços do Concelho, a estátua José Estevão (figura responsável por importantes melhoramentos de Aveiro), a Igreja da Misericórdia. O Museu, a Igreja do Convento de Jesus, a Sé Catedral, a ria e os seus moliceiros…

 

Rota da Luz- Aveiro

Aveiro

 

Para alojamento, consulte aqui.

 

DIA 7- BATALHA- ALCOBAÇA- NAZARÉ

 

BATALHA

Mosteiro da Batalha ou Mosteiro de Santa Maria da Vitória, é Património Mundial da Humanidade pela UNESCO e um dos monumentos mais visitados de Portugal. É a obra em Portugal que representa melhor o estilo Gótico.

Cumprindo um voto de D. João I em função da vitória portuguesa na Batalha de Aljubarrota, em 1385, construiu-se próximo do local onde esta se efectuara. Veio-se a tomar na invocação de Santa Maria Vitória. As obras foram iniciadas em 1387 e terminaram apenas em 1580. Neste período de perto de 200 anos, vários arquitectos, mestres e artífices, ficaram ligados a esta obra, conjugando as tendências do gótico internacional com as do gótico mediterrâneo. A Igreja que constitui a parte mais notável de todo o conjunto, mede 80m de comprimento, por 22 de largura e 32 m de altura.

Junto ao Mosteiro encontra-se a estátua equestre de D. Nuno Álvares Pereira (obra do século XX) que confirma o seu génio militar ao  vencer a Batalha de Aljubarrota, decisiva  na cosolidação da independência portuguesa.

 

Leiria- Portugal

Mosteiro da Batalha – Portugal

 

Centro de Interpretação da Batalha de Aljubarrota– Localizado em São Jorge e criado com o objectivo de apresentar, de uma forma rigorosa, instrutiva e cativante, os factos históricos inerentes à Batalha de Aljubarrota, ocorrida a 14 de Agosto de 1385, marco determinante na história da independência de Portugal. É um dos mais modernos museus da Europa. O Centro transporta o visitante até 1385 através de sofisticados meios audiovisuais.

 

Leiria- Portugal

Centro Interpretação Batalha de Aljubarrota

 

ALCOBAÇA

O Mosteiro de Santa Maria de Alcobaça, é um mosteiro situado na cidade de Alcobaça, na região do Centro, em Portugal, a primeira obra plenamente gótica erguida em solo português.

Foi começado em 1178 pelos monges da Ordem de Cister.

Está classificado como Património da Humanidade pela UNESCO e como Monumento Nacional desde 1910.

A 7 de julho de 2007, foi eleito como uma das Sete Maravilhas de Portugal.

 

Portugal

Mosteiro de Alcobaça

 

NAZARÉ

Importante centro piscatório e turístico localizada a 114km de Lisboa (208km do Porto), encontra-se situada numa enseada, protegida por um alto promontório de 110 metros de altitude (Sítio).

Foi no séc. XVIII que se formou a chamada praia da Nazaré. Até essa data apenas existia uma imensidão de mar que rodeava a Pederneira e o Sítio. Era aqui que os pescadores viviam e se refugiavam dos constantes ataques de piratas. A Nazaré está sempre associada à lenda de D.Fuas Roupinho. No séc.IV, um monge grego chamado Círico procurou asilo em Belém e carregava consigo uma imagem de Nossa Senhora da Nazaré, que dizem ter sido esculpida no Oriente por S.José, na presença de Mãe de Cristo. A Imagem acabara oferecida ao Convento dos Monges de Cauliniano, em Mérida.

As primeiras referências sobre a pesca na Nazaré não vão além de 1643. Em 1870 já tinha adquirido um desenvolvimento considerável, pois sabe-se que nessa data existiam na praia 58 cabanas para arrecadação dos aparelhos de pesca.

A mulher com os seus trajes tradicionais e suas sete saias, o secar do peixe na praia ou a subida/descida pelo ascensor da Nazaré são outras das tradições a não perder.

 

Roteiros turisticos desde Lisboa

Nazaré – Portugal

 

Para alojamento, consulte aqui.

 

DIA 8- ÓBIDOS- SINTRA – CASCAIS – LISBOA

 

ÓBIDOS

Óbidos inserido no distrito de Leiria, foi em 1148 tomado aos Mouros pelas tropas de D. Afonso Henriques. No séc.XIV dá-se uma expansão habitacional entre a igreja de Sta.Maria e a igreja de S.Pedro (anteriormente área rural com poucas casas). Em 1422 D.João I assinou em Óbidos a ordenação da passagem cronológica da Era de César para a Era do nascimento de Cristo. Em 1513 D.Manuel outorga o Foral Novo à Vila.

 

Roteiros turisticos desde Lisboa

Óbidos – Portugal

 

SINTRA, com a sua imponente serra salpicada de palácios, igrejas e quintas senhorais, que se estende em ondas de verde até ao oceano. O fascínio dos aglomerados urbanos da Vila Velha, da Estefânia e das aldeias que dão colorido à charneca saloia, constitui um local previligiado por excelência, de inegável beleza e interesse cultural e natural.

 

Portugal

Quinta da Regaleira – Sintra

 

PARQUE NATURAL SINTRA-CASCAIS

O Parque apresenta uma grande diversidade de ambientes e paisagens que inclui dunas, florestas, lagoas, uma acidentada linha costeira com altas arribas interrompidas por praias, o imponente Cabo da Roca e, no centro, a magnífica Serra de Sintra e toda a área classificada pela UNESCO como Paisagem Cultural e Património da Humanidade.

 

Parque Natural de Portugal

Parque Natural Sintra-Cascais

 

Para alojamento, consulte aqui.

Para programas de viagem, consulte aqui.

Para aluguer automóvel, consulte aqui.

 

João Almeida

Chamo-me João Almeida, moro em Sintra (Portugal), e sou um AMANTE DE VIAGENS. Uma paixão que existe faz longos anos. A minha missão com esta página é de ajudá-lo a realizar o seu próximo destino! Saiba mais sobre mim e sobre o site.

Segue-nos também aqui:

RESERVA DE HOTÉIS

Booking.com

Categorias

SEGURO DE VIAGEM

ARTIGOS DE VIAGEM

PROMOÇÕES DE VIAGEM

RESERVA DE VOOS/ HOTÉIS

RESERVA AUTOMÓVEL

BILHETES PARA ACTIVIDADES

GOOGLE TRANSLATE

AMANTES DE VIAGENS

Grupo nº1 Facebook- Viagens - PORTUGAL

SIGA-NOS NO FLICKR

Mapa Hoteis em Portugal

bHotel com Piscina Interior pHotel de Luxo rPousada yTermas e SPA gTurismo Rural